Início Negócios Não descarte na rua! Cinco dicas para ganhar dinheiro com itens parados...

Não descarte na rua! Cinco dicas para ganhar dinheiro com itens parados em casa

Tempo de Leitura: 2 minutos

.

Sabe aquela poltrona que acabou virando depósito de roupas no quarto? E aquela cadeira que parece meio deslocada na casa e não se encaixa ao restante da decoração? E aquele jogo de louças que você herdou da avó, mas nunca usou e nem pretende usar? Pois saiba que tudo isso pode virar dinheiro no seu bolso.

A pesquisa “Brasil Digital: itens parados em casa”, realizada pela OLX, identificou que 63% dos brasileiros possuem ao menos um produto parado em casa que poderia ser vendido. É um elevado potencial de geração de renda extra, que pode se transformar em dinheiro para quitar dívidas, realizar reformas, fazer cursos, viagens e atender outras necessidades da família.

Segundo o levantamento, a partir da quantidade média de itens que o brasileiro pode desapegar, é possível chegar à estimativa de, ao menos, R$ 4,7 mil parados em casa.

“Foi possível notar um aumento significativo de pessoas que precisaram mudar de casa nesse período. Vender os móveis e demais objetos que não seriam mais utilizados no novo lar se tornou uma possibilidade de ganhar um dinheirinho extra”, explica Marina Zaiantchick, da TAG2U, empresa paulistana especializada em decoração sustentável através da compra e venda de produtos usados.

As dicas

Mas como passar da ideia para a prática e começar a movimentar os itens parados? Confira as cinco dicas para quem deseja desapegar de itens de segunda mão:

1) Faça uma varredura

Separe um dia para verificar tudo que está parado em casa e pode ser útil para outras pessoas. Além dos móveis que você quer passar para frente, vale dar uma olhada geral no guarda-roupa, armários, cristaleiras, estantes e gavetas.

2) Faça uma lista 

Durante a varredura, anote todos os itens, onde eles estão guardados e quais as condições deles. Em caso de conjuntos ou jogos de peças, anote a quantidade de cada coisa (quantos pratos, xícaras, copos, talheres etc).

3) Fotografe

Aproveite a luz natural ou tire fotos em ambientes bem iluminados, com bom enquadramento e foco. A câmera do celular é suficiente, desde que você tenha uma boa quantidade de imagens, não só do item inteiro, mas de detalhes também. Se houver algum detalhe como manchas, furos ou outras avarias, fotografe também, pois o comprador deve saber com clareza.

4) Saiba onde vender

As redes sociais podem ser excelentes canais de venda, mas requerem tempo para divulgação, para responder aos potenciais compradores e propostas de negociação

Antes de precificar suas peças, caso decida vender por conta própria, pesquise em grupos e sites de itens usados quais são os valores médios praticados. Isso evita que você peça um valor muito alto e acabe com as peças encalhadas, ou um preço muito baixo e ganhe menos do que poderia. Sempre leve em conta o estado das peças a serem vendidas.


Quer vender ou comprar?

Contato pelo whatsapp: (11) 99196-5700.
O contato é realizado exclusivamente pelo whatsapp
Endereço: Rua Gago Coutinho, 268 – Lapa, São Paulo

Mais detalhes: https://www.tag2u.com.br/


O que é a TAG2U ===  Fundada em 2017, a TAG2U tem como principal objetivo trazer comodidade para quem quer vender e a oportunidade para quem quer comprar móveis e produtos usados, com a garantia de um processo totalmente transparente e seguro para todos. A empresa, sediada na capital paulista, conta com um showroom de mais de 1.800m² e um e-commerce. São mais de 12.000 clientes beneficiados, e a TAG2U, pioneira em desocupação de espaços, se orgulha em apoiar e incentivar a decoração sustentável através da compra e venda de produtos usados.


<<Com apoio de informações/fonte: Agencia Temma/Dani Pimenta >>

d