da Redação DiárioZonaNorte  ==

O velho  centro da cidade de São Paulo ainda tem as marcas do tempo, os prédios e os casarões que ainda resistem. É um cartão postal que deve ser preservado. Na Rua Boa Vista, uma das ruas do antigo centro financeiro, está o prédio da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), outro patrimônio histórico, que retratou na 6ª feira (07/12/2018) mais um registro de seus 124 anos.

Um sessão solene === E no auditório do 11º andar, com 120 lugares, foi organizada a sessão plenária solene, a última do ano. Com sua alegria de sempre e cumprimentando a todos, a entrada do presidente da entidade, Alencar Burti, e também da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp), com os seus 88 anos de idade e 12 anos de presidência (em seis gestões),  que juntou-se à mesa com o vice-presidente da ACSP, Roberto Mateus Ordine – que chegou de bengala por causa de um acidente.

Ações de final de ano === Com a proximidade do Natal e final de ano, a ACSP programou-se também  uma missa na Capela de São José de Anchieta, ao lado no Pateo do Collegio, e mais a inauguração da Iluminação Natalina da sede da entidade e do entorno do Pateo do Collegio. Depois as homenagens aos colaboradores da ACSP e um evento com coquetel de confraternização. E já à mesa como convidado especial, o Bispo Emérito da Diocese de Santo Amaro, Dom Fernando Antonio Figueiredo, que em seguida concelebraria a missa com o Padre Carlos Alberto Contieri, e participação do Coral “Schola Cantorum do Pateo do Collegio”.

A consolidação do acordo === Mas um fato importante aconteceu nesta sessão plenária, com a assinatura oficial do acordo Sicredi e ACSP, com a presença do presidente da cooperativa financeira, Jaime Basso, que integrou à mesa. E por deferência especial, a Senhora Norma, esposa de Alencar Burti, sentou-se ao lado, nesta derradeira reunião do ano.  Mas antes houve o primeiro passo do acordo, que aconteceu no evento do Dia de Ação de Graças no Pateo do Collegio, em 25/11/2018, com uma prévia e o anúncio do fechamento do acordo entre o Sicredi Vale do Piquiri Abcd PR-SP e a ACSP. Naquela oportunidade, o Sicredi  estava representado pelo diretor executivo,  Moacir Niehues, e a ACSP pelos vice-presidentes Roberto Mateus Ordine e João Bico de Sousa.  Veja aqui  

A importância do acordo === No auditório, vice-presidentes e conselheiros ACSP, diretores do Sicredi e convidados, ouviram as palavras de boas-vindas do presidente Alencar Burti, que fez um resumo rápido dos objetivos da ACSP e das ações do ano. Burti aproveitou para informar o importante acordo com o Sicredi, “que nos dará uma grande força aos associados e que vamos sentir o ano que vem”. E pediu que todos continuem ajudando a ACSP para que “tenhamos mais sucesso neste país maravilhoso. E que o brasileiro se convença que o Brasil precisa dele; e que trabalhem pensando neste país”. E lembrou que “o amor à vida faz com tudo fique mais importante”. Em seguida, o vice-presidente Roberto Mateus Ordine usou o microfone, com agradecimentos e referiu-se ao Sicredi pelo acordo e a sua “importância pelo momento que iremos viver no ano que vem e que o Brasil deve voltar ao caminho do crescimento e desenvolvimento”. E afirmou que “o Brasil terá um novo caminho, mas é preciso que todos estejam presentes no trabalho para que isto aconteça”. E o microfone foi passado a Dom Fernando Antonio Figueiredo, que fez suas considerações e lembranças de São Francisco de Assis, “valorizava a vida até dos animais”. E Dom Fernando deu palavras de incentivo e esperança para o Natal e o ano que vem.

