27.6 C
São Paulo
quinta-feira, 20 janeiro, 2022
Início Cotidiano Prefeitura substitui tampas de poços de visita de ferro por placas de...

Prefeitura substitui tampas de poços de visita de ferro por placas de concreto

tampas de poços
Tempo de Leitura: 2 minutos

  • Como projeto piloto, as tampas de poços,  antes feitas de ferro fundido, agora serão fixadas a laje de concreto para evitar desníveis no pavimento, além da ocorrência de furtos dos materiais

Como teste, a Secretaria Municipal das Subprefeituras (SMSUB) já substituiu tampas de poços de visita de ferro por placas pré-moldadas de concreto em 17 endereços. Essa medida faz parte de projeto piloto, iniciado em agosto de 2021, que prevê a troca dos materiais nas vias com grande circulação de veículos.

Desenvolvidas por técnicos da SMSUB, as vedações, antes já feitas de ferro fundido, agora serão fixadas à uma laje de concreto. Dos 17 endereços que ganharam os novos tampões, seis estão na região do Cambuci, quatro no Bom Retiro, dois na Bela Vista, dois na Santa Cecília e três na Sé. E logo as novas vedações serão implantadas nas vias da Zona Norte.

Em poucos meses, a implantação já traz benefícios ao município, visto que as placas instaladas não apresentaram problemas de acomodação e nenhuma solicitação de reparo ou qualquer manutenção foram registradas nesses pontos.

Serviços subterrâneos

Os poços de visita, popularmente conhecidos como bueiros, são construídos em locais estratégicos, destinados à visita de técnicos para manutenção preventiva e corretiva nas áreas de serviço subterrâneos, possibilitando a manutenção de sistema de drenagem, gás e telefonia, sem que haja a necessidade de se escavar o solo, produzindo, assim, maior economicidade e celeridade às ações da administração pública.

Muitos desses poços estão em vias públicas de pavimento flexível composto por uma mistura asfáltica, sendo totalmente afetadas pelo intenso tráfego de veículos e pelo constante recapeamento da via; diferentemente do pavimento rígido, que apresenta maior resistência característica à tração provocada por caminhões mais pesados.

Diante disso, e pela falta de padronização na estrutura do entorno dos tampões de ferro é que, no momento do recapeamento, as entradas aos poços de visita acabam ficando desnivelados quando comparadas ao pavimento.

Assim, por meio da análise constante de técnicos especializados da SMSUB, percebeu-se a necessidade de implementação da laje pré-moldada de concreto a fim de corrigir essas imperfeições, evitando acidentes e possíveis danos materiais à população.

A fase de testes ocorreu entre setembro e dezembro. Atualmente está em andamento a contratação para execução do serviço, em atendimento à demanda da cidade nas vias com grande circulação de veículos.

Menos roubos

A nova fixação objetiva, ainda, coibir o furto de tampas dos poços de visita, uma vez que a abertura deixa de ser rosqueável passando, nos novos modelos, a ser articulada. A Prefeitura de São Paulo faz a manutenção e recolocação de grelhas e tampas de bueiro, quando furtadas ou quebradas, das ruas e calçadas.

O valor dos novos moldes é de R$ 1.300 e, em quatro meses de teste, nenhuma unidade apresentou necessidade de reparo. Já os antigos custam R$ 1.950 e precisam de manutenção trimestral. De janeiro a novembro do ano passado, foram reformados 2.747 poços de visita, inclusive com a troca e reposição de tampas.

Ao perceber a falta de tampas em bueiros, o munícipe pode comunicar à central SP-156. < Com apoio de informações/fonte: Secretaria Especial de Comunicação-Secom/PMSP>


 

d