Início Destaque Antes do prometido, Prefeitura inaugura CEU Tremembé, mas não vai funcionar

Antes do prometido, Prefeitura inaugura CEU Tremembé, mas não vai funcionar

Antecipando a inauguração, o prefeito da cidade esteve na Zona Norte, na manhã desta 6ª feira (14ago2020), com o objetivo de inaugurar o Centro Educacional Unificado (CEU)  Tremembé, no Jardim Joamar, numa área conhecida como Casa da Pedra.

 o DiárioZonaNorte  publicou “em primeira mão” em 04ago2020 – clique aqui – O CEU Tremembé está saindo de um sonho e do papel. Logo será inaugurado“: “Nos últimos meses, mesmo com a pandemia do Coronavírus/Covid-19, as obras foram aceleradas para dar tempo de inauguração – mesmo pró-forma —  ainda como mais um legado na gestão doprefeito, que busca a reeleição”. 

Na mesma data, a Secretaria Municipal de Educação foi consultada pelo jornal e informou  que “a inauguração  acontecerá em setembro, mas devido a pandemia do Covid-19 seguirá fechado até autorização das autoridades de saúde”.

DiárioZonaNorte publicou também “em primeira mão” o histórico (com fotos) e a informação da Secretaria Municipal da Educação com destaque o Centro Educacional Unificado Parque Novo Mundo (ou somente Novo Mundo) que será inaugurado no próximo mês (setembro 2020). Reveja a matéria clicando aqui – ” Após cinco anos de espera, CEU no Parque Novo Mundo será inaugurado em setembro”.

Secretaria Especial de Comunicação-Secom divulgou a agenda do prefeito no começo da noite de 5ª feira (13ago2020) comunicando o evento do CEU Tremembé. Segundo a Secom informa, as obras, com um investimento de cerca de R$ 44 milhões, foram executadas pela Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana e Obras (SIURB), e os moradores terão à disposição um espaço que reunirá mais opções de cultura, esporte e lazer.

Segundo o prefeito, trata-se de um equipamento de inclusão não apenas das crianças que irão estudar, mas também dos professores, diretores e de toda a comunidade do entorno, que poderá aproveitar o equipamento como um grande clube. E lembrou que  é o segundo CEU entregue na gestão, num total de 12 que ficarão prontos até o fim do ano, com investimento de cerca de R$ 550 milhões.

Na área educacional, o novo CEU Tremembé contará com um Centro Municipal de Educação Infantil (CEMEI), com capacidade para atender 448 crianças entre 0 e 5 anos de idade e a estrutura contempla salas de aula, brinquedoteca, refeitório, lactário, solário, entre outros.

Já a parte esportiva conta com piscinas semiolímpicas, sendo uma delas coberta e quadra poliesportiva. O bloco cultural possui teatro, biblioteca, sala de leitura, ambientes para exposição e salas multiuso. São 7.100 m² de área construída, num terreno de 10.800 m². O equipamento foi construído dentro das normas de acessibilidade aprovada pela Comissão Permanente de Acessibilidade – CPA e possui elevadores, banheiros adaptados e rampas de acesso.

As aulas presenciais, bem como as demais atividades culturais e esportivas que serão realizadas no CEU Tremembé ainda não têm data prevista para início, em decorrência da pandemia de covid–19 (coronavírus).

Novos Centros Educacionais Unificados ===  Prefeitura de São Paulo retomou em 2018 as obras de 12 CEUs que estavam paralisadas. O investimento para conclusão dos espaços é de R$ 543 milhões, criando mais de 6 mil vagas para a Educação Infantil. A área educacional das novas unidades será destinada ao atendimento de crianças de 0 a 5 anos.

CEUs === Os Centros Educacionais Unificados, mais conhecidos como CEUs, são equipamentos educacionais implantados em São Paulo, como o resultado da reflexão e do desenvolvimento de diversas teses sobre educação no Brasil, desde o modelo das Escolas Parque proposto pelo educador Anísio Teixeira, até chegar ao conceito atual dos Centros Educacionais Unificados (CEUs) na cidade. Desde então, os CEUs consolidaram-se como referência na educação e articulação de políticas públicas no território. <<Com apoio de informações/fonte: Secretaria Especial de Comunicação-Secom/PMSP>>

d