da Redação DiárioZonaNorte ==

De uns cinco ou seis  anos para cá, cozinhar caiu no gosto dos brasileiros e a cozinha se transformou no principal ambiente da casa. Mudou também a percepção das pessoas em torno da própria alimentação e cresceu a procura de ingredientes diferenciados. De forma muito natural, a Casa Flora Importadora, se transformou em uma das protagonistas deste movimento ao trazer para a mesa do brasileiro o melhor da enogastronomia nacional e internacional,  com um portfolio de mais de 1500 itens entre massas, arrozes, azeites, queijos, conservas, temperos, vinhos, cervejas, destilados, água entre outros produtos,

Dentro deste contexto, o DiárioZonaNorte está há  oito anos escrevendo muito sobre gastronomia, dando dicas para todos os gostos e bolsos, avaliando vários restaurantes com visitas anônimas (e alguns são tão ruins, que vocês nunca ficaram sabendo), ajudando você na descoberta de ingredientes nacionais e importados, finalmente foi para a cozinha.

Calma, a mudança é provisória e parte de um desafio proposto pela Casa Flora Importadora.  Recebemos uma caixa com uma seleção de produtos da linha de alimentos Paganini,  contendo azeite, massa, pomodoro e antepasto.

A Paganini já é conhecida do público brasileiro. Os produtos são selecionados nas melhores regiões da Itália: azeites da Úmbria, acetos da Emília-Romanha, massas de grano duro da Puglia, tomate pelado da Campânia, arroz, polenta e couscous do Piemonte e funghi porcini da Toscana. A marca alia a tradição e o estilo de vida europeus com a mais alta tecnologia na elaboração desses alimentos.

A receita === Escolhemos fazer o tagliatelle com um molho encorpado, pedaçudo e muito perfumado.  Em época de quarentena, temos um pouco mais de tempo e por isso, a carne que acompanha nossa massa é a costela, que depois de cozida e desfiada, fará parte de um saboroso ragu. O toque de sabor desta costela é dado pelo aceto Balsâmico Paganini.

Ingredientes:

Costela

  • 01 kilo de costela de boi  (ponta de agulha – com bastante carne) em pedaços
  • 01 xícara de salsão em pedaços
  • 03 dentes de alho
  • ½ cebola  picada
  • 01 folha de louro
  • Sal e pimenta do reino a gosto
  • 02 colheres de sopa de Azeite Extravirgem Paganini
  • 02 colheres de sopa de aceto Balsâmico Paganini

Modo de fazer:

Comece colocando uma chaleira com água para ferver (mais ou menos um litro).

Em uma panela de pressão, coloque o azeite Paganini, a cebola, o alho, salsão e o louro.   Refogue bem e acrescente a costela e o aceto balsâmico Paganini, o sal e a pimenta do reino. Misture tudo muito bem. Cubra a carne  com  a água fervente.  Feche a panela e conte 50 minutos após  pegar pressão.

Terminado o prazo, desligue a panela e espere sair a pressão. Retire a carne da panela e reserve o caldo.  Espere esfriar um pouco  e desfie. O peso, tirando ossos, após cozida fica em torno de 700 gramas.

Pulo do gato:  você pode preparar a costela com antecedência e guardá-la na geladeira.

Ragu de Costela

  • 700 gramas de costela cozida e desfiada
  • 01 cebola  roxa  milimetricamente picada
  • 02 dentes de alho espremidos
  • 01 xícara de bacon  sem o couro – cortado em cubos bem pequenos –
  • ½  colher de sopa de manteiga sem sal
  • 01 colher de sopa de azeite Extravirgem Paganini
  • 01 lata de tomates italianos  sem pele em cubos Paganini
  • 01 lata de caldo do cozimento da costela –  coado (use a lata dos tomates pelados como medida)
  • 01 ramo de manjericão
  • 01 pitada de noz-noscada

Antes de começar a fazer o ragu, coloque uma panela com 5 litros de água no fogo, onde o macarrão será cozido.

Em uma panela larga, coloque a manteiga, o azeite Paganini, a cebola e o alho. Mexa o tempo todo, até a cebola ficar transparente. Acrescente o bacon, refogue até ele ficar ligeiramente dourado e soltar um pouco de gordura.

