da Redação DiárioZonaNorte ===

Na Zona Norte da cidade de São Paulo, indo para o seu terceiro ano,  está localizado o Espaço AlfaEco, na Vila Albertina, que está sob a coordenação da pedagoga e ambientalista Eva da Silva Ern, uma voluntária que leva muito amor e demonstra muitas experiências aos moradores da região. Em uma sala com 28 metros quadrados, em cima de uma modesta casa desta coordenadora, é desenvolvido o Movimento de Alfabetização de Jovens e Adultos (MOVASP), que tem parceria com a Associação dos Moradores da Zona Norte (AMZN) e o Instituto Projetando Sonhos — que também oferece aulas de apoio escolar para crianças, aos sábados, a partir das 10 horas. Hoje as aulas de alfabetização são ministradas somente no horário noturno, que será ampliado no diurno para atender a demanda.

Novas inscrições === Mesmo com algumas dificuldades, o Espaço AlfaEco não para e abre inscrições para o curso de alfabetização – o único núcleo na Vila Albertina –, a partir do próximo dia 15 de janeiro (4ª feira) para uma nova turma na parte da manhã  (das 8 às 10h30) e outra à tarde (das 14 às 16h30), com vagas limitadas em 25 alunos por período. Os interessados devem levar o documento de identidade (RG) e um comprovante de residência — ver abaixo o local do endereço. As aulas de manhã e a tarde terão início no começo de fevereiro de 2020.

Eva Ern lembra ainda que o Espaço AlfaEco está com 32 alunos da comunidade da Vila Albertina – e já encaminhou dois alunos para o programa Educação de Jovens e Adultos – EJA, que ficam entre o 6º e 9º ano. As aulas são totalmente gratuitas, com apoio de material escolar e até de lanches, dentro das possibilidades. As aulas noturnas são realizadas de 2ª a 5ª feira, das 19 às 21h30.

Os alunos receberão toda a assistência no curso de alfabetização; e outros mais avançados no incentivo à leitura com a campanha de doações e trocas de livros novos e usados. Junto a educação socioambiental para o correto descarte de óleo de fritura e papel branco para reutilização ou reciclagem. “O objetivo principal é ensinar esse pessoal a ler e escrever, mas junto levamos alguns pontos para orientações sobre os cuidados com o meio ambiente e o aproveitamento de material de descarte”, observa Eva Ern.

De tudo um pouco == Eva não para, dá a impressão que ela se tele-transporta por vários lugares, durante os dias. Além do curso de alfabetização e as ações socioambientais, é desenvolvido um trabalho de fabricação de sabão que é distribuído pedaços às pessoas que contribuem com o envio do óleo de cozinha.  O mesmo ocorre com um brechó que se desenvolve com as doações de roupas. Os livros e cadernos que não são reaproveitáveis viram papel branco. Tudo é revertido para a manutenção do espaço, compra de sulfite, tinta para a impressora e xerox para a sala de aula.

Mulher de fibra === Essa guerreira do dia a dia, nos seus 63 anos de idade, veio do Paraná de uma cidade com cerca de 10 mil habitantes com o nome do famoso cantor carioca Francisco Alves, sucesso dos anos 30, que está situada a noroeste do estado, perto de Palotina. Eva Ern recebeu a cidadania da Zona Norte, onde milita entre o seu QG na Vila Albertina e os bairros do Jaçanã e Tremembé. Em março de 2018, Eva Ern deu início ao curso de alfabetização na região. Junto, essa ambientalista puxou também pela educação socioambiental, que sempre desenvolveu junto as escolas, nos eventos da Fundação Gol de Letra e outras entidades. Como uma formiguinha, que tem uma grande história de vida para contar e que daria um grosso livro, Eva Ern como professora substituta em uma escola estadual pode desenvolver ações socioambientais, inclusive com na montagem de “hortas escolares”. Na Rede Social Zona Norte (RSZN), ajudou por sete anos o “Projeto Nas Estantes da Zona Norte” (clique aqui para ler reportagem sobre a última edição), entre outras ações como também no Conselho Participativo Municipal do Jaçanã/Tremembé e nas reuniões semanais da “Quinta Ambiental”. Por outro lado, mostra-se uma cidadã ativa e participativa em congressos, audiências públicas, seminários e outros.

Jogar os olhos para o passado e ver os trabalhos realizados pela Eva Ern com reciclagem de material.  Ela fez coleta seletiva por 12 anos (2000/2012) na região Tremembé e Santana com o Projeto ReciclAÇÃO, com mais 20 cooperados, “retirávamos em média  20 toneladas  por mês de recicláveis de  mil moradias e prédios”, lembra.

Quem ajuda === A Fundação Gol de Letra dá apoio às ações do Espaço AlfaEco e contribui com palestras, cursos, feira cultural, cine-debate e várias ações na comunidade. Eva Ern é convidada para participar, abrindo também para seus alunos. Ela recebe o apoio da Associação dos Moradores da Zona Norte (AMZN), que tem convênio com a Prefeitura de São Paulo com quatro Centro de Educação Infantil (CEI), que são as creches. A Visarte , que é uma  ONG de Transformação Social e atuação no Tremembé (Zona Norte), dá um grande apoio ao Espaço AlfaEco,  reconhecendo todo o trabalho realizado pela Eva Ern.

Mais de perto, no dia a dia, ela tem a ajuda voluntária de Ítalo Menezes, o seu braço direito no trabalho em vários setores e até ajudante na sala de aula. Eva Ern tem uma consideração muito grande por ele e quer ajudá-lo na faculdade de direito que pretende fazer na FMU, pois passou no vestibular e não tem condições de arcar com as despesas.

E quem pode ajudar com doações === O trabalho de Eva Ern não tem fim. Ela sonha em ter voluntários para dar aulas de música e instrumentos, no período de sábado à tarde. O Espaço AlfaEco  pretende receber doações de 50 a 80 cadeiras plásticas empilháveis (tipo marfinite) para colocar na garagem nas palestras e confraternizações. Se empresas puderem colaborar (inclusive ajuda tem descontos no Imposto de Renda) com papel sulfite, estantes de fixação em parede, material escolar e o que for possível doar. Eva Ern lembra que até o final do mês pretende reformar a viela – onde passam os alunos – e vai precisar da doação de 2 metros de pedra, 10 sacos de cimento e 2 metros de areia. “Tudo isto será bem vindo e prometo que faço divulgação de agradecimento citando todas as doações e empresas, com a ajuda do DiárioZonaNorte”, acrescenta com alegria de poder contar com as colaborações.


Serviço

Espaço AlfaEco

  • Endereço: Rua Alagoa da Roça, 95 – Vila Albertina – CEP 02357-130
  • Informações/Contato:   (11) 9-9667.8209 – Eva e Ítalo
  • Observação: em férias até o dia 15/01/2020

 

ObraFácil

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu nome agora