Início Região Limpa SP realiza ação do Projeto Revitaliza SP e retira 265 toneladas...

Limpa SP realiza ação do Projeto Revitaliza SP e retira 265 toneladas de lixo na ZN

Todos os finais de semana, alguns pontos da cidade de São Paulo vão ganhando mais cores e menos sujeira. Lugares onde havia lixo estão sendo reformados com grafite, informação e muita pintura.

A iniciativa é da Autoridade Municipal de Limpeza Urbana (AMLURB), em parceria com as Subprefeituras e consórcios de varrição, a fim de eliminar pontos viciados de lixo na capital por meio de limpeza, pintura e educação ambiental.

Zona Norte e Penha

Na região da Zona Norte e Penha, o Projeto Revitaliza SP é operado pela Limpa SP, consórcio de zeladoria urbana, que está realizando as revitalizações dos pontos de descarte irregular na região das Subprefeituras Casa Verde, Freguesia/Brasilândia, Jaçanã/Tremembé, Vila Maria/Vila Guilherme/Vila Medeiros, Santana e Penha.

Até agora, só na Zona Norte, já foram retiradas 265 toneladas de lixo  descartados irregularmente.

Arte

Com o intuito de agregar conhecimento e a reutilização de materiais recicláveis, a Limpa SP  tem mostrado que é possível revitalizar e reciclar ao mesmo tempo.

A ideia é criar grafites junto com materiais recicláveis retirados dos Ecopontos, levando conhecimento aos moradores com artes de animais nativos da fauna brasileira, que correm risco de extinção.

O primeiro grafite feito foi realizado no Parque Novo Mundo, região da Subprefeitura da Vila Maria/Vila Guilherme/Vila Medeiros. O animal eleito foi a Ararajuba, que é uma espécie nativa do Norte do Brasil e corre risco de desaparecer. Também foram grafitados o Lobo-Guará, a Onça Pintada e a Arara Azul.

Para estruturar o grafite foram utilizadas garrafas pets para compor os animais,  caixotes de uva foram utilizados como tronco, assim como tampinhas de garrafa e CD’s para a região dos olhos.

Para finalizar, são colocados pallets reaproveitados com as principais informações sobre o animal como nome da espécie, alimentação, quantos ainda existem e principal motivo de extinção.

Ao final de cada mês a Limpa SP escolhe um local que é ponto de descarte irregular para revitalizar. Para que esses lugares transformados permaneçam limpos, a contribuição da população é fundamental.

Descartar resíduos diversos abaixo de 50kg em área pública é passível de multa no valor de R$855,00, e acima de 50kg, R$ 17.447,82, de acordo com a Lei de Limpeza Urbana nº 13.478/02, artigos 160 e 161, além de ser considerado crime ambiental.

<Com apoio de informações/fonte: Secretaria Especial de Comunicação-Secom>>

d