Início Cotidiano Segurança pública preocupa a Prefeitura que quer ouvir sugestões da população

Segurança pública preocupa a Prefeitura que quer ouvir sugestões da população

gcm
Tempo de Leitura: 2 minutos

 

  • Munícipes poderão contribuir com o Projeto de Lei até o dia 21 de junho
  • A GCM pode ficar mais atuante em todas as áreas de segurança na cidade
  • Policia Militar participou dos debates do Plano de Segurança

O Plano de Segurança Urbana Municipal (PSUM), que é o primeiro documento na cidade,  que determinará o planejamento da Segurança Urbana para os próximos 10 anos na Cidade de São Paulo. A atual versão do PSUM propõe 111 artigos com quatro objetivos, 30 iniciativas e nove metas. O projeto também trata da reestruturação do Conselho Municipal de Segurança Urbana (COMSU) e a criação do Fundo Municipal de Segurança Urbana (FMSU).

Com isto, a Secretaria Municipal de Segurança, por meio da plataforma Participe+, iniciou, a Consulta Pública Virtual do Plano de Segurança Urbana Municipal (PSUM). Os munícipes poderão propor alterações e propostas para o Projeto de Lei até as 23h59 do dia 21 de junho.

Com essa preocupação de melhorias na segurança da cidade, a Prefeitura de São Paulo — que controla a Guarda Civil Metropolitana (GCM) — , promoveu em abril, um encontro com cerca de 30 renomados especialistas em segurança — incluindo representante da Policia Militar do Estado de São Paulo — como parte de elaboração do PSUM. (Saiba mais em reportagem do DiárioZonaNorte  — Insegurança cresce na Zona Norte e GCM promove encontro com especialistasclique aqui )

As contribuições ao texto do PSUM podem ser feitas de duas maneiras:

1. Revisão ao Texto: nesta seção, o participante poderá indicar se “Apoia” ou “Não Apoia” o projeto, bem como sugerir alterações formais na redação de cada um dos 111 artigos do texto atual do PSUM; e

2. Proposta de Metas: nesta seção, o participante poderá sugerir meta quantitativa para o PSUM. Considerando o escopo do PSUM, serão consideradas como metas passíveis de serem incorporadas ao PSUM exclusivamente aquelas que atendam a todos os seguintes requisitos:

a) estejam formuladas em termos da evolução (absoluta ou percentual) em indicador quantitativo preferencialmente, com série histórica já existente e atualizada;

b) apontem para transformações positivas na segurança da Cidade de São Paulo, expressas como entregas, resultados ou efeitos de políticas públicas municipais da Prefeitura de São Paulo;

c) tenham abrangência geral para toda Cidade de São Paulo, podendo ser direcionadas para públicos-alvo específicos (por exemplo, crianças de 1 a 5 anos de idade) e desagregadas territorialmente por subprefeitura ou distrito;

d) tenham como horizonte temporal para seu cumprimento prazo não inferior a 2 anos e não superior a 10 anos.

Caso tenha interesse em participar, basta acessar a página no Participe+clique aqui


<<Com apoio de informações/fonte: Secretaria Especial de Comunicação-Secom/PMSP>>

 

d