A força financeira do Sicredi === O Sicredi Antes da assinatura do acordo Sicredi-ACSP, o presidente Alencar Burti pegou o microfone e fez um corte na solenidade: “Eu gostaria de cumprimentar o Jaime Basso do Sicredi e agradecer muito o apoio que está nos dando porque você representa um grande passo em nosso futuro. Eu tenho a certeza que o ingresso do Sicredi em nossa atividade, olhando os pequenos empresários, não tenha dúvida que nos vamos ter mais 124 anos de vida. Então é importante que eu deixe aqui os nossos agradecimentos. E vamos fazer chegar aos nossos pequenos empresários concessões de crédito e responsabilidade”. E passou a palavra ao presidente do Sicredi Vale do Piquiri Abcd PR-SP, Jaime Basso, que mostrou a satisfação de estar assinando o acordo com a ACSP. Ele lembrou que “através da cooperação e do voluntariado é que vamos construir um país melhor, através das entidades, associações, do comércio, do bairro e assim por diante”. E, desta forma,  falou da importância das ações da ACSP com seus associados, que são voluntários, para ajudar os outros associados e empresas.

Crescimento e agências na ACSP === Basso falou do cooperativismo e sua importância no mundo, que está crescendo no Brasil, criando uma economia mais forte. Segundo ele, isto está refletido no acordo com a ACSP, criando mais oportunidades e serviços. Disse que o cooperativismo vai crescer muito já agora no próximo ano, e a parceria com a ACSP vai contribuir muito – e que o Sicredi quer ser o braço financeiro para dar apoio ao crescimento de todos. Já estará sendo assinado, na oportunidade, um termo de cooperação de antecipação do 13º salário para as pequenas empresas afiliadas à ACSP, que terão condições especiais de empréstimo. Basso demonstrou que mesmo nos quatro anos de dificuldades no mercado, o Sicredi cresceu e não parou de criar oportunidades. E o ano que vem, segundo ele, deverá ser melhor. Lembrou que hoje o Sicredi tem 1.600 agencias em todo o Brasil e que em São Paulo está chegando a 15 espaços em diversos bairros e mais as 15 que estarão dentro das distritais da ACSP — já está em pleno funcionamento a primeira agência interna na ACSP, que fica no primeiro andar do prédio da rua Boa Vista, mostrando o modernismo do local e as facilidades financeiras e de serviços do Sicredi. “E todos já podem contar com o apoio do Sicredi. E  cada vez possamos nos conhecer mais e fazer mais negócios. E juntos fazermos uma sociedade melhor, um Brasil melhor”, encerrou a fala.

Um ano novo de sucesso === E o presidente da ACSP, Alencar Burti, fez um adendo para abrir uma nova oportunidade, “que essa porta se abra para a Facesp que está em 400 municípios para que o Sicredi tenha desenvolvimento necessário e ajuda-los. O interior é fundamental para nós. E tenho certeza que o Sicredi vai fazer um valor maior para todos eles”. Em seguida, o presidente da ACSP e do Sicredi assinaram o acordo, com aval dos vice-presidentes João Bico de Sousa e outra testemunha.  E ainda com poses para fotos e  depoimentos da plateia sobre o acordo com o Sicredi e a sua importância do ato. O vice-presidente João Bico também falou da importância do acordo e das cooperativas de crédito. Encerrada a cerimônia e a diretoria da ACSP com os convidados dirigiram-se ao Pateo do Collegio para a continuidade das solenidades do dia.

 

