Início Destaque Força Tarefa do Governo de SP fecha evento clandestino na Água Fria,...

Força Tarefa do Governo de SP fecha evento clandestino na Água Fria, Zona Norte

Crédito da Foto: Alex Vieira
Tempo de Leitura: 2 minutos

Força Tarefa do Governo do Estado de São Paulo encerrou nesta 3a. feira (04/05/2021), por volta das 21h, um evento clandestino e fechou o bar ED House, localizada na Rua José de Albuquerque Medeiros n. 149 – Água Fria,  Zona Norte da capital.  

A operação coordenada pelo delegado Dr. Eduardo Brotero,  contou com agentes do Grupo 70 do Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos – GARRA, do Departamento De Operações Policiais Estratégicas – DOPE, acompanhados do Deputado Federal Alexandre Frota, em apoio ao Comitê de Blitze do Governo de São Paulo.

Crédito da foto: Alex Vieira

Na hora da abordagem, 30 pessoas foram flagradas no local – na maioria jovens – sem respeitar o distanciamento social e sem o uso de máscaras, que foram colocadas por alguns após a chegada da Força Tarefa. A maior parcela dos participantes do evento foi liberada pelos fiscais da Vigilância Sanitária após checagem da Polícia Civil sobre  antecedentes criminais.

Crédito da Foto: Alex Vieira

O caso foi registrado no Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania – DPPC, onde a autoridade responsável, Dr Nilton Fujita, determinou a elaboração de termo circunstanciado por  Infração de Medida Sanitária Preventiva (Artigo 268 do Código Penal Brasileiro), no qual foram formalmente apreendidos equipamentos de som, um laptop, duas máquinas de cartão de crédito e débito.

Fim de semana

A Força-Tarefa do Governo de São Paulo realizou 3,1 mil fiscalizações entre a noite de 6ª feira (30/04/2021) e domingo (02/05/2021) em todo o estado. Essas operações resultaram na autuação de 82 estabelecimentos que estavam funcionando irregularmente, descumprindo as diretrizes do Plano São Paulo de combate à pandemia.

Em paralelo, durante o final de semana, a Vigilância Estadual efetuou 82 inspeções e autuou 15 estabelecimentos. Os bairros inspecionados foram Lapa, Vila Leopoldina, Itaim Bibi, Jardins, Consolação, Bela Vista, Casa Verde, Barra Funda, Alphaville – em Barueri, Liberdade, Aclimação, Jardim Aricanduva, Brooklin e Tatuapé. Já o Procon realizou 29 atos fiscalizatórios e cinco autuações na cidade.

A Polícia Militar atuou de forma preventiva na capital em 20 ações de apoio à Vigilância Sanitária, flagrando 344 pontos de aglomerações. Mais de 33,5 mil veículos foram vistoriados e 48 pessoas foram presas, sendo 39 procurados pela Justiça.

Comitê de Blitze

Comitê de Blitze envolve também a atuação da Guarda Civil Metropolitana e da Covisa (Coordenadoria da Vigilância Sanitária) pela Prefeitura de São Paulo.Governo do Estado integra o grupo com profissionais da Vigilância SanitáriaProcon-SP e das Polícias Civil Militar.

O cidadão pode denunciar festas clandestinas e funcionamento irregular de serviços não-essenciais pelo telefone 0800-771-3541 e também pelo site do Procon-SP (www.procon.sp.gov.br) ou pelo e-mail do Centro de Vigilância Sanitária (secretarias@cvs.saude.sp.gov.br).

Crédito das fotos: Polícia Civil do Estado de São Paulo