da Redação DiárioZonaNorte

Os bons amigos com a conveniência de excelentes negócios permanecem por muitos anos – até a possibilidade de ir à eternidade. Lá se vão quase 8 anos que a Federação das Empresas de Transporte de Cargas do Estado de São Paulo  (FETCESP) —  e todos os sindicatos que faziam parte da representação paulista patronal do transporte —  criou o Sicredi-Fetcoop, a primeira cooperativa de crédito do setor. Era 8 de fevereiro de 2011. O Sicredi já era,  naquela época, a terceira maior instituição financeira privada do Brasil.

E já se notava um fator importante de mercado com o nome Sicredi. Naquele oportunidade, o trecho do discurso no evento de lançamento:  “Nosso setor chega a uma grande realização, pois com esta cooperativa poderemos propiciar às empresas produtos financeiros e taxas de juros diferenciadas do mercado. O transporte de cargas é uma atividade que sofre com a falta de incentivos e nosso trabalho é para fortalecer a atividade e dar opções de crescimento para as transportadoras”, assinalou o presidente do SETCESP, Francisco Pelúcio, que também  se tornou o  primeiro presidente do Sicredi-FETCOOP.

Passado todo esse tempo, o Sicredi Vale do Piquiri Abcd PR-SP dá uma volta na história com o FETCOOP  e realizou nesta 3ª feira (11/12/2018) a reinauguração do novo espaço moderno, que se deslocou do primeiro andar e se alojou no térreo do prédio-sede do SETCESP, na Vila Maria. Hoje em um ritmo mais seguro na economia e com grandes perspectivas de atuação, o Sicredi-FETCOOP marca o crescimento do cooperativismo financeiro no Brasil.

A abertura do evento === Na presença de empresários, representantes de entidades e colaboradores, o gerente de Marketing e Comunicação do Sicredi, Daniel Barbuglio, se posicionou como mestre de cerimônia e lembrou na abertura do evento: “há 8 anos, 27 empresários da FETCESP e SETCESP se uniram para formar o Sicredi-Fetcoop e oferecer aos empresários do segmento transportes, uma vida financeira mais justa e equilibrada. Em 2015, a Fetcoop se une ao Sicredi Vale do Piquiri, fortalecendo a cooperativa  e se tornando uma cooperativa de livre adesão e contribuindo com o desenvolvimento de pessoas, empresas e entidades organizacionais aqui da região”.

As autoridades === Em seguida, convidou o presidente do Sicredi Vale do Piquiri Abcd PR-SP, Jaime Basso, e a gerente do novo Espaço Sicredi-Fetcoop, Waléria Ianguas, para recepcionar as demais autoridades e convidados especiais: Moacir Niehues (diretor-executivo do Sicredi); César Garbus (Conselheiro da Administração do Sicredi); Francisco Pelúcio (diretor financeiro NTC, ex-presidente Fetcoop, sócio fundador e associado nº 01 da cooperativa); Tayguara Helