Início Destaque Governo de SP realiza Audiência Pública para concessão do Rodoanel Norte

Governo de SP realiza Audiência Pública para concessão do Rodoanel Norte

Tempo de Leitura: 2 minutos

 

  • Obra está parada há mais de dois anos
  • O trecho já consumiu cerca de R$ 10 bilhões
  • Projeto inclui quatro praças de pedágio ao longo dos 44 km

A ARTESP – Agência de Transporte do Estado de São Paulo e a Secretaria de Logística e Transportes realizaram na última 6ª feira (28/05/2021), de maneira virtual, Audiência Pública para apresentar e debater o modelo proposto para a concessão do trecho norte do Rodoanel Mario Covas (SP-021), último trecho da maior obra viária do país.

Na concessão, a empresa que vencer a licitação conclui a obra sem receber nada do governo, e depois explora o espaço por meio de pedágio.

Os investimentos previstos são da ordem de R$ 2,4 bilhões para o período de 30 anos, além de R$ 1,5 bilhão para operação e manutenção. A audiência pública está disponível no site da Artesp.

Trecho Norte

O trecho norte do Rodoanel possui 44 quilômetros de extensão no eixo principal, passando pelos municípios de São Paulo, Arujá e Guarulhos. Com a proposta, a empresa vencedora da concorrência assumirá os serviços de operação, manutenção e realização dos investimentos necessários para a exploração do sistema rodoviário, assim como a conclusão das obras.

A concessão prevê  44 km de novas pistas com acostamento, 14 túneis, 61 pontes/viadutos, quatro paradas para cargas especiais, duas áreas de descanso para caminhoneiros, duas bases do Serviço de Atendimento aos Usuários (SAU), dois Postos Gerais de Fiscalização (PGF), duas balanças de pesagem, 30 câmeras de monitoramento, além de veículos operacionais (ambulâncias, guinchos, caminhão pipa e inspeção de tráfego) para atender todo o trecho.

Audiência Pública

Após a apresentação técnica, autoridades e representantes da sociedade civil enviaram suas contribuições por e-mail, youtube e também por chamada de vídeo.

Mais de 170 pessoas acompanharam ao vivo a transmissão. Os questionamentos foram respondidos ainda durante a cerimônia, pelo diretor-geral da ARTESP, Milton Persoli. 

A participação na concorrência será aberta a empresas brasileiras e estrangeiras, de forma isolada ou em consórcio – sem restrições, a não ser as decorrentes da legislação.

Com a Audiência Pública realizada, agora o próximo passo é o da Consulta Pública, sendo que as minutas preliminares já estão disponíveis no site da ARTESP: www.artesp.sp.gov.br >> Transparência >> Audiências e Consultas Públicas. Para participar, basta encaminhar contribuições e dúvidas sobre o projeto no formulário disponível no site da Agência para o e-mail artesp@artesp.sp.gov.br.

Para acessar informações adicionais sobre o projeto, os interessados devem encaminhar solicitação de acesso para documentosartesp@artesp.sp.gov.br, informando os seguintes dados: nome/empresa/e-mail. Por fim, o edital, que tem previsão para o segundo semestre, e a retomada das obras, prevista para o primeiro semestre de 2022, já sob responsabilidade do concessionário vencedor da concorrência.

<com apoio de informações: Imprensa Artesp>

d