Início Região ZN recebe cabines de biossegurança para exames de doenças pulmonares crônicas

ZN recebe cabines de biossegurança para exames de doenças pulmonares crônicas

Tempo de Leitura: 3 minutos

.

  • Prefeitura instala quatro cabines de biossegurança para diagnóstico precoce de doenças pulmonares crônicas
  • Os equipamentos com capacidade de realizar de oito a dez exames por dia serão instalados em unidades de Saúde nas regiões Norte, Leste e Sul

 

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), está implementando quatro cabines de biossegurança para a realização do exame de espirometria, que auxilia no diagnóstico preciso de doenças pulmonares crônicas, principalmente, pós-Covid, na rede pública do município.

O fornecimento desse exame pela rede municipal é resultado de uma parceria entre com a  Boehringer Ingelheim do Brasil Química e Farmacêutica, e tem caráter de prestação de serviços voluntário aos pacientes do SUS, sem custo para a gestão municipal.

Nesta 6ª feira (16jul2021), o secretário municipal da Saúde de São Paulo, Edson Aparecido, técnicos e especialistas da Secretaria Municipal da Saúde e da Boehringer, estiveram na Assistência Médica Ambulatorial (AMA)/Unidade Básica de Saúde (UBS) Vila Medeiros, na Zona Norte, para ver de perto o funcionamento e a atividade do equipamento, que tem capacidade de realizar de oito a dez exames por dia.

A solução chega como uma alternativa portátil para acelerar os exames das pessoas já cadastradas no Sistema Único de Saúde (SUS) elegíveis para a realização do teste, principalmente no acompanhamento de pacientes pós-Covid.

Outras cabines também serão instaladas na próxima semana, no Hospital Dia São Mateus (Leste), no Hospital Dia Cidade Ademar (Sul) e na AMA Especialidades Vila Constância (Sul).

Exame rápido

O procedimento é realizado em cerca de 20 minutos e o resultado do exame ficará no prontuário do paciente, na UBS de atendimento, em até cinco dias úteis. Devido ao alto risco de contágio por Covid-19, desde o início da pandemia, essa avaliação passou a ser recomendada apenas em casos extremamente necessários.

A cabine de biossegurança, projetada pela Boehringer, tem como objetivo criar uma proteção extra para todos os envolvidos no processo do exame. Com tecnologia para filtragem de microbiológicos duplos de alta capacidade (Hepa e Ulpa), ela aspira todo o ar da cabine e o devolve completamente renovado e purificado em apenas um minuto.

O secretário Edson Aparecido acredita que certamente a tecnologia ajudará no diagnóstico precoce e tratamento adequado de doenças desse tipo. “É importante para medir a capacidade pulmonar das pessoas, não só aquelas que foram contaminadas pela Covid-19, mas todas que têm algum tipo de deficiência pulmonar. O diagnóstico precoce e o tratamento adequado diminuem as taxas de crises respiratórias nas quais a falta de ar piora subitamente”, disse.

O tabagismo e as mortes

No Brasil, quatro brasileiros morrem por hora, 96 por dia e 40 mil todos os anos em decorrência da doença pulmonar obstrutiva crônica. O tabagismo é o principal fator de risco para a doença, seguido de exposição ocupacional e ambiental, envolvendo vapores químicos, poeira e outras partículas que provocam irritação pulmonar.

De acordo com o médico pneumologista, gerente médico da Boehringer e um dos criadores da cabine de espirometria no país, Marcos Nascimento, essa inovação foi planejada para contornar as restrições da pandemia no país. Para ele, a cabine traz a oportunidade de continuar com os exames na rede municipal de saúde de São Paulo, pós-Covid, com mais proteção e segurança aos pacientes, profissionais e usuários dos serviços de saúde.

“É uma inovação 100% brasileira, numa parceria pública privada. Os usuários dos serviços públicos da capital ganham na modernidade e com resultados rápidos e mais precisos aos pacientes”, destacou o médico.

AMA UBS VILA MEDEIROS

Endereço:Rua Euríco Sodré, 353 – Vila Medeiros, SP

Fecha: 19h00

Telefone: (11) 2981-5578

d