Acrescente a costela cozida e desfiada. Misture para incorporar. Deixe fazer um fundo na panela.  Acrescente os tomates italianos e o caldo de carne e o ramo de manjericão.  Misture para incorporar,  acerte o sal e abaixe o fogo até e engrossar.

Cozinhe um pacote de Tagliatelle Paganini por cerca de 8 minutos ou até ficar ao dente.

Escorra e misture com o ragu de costela. Acompanhe com queijo  parmesão ralado.

O vinho ===  E para harmonizar com nossa criação,  a Casa Flora nos enviou uma  garrafa do incrível vinho Fran Blend, de Mendonza com 50% de Cabernet Sauvignon, 25% Syrah e 25% Bonarda. Oferece o fechamento da garrafa com tampa de rosca: além de oferecer praticidade, ela impede a entrada de oxigênio, preservando todas as qualidades de um vinho com perfil jovem e fresco como este.

Com aromas de frutas negras maduras (ameixa) e especiarias (pimenta-do-reino preta e louro), com notas de baunilha, provenientes da passagem pela madeira, e de chocolate. E visual vermelho, com tonalidade carmim. Apresenta final macio, sedoso e agradável. Harmoniza bem com carnes vermelhas, massas com molho intenso e queijos curados.

Fran Blend é um dos rótulos da Bodega Nieto Senetiner estabelecida no distrito de Vistalba, em Mendoza, Argentina, um grupo de imigrantes italianos fundou, no início do século 20, a vinícola que, décadas mais tarde, em 1969, se tornaria a Nieto Senetiner. As duas famílias que a compraram — e cujos sobrenomes passaram a batizar a nova empresa — investiram em expansão sem perder de vista o cuidado artesanal.

Hoje, contam com 400 hectares de vinhedos espalhados em três fincas, cada qual com seu terroir, bem como dois centros de produção que traduzem sua filosofia: a Bodega Vistalba, tradicional, construída em 1884, dedicada a rótulos selecionados; e a Bodega Carrodilla, equipada com tecnologia de última geração, e de onde partem criações originais.

Para completar a experiência, recebemos uma garrafa da  Água Voss. Importada pela Casa Flora, a Voss brota naturalmente de uma fonte no sul da Noruega, no deserto gelado, sob uma formação rochosa protegida do ar e de qualquer tipo de contaminação externa.

A marca possui quantidades reduzidas de minerais e sódio e é  considerada a mais pura do mundo, com designer diferenciado na embalagem, assinado pelo desenhista da Calvin Klein, mas que acima de todos os atributos é um produto com foco na sustentabilidade.

A Voss criou em 2008 criou a Voss Foundation uma fundação com a missão de financiar o acesso a água potável, saneamento e higiene como um meio para permitir o desenvolvimento nas comunidades na África Subsaariana e conscientizar sobre a necessidade continua na região.  Já financiou 173 pontos de acesso a água limpa e 467 instalações de saneamento em 7 países.

Sobre a Casa Flora == Em 2020 completa 50 anos de atividades. Ao longo deste tempo, tornou-se o local dos melhores produtos na mesa e na adega de famílias brasileiras. Em primeiro lugar, a qualidade dos melhores queijos, alimentos gourmet, vinhos, cervejas, com produtos brasileiros e importados.

Tudo começou na cidade de Flora, município mineiro de Três Corações. O queijo foi o produto que marcou a origem em 1955 da Casa Flora e a uva o ingrediente que fez a estreia da empresa como importadora, em 1992, vinda do Chile E a partir daí foram chegando produtos dos mais variados, atingindo mais de dois mil itens.

No item vinhos, a Casa Flora tem um dos acervos mais completos e conceituados do mercado enogastronômico, com  marcas líderes e de prestígio internacional. Com a cervejaria da Paulaner na Alemanha tem a exclusividade no Brasil,  sendo a organizadora oficial da legítima Oktaberfest, desde 2015. A loja da Casa Flora está localizada à Rua Santa Rosa, 207 – Brás – telefone (11) 3327.5199  – www.casaflora.com.br


DiárioZonaNorte  participou da experiência Cozinhando em sua Casa com a linha Paganini e outras delícias da Casa Flora Importadora,   a convite da  Anagrama Eventos e Comunicação.

IBCC Institucional

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu nome agora