Início Destaque Linha 19-Celeste do Metrô avança. Veja a relação de ruas incluídas no...

Linha 19-Celeste do Metrô avança. Veja a relação de ruas incluídas no traçado

Linha 19-Celeste
Projeto artístico da estação Dutra da Linha 2-Verde (Tetra Projetos)
Tempo de Leitura: 3 minutos

Linha 19-Celeste

da Redação DiárioZonaNorte
  • Linha 19-Celeste do Metrô inicia a segunda etapa de investigações geotécnicas
  • Prazo de conclusão da linha é em 2029
  • Veja a relação de ruas entre a região do Jardim Julieta e Vila Maria

A construção da  Linha 19-Celeste do Metrô, que ligará a estação Anhangabaú – região central de São Paulo -, até o Bosque Maia – no município de Guarulhos, avança em mais uma etapa.

Agora, inicia a segunda etapa das  investigações geotécnicas e sondagens – responsáveis pela análise do comportamento do solo e das rochas durante as escavações para futuras obras da Linha 19 Celeste.

Do Jardim Julieta até a Vila Maria

A obra é de responsabilidade do Consórcio FG-Moretti, que executará  221 sondagens, na região situada entre o Km 89 da Rodovia Fernão Dias (na Avenida João Simão Castro – Jardim Julieta) e Avenida Guilherme Cotching, altura do número 1780 – na região da  Rua Curuça  – Vila Maria).

O prazo máximo para a conclusão dos estudos  desta etapa é de 365 dias. Lembramos que, em junho de 2021, o Consórcio ESA realizou trabalho semelhante no trecho da Av Guilherme Cotching (em frente ao Restaurante Rossio, na Vila Maria) até a região do Pari, cujo o prazo de conclusão se encerrou em 03 de setembro de 2021.

Linha 19-Celeste
Ponto de sondagem de solo, na Avenida Guilherme Cotching – na Vila Maria

Os resultados dos dois estudos são essenciais para a elaboração do Projeto Básico da Linha, que define o traçado final da linha, onde cada estação será construída, dá diretrizes para o projeto executivo de engenharia civil e até mesmo, a forma de captação de recursos para a obra.

Relação de Ruas que passarão pela sondagem

Veja a relação de ruas, lembrando que passar pela análise não significa necessariamente que todos  estes locais terão desapropriações:

Linha 19-Celeste
Relação de Ruas que terão pontos de sondagem geotécnica
Relação de Ruas que terão pontos de sondagem geotécnica – 2
Linha terá duas etapas

Com investimentos da ordem de R$ 15 bilhões e anunciada em agosto de 2019,  a futura Linha 19-Celeste, terá em sua primeira etapa quinze estações:  Anhangabaú, São Bento, Pari, Silva Teles, Catumbi,  Vila Maria, Curuçá, Jardim Japão, Jardim Brasil, Jardim Julieta, Itapegica, Dutra, Vila Augusta, Guarulhos  Bosque Maia. 

O projeto ainda contempla1 Pátio de estacionamento e manutenção Vila Medeiros, Estacionamentos Bosque Maia, Catumbi e Bixiga, 19 Poços de ventilação e Saída de emergência – VSE e 2 Subestações Primárias.

O prazo para entrega da primeira etapa foi estipulado, de acordo com documentos internos do Metrô, para o ano de 2029.

Avanço até o Campo Belo, na Zona Sul

A segunda etapa terá outras nove estações e avançará até a região do Campo Belo – na Zona Sul de São Paulo. Se a atual diretriz da linha se mantiver, ela terá 26,3 km de extensão e 24 estações e desenvolverá um eixo de transporte sudoeste/nordeste da cidade, passando pelo centro do município de São Paulo.

Ainda de acordo com documentos do Metrô, a Linha 19-Celeste será  construída antes da extensão da Linha 2-Verde  que vai da Vila Prudente até a estação Dutra (também no município de Guarulhos).

Hub de transporte
Linha 19-Celeste
Conexões programadas para a Linha 19-Celeste

Cerca de 621 mil passageiros em dias úteis  serão beneficiados com a primeira fase do novo ramal,  que terá 15,8 km de extensão e deverá realizar conexões com a Linha 3-Vermelha (Estação Anhangabaú), Linha 1- Azul (Estação São Bento)Linha 2-Verde (Estação Dutra) e com a CPTM na Linha 10- Turquesa e 11-Coral – ambas na Estação Pari.

d