Início Cultura Carolina de Jesus, mulher negra, favelada e sua história no palco...

Carolina de Jesus, mulher negra, favelada e sua história no palco do Sesc Guarulhos

Carolina de Jesus
Tempo de Leitura: 4 minutos

carolina de jesus

  • Ingressos á venda a partir de 25/01 (3ª feira)
  • Protocolo de segurança –  É necessário apresentar comprovante de vacinação com as duas doses ou dose única da vacina contra COVID-19 e documento de identificação com foto, para maiores de 12 anos.

O espetáculo “Quarto de Despejo” chega ao Sesc Guarulhos, na última semana de janeiro. Os atores da Evoé Cia. de Teatro sobem ao palco do teatro à 20 horas do sábado, dia 29, e às 18 horas do domingo, dia 30.

O espetáculo, adaptado e dirigido por Rodrigo Ximarelli, é baseado na obra homônima de Carolina Maria de Jesus. Conta a história de uma mulher negra, moradora da favela do Canindé e mãe solteira de três filhos. Apresenta seu dia a dia naquela comunidade, e suas lutas para sustentar seus filhos em meio a dificuldades financeiras.

carolina de jesus

O diário de uma favelada

Quarto de despejo é uma edição dos diários de Carolina Maria de Jesus, migrante da cidade mineira de Sacramento, mãe solteira e moradora da primeira grande favela de São Paulo, a Canindé, que foi desocupada em meados dos anos 1960 para a construção da Marginal do Tietê.

O livro relata a amarga realidade dos favelados na década de 1950: os costumes de seus habitantes, a violência, a miséria e a fome. O tempo passou, a cidade cresceu, mas a realidade de quem vive na miséria não mudou muito. Isso faz do relato de Carolina uma obra atemporal, sempre emocionante.

Best-seller traduzido para 13 línguas, Quarto de despejo também é um referencial importante para estudos culturais e sociais, tanto no Brasil como no exterior.

carolina de jesus

A montagem

O ponto principal da montagem está na potência artística e literária da obra de Carolina Maria de Jesus. Sem deixar de lado a difícil realidade das favelas, direcionamos nosso olhar para o universo poético contido em “Quarto de Despejo” e por ele trilhamos nosso caminho criativo. Dessa forma, palavra, corpo, voz, acessórios, música, iluminação, cenário, figurinos, foram inspirados nessa poética e ressignificados. Desejamos que o espectador conheça a Carolina escritora, envolvida com música, poesia, teatro e muita arte.

carolina de jesus

Quem foi Carolina Maria de Jesus

Apesar de ter cursado apenas dois anos da educação básica, Carolina registrou um mundo desconhecido para muitos, em papéis quase sempre retirados de cadernos que encontrava nas ruas de São Paulo. Mulher negra, nascida em 1914 em Sacramento/MG, residiu na favela do Canindé de 1948 a 1961, no bairro de Santana de 1961 a 1969 e, de 1969 até 1977, em Parelheiros, onde veio a falecer.

“Quarto de Despejo“, seu primeiro livro, publicado em 1960, foi sucesso de vendas e de público. Traduzido para treze idiomas, ganhou o mundo. No Brasil, os exemplares alcançaram uma tiragem de mais de 100 mil livros vendidos em um ano.

carolina de jesus


Ficha técnica
  • Direção, adaptação, cenário e direção de corte: Rodrigo Ximarelli
  • Elenco: Arce Correia, Lucas Barbugiani, Luana Tonetti, Maggie Abbreu, Wesley Salatiel e Shanny Segade
  • Músicas e letras: Arce Correia
  • Produção VS: Thiago Siqueira e Gustavo Perri
  • Preparação para voz cantada: Roberto de Paula
  • Iluminação: Carlos Marroco
  • Operação de Som: Evelyn Silva
  • Figurinos, fotos e visagismo: Gil Oliveira
  • Confecção de Cartazes: Alessandro Rodrigues
  • Designer gráfico: Dimas Stecca
  • Produção executiva: Bruna Silvestre
  • Fotos: Gil Oliveira – Divulgação

Evoé Cia de Teatro ==  Sediada na cidade de São Paulo desde 2009,  é um coletivo formado por artistas e arte-educadores com cursos técnicos, graduação e pós-graduação na área artística.  O coletivo se apresenta regularmente na cidade de São Paulo, na Grande São Paulo e no interior, totalizando mais de 390 apresentações com um público estimado em mais de 60 mil pessoas.


Serviço

  •  Companhia: Evoé Cia de Teatro
  •  Apresentação: dias 29 e 30 de janeiro, sábado às 20h e domingo às 18h
  •  Faixa etária: 12 anos
  •  Teatro: SESC Guarulhos
  •  Endereço: R.Guilherme Lino dos Santos, 1200, Jd. Flor do Campo, Guarulhos – SP
  •  Telefone: (11) 2475-5550
  • Ingressos: R$ 40,00 (inteira); R$ 20,00 (meia: estudante, servidor de escola pública, + 60 anos, aposentados, pessoas com deficiência e credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes).
  •  Estacionamento: Capacidade limitada. R$12 primeira horea e R$3 p/horas

<<Com apoio de informações/fonte: Assessoria de Comunicação-SESC Guarulhos/ Eduardo Freitas >>

 d