Sobre a ACSP: A Associação Comercial de São Paulo (ACSP), em seus 124 anos de história (07/12/1894), é considerada a voz do empreendedor paulistano. A instituição atua diretamente na defesa da livre iniciativa e, ao longo de sua trajetória, esteve sempre ao lado da pequena e média empresa e dos profissionais liberais, contribuindo para o desenvolvimento do comércio, da indústria e da prestação de serviços. Além do seu prédio central, a ACSP dispõe de 15 sedes Distritais, que mantêm os associados informados sobre assuntos do seu interesse, promovem palestras e buscam soluções para os problemas de cada região: 1. Norte (Santana, Tucuruvi, Casa Verde, Jaçanã, Limão, Cachoeirinha, Tremembé, Mandaqui); 2. Nordeste (Vila Maria, Casa Verde, Limão, Tremembé); 3. Centro Sul (Vila Santa Catarina, Vila Mariana, Jabaquara, Saúde); 4. Ipiranga (Alto do Ipiranga, Saúde, Sacomã, Vila Carioca, Moinho Velho, Vila das Mercês, São João Clímaco, Parque Bristol)5. Sudeste (Vila Mariana, Santa Cruz, Chácara Inglesa, Bosque da Saúde, Moema, Paraíso, Vila Mariana, Ana Rosa, Aclimação, Vila Clementino, Chácara Klabin, Indianópolis, Saúde, Planalto Paulista, Vila Gumercindo, Bosque da Saúde, Mirandópolis, Jardim da Saúde, São Judas); 6. Sul (Santo Amaro, Alto da Boa Vista, Brooklin, Campo Belo, Campo Limpo, Capela do Socorro, Capão Redondo, Cidade Ademar, Cidade Dutra, Grajaú, Interlagos, Jardim São Luiz, Jurubatuba, MBoi Mirim, Parelheiros e Socorro); 7. Centro ( Sé, Bela Vista, Bixiga, Bom Retiro, Brás, Belém, Bresser, Barra Funda, Cambuci, Campos Elíseos, Consolação, Canindé, Glicério, Higienópolis, Liberdade, Luz, Marechal Deodoro, Pacaembu, Pari, Ponte Pequena, República, Santa Cecília, Santa Ifigênia, São Joaquim, Tiradentes, Vila Buarque e Vergueiro); 8. Leste (Mooca, Alto da Mooca, Água Rasa, Vila Oratório, Belém, Brás, Vila Prudente, São Lucas, Sapopemba); 9. Penha (Vila Beatriz, Jardim Paula, Chácara da Penha, Vila Centenário, Cangaíba, Vila Matilde, Arthur Alvim); 10. São Miguel Paulista (Ermelino Matarazzo, Guaianases, Cidade Tiradentes, Itaquera e parte de São Mateus); 11. Tatuapé (Vila Formosa, Carrão, Anália Franco, Vila Gomes Cardim, Chácara do Piqueri, Parque São Jorge, Vila Zilda, Vila Nova Manchester, Vila Antonieta, Vila Nova York, Vila Cruzeiro, Vila Guarani, Vila Alzira, Cidade IV Centenário, Jardim Egle, Sapopemba, Jardim Grimaldi, Cidade São Mateus, Aricanduva, Iguatemi, São Mateus, Barreira Grande); 12. Oeste (Pirituba, Parque São Domingos, Freguesia do Ó, Parada de Taipas, Parque Anhanguera, Jaraguá, Perus); ; 13. Lapa ( Alto da Lapa, Lapa de Baixo, Parque da Lapa, Água Branca, Pompeia, Perdizes, Barra Funda, Freguesia do Ó, Sumaré, Vila Anastácio, Vila Hamburguesa, Vila Leopoldina, Vila Romana, Siciliano, Bela Aliança, Jardim Humaitá, Parque Industrial Tomas Edson, Vila Anglo Brasileira, Vila Augusto, Vila Ipojuca, Vila Pompeia); 14. Pinheiros (Alto de Pinheiros, Jardins, Paulista, Paulistano, América, Europa, Vl Madalena, Vl Olimpia, Vl Funchal, Vl Nova Conceição, Boaçava, Itaim Bibi e Cerqueira Cesar);  e 15. Sudoeste (Butantã, Jaguaré, Morumbi, Raposo Tavares, Real Parque, Rio Pequeno, Vila Sônia).

Sobre o Sicredi ===  O Sicredi é uma instituição financeira cooperativa comprometida com o crescimento dos seus associados e com o desenvolvimento das regiões onde atua. O modelo de gestão valoriza a participação dos 3,9 milhões de associados, os quais exercem um papel de dono do negócio. Com presença nacional, o Sicredi está em 22 estados* e no Distrito Federal, com mais de 1.600 agências, e oferece mais de 300 produtos e serviços financeiros. Mais informações estão disponíveis em www.sicredi.com.br

 *Acre, Alagoas, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins.

Fundo Garantidor do Cooperativismo de Crédito  ===  O Fundo Garantidor do Cooperativismo de Crédito (FGCoop) dá respaldo aos associados do Sicredi ao garantir os depósitos das pessoas físicas e jurídicas integrantes do quadro social  das suas cooperativas em até R$ 250.000, por associado.  Além do FGCoop, as cooperativas filiadas ao Sicredi têm acesso ao sistema de garantia solidária do Sistema, que está alicerçado em cinco pilares: estrutura estatutária, políticas operacionais e procedimentos padronizados, governança corporativa, gestão  centralizada dos recursos e fundos garantidores.


Ver mais fotos da solenidade e dos bastidores no link a seguir: clique aqui.


.

 

 

Institucional Trevo

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu nome agora