Início Cultura “Medida Provisória” põe o dedo na ferida de um país despedaçado em...

“Medida Provisória” põe o dedo na ferida de um país despedaçado em expulsar negros

Tempo de Leitura: 2 minutos

provisória

<< Crítica/Cinema>> === por Aguinaldo Gabarrão (*)

O governo brasileiro por meio de uma Medida Provisória e com posterior aprovação do Congresso Nacional, estabelece como política de Estado o envio de todos os negros de volta para os países de origem de seus ancestrais. Este é o fio condutor da história, onde prevalece a inversão de valores a partir da criação de um universo futuro imaginário, sufocante e opressivo.

Nesse cenário distópico são afetados o casal formado pelo médico Antonio (Alfred Enoch), sua esposa Capitu (Taís Araújo) e o primo André (Seu Jorge), jornalista engajado, que resistem o quanto podem à insanidade vendida pelo governo brasileiro como benefício.


provisória


O discurso de ódio

Dirigido por Lázaro Ramos, que também assina o roteiro em parceria com Luza Silvestre, o filme esmiuça as várias camadas do discurso de ódio contra o negro e traz para a boca das personagens e nas ações os comportamentos replicantes, disfarçados ou não, mas que revelam a política deliberada que visa sempre deixar o negro à margem das oportunidades e do seu lugar de fala.

Em alguns momentos o desejo ardente do diretor em colocar o dedo nas feridas – o que é mais do que certo – acaba por contaminar alguns diálogos, por assumirem um tom de manifesto, ilustrando no discurso o que poderia ser melhor resolvido pela imagem. Ramos tem muito a dizer, não há dúvida quanto a isso, mas não conseguirá fazê-lo num único projeto, pois o tempo de um filme é diferente da vida.


Assista ao video com o trailer:


O poder coletivo

O final aberto proposto pelo diretor pode, sob certo sentido, ser esperançoso ou sem grandes perspectivas. Nada muito diferente do contexto atual do nosso país, que por vezes parece uma distopia maior do que a apresentada pelo filme.

Porém, ao inserir a sequência da passeata – da qual participa a escritora Conceição Evaristo – o diretor sinaliza muito fortemente o enunciado do seu filme: há organização e consciência coletiva para a tomada de ação.


provisória


Serviço:
Medida Provisória
  • Gênero: drama; ficção científica
  • País: Brasil
  • Classificação: 14 anos
  • Duração: 1h e 34 minutos

Ficha técnica
  • Elenco: Taís Araújo, Alfred Enoch, Seu Jorge, Adriana Esteves, Renata Sorrah, Mariana Xavier
  • Direção:  Lázaro Ramos
  • Roteiro: Luza Silvestre, Lázaro Ramos
  • Direção de Fotografia: Adrian Teijido
  • Direção de Arte: Tiago Marques
  • Montagem: Diana Vasconcellos
  • Desenho e Edição de Som: Waldir Xavier
  • Produção: Lereby Produções, Lata Filmes
  • Coprodução: Globo Filmes, Melenina Acentuada
  • Distribuição: Elo Company, H2O Films

d