Início Cotidiano Fiscalizações da EMTU no 1º trimestre apreenderam 137 veículos irregulares

Fiscalizações da EMTU no 1º trimestre apreenderam 137 veículos irregulares

Tempo de Leitura: 2 minutos

veículos irregulares

  • Apreensões no período aumentaram 114% em relação a 2021
  • Veículos clandestinos não cumprem normas de regulamentação e inspeção, colocando em risco a segurança dos passageiros

Entre janeiro e março deste ano, a Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos – EMTU, em conjunto com a Polícia Militar do Estado de São Paulo, realizou 326 operações contra o transporte coletivo de passageiros não autorizado nos municípios da Região Metropolitana de São Paulo. As ações visam oferecer mais segurança, qualidade e eficiência às pessoas que utilizam o sistema metropolitano.

As ações no período resultaram em 1.183 veículos abordados para averiguação e na apreensão de 137 veículos irregulares em operação de transporte de passageiros. O balanço trimestral aponta um aumento de 114% em relação a 2021, quando foram apreendidos 64 veículos.

veículos irregulares

As autuações

Além das apreensões, as equipes de fiscalização aplicaram 1.125 autuações em casos de infração nos três primeiros meses de 2022. As multas aplicadas podem chegar a R$ 5.212,22.

Os agentes averiguam carros, vans, micro-ônibus e ônibus que fazem o transporte intermunicipal metropolitano com o objetivo de combater o transporte irregular de passageiros, oferecendo mais segurança, qualidade e eficiência aos cidadãos que utilizam o sistema metropolitano.

Os veículos autorizados passam por inspeções periódicas nas quais são verificados mais de 900 itens, como os sistemas de freios, suspensão, pneus, acessibilidade e demais itens que conferem a segurança, conservação e o conforto aos passageiros, conforme as determinações da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABTN) e do  Conselho Nacional de Trânsito – CONTRAN.

Na operação regular, os condutores são treinados periodicamente, bem como são atendidas todas as normas do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e aquelas determinadas pela Secretaria dos Transportes Metropolitanos. Por outro lado, os veículos não autorizados não cumprem essas normas, sem qualquer garantia da sua procedência, além de operar de forma precária e em concorrência ruinosa, já que não cumprem qualquer requisito da legislação.


Sobre a EMTU – Vinculada à Secretaria dos Transportes Metropolitanos, a Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU) é controlada pelo Governo de São Paulo. Fiscaliza e regulamenta o transporte metropolitano de baixa e média capacidade nas cinco regiões metropolitanas do Estado: São Paulo, Campinas, Sorocaba, Baixada Santista e Vale do Paraíba / Litoral Norte. Juntas, as áreas somam 134 municípios.


<<Com apoio de informações/fonte: Assessoria de Imprensa /EMTU – Governo de SP>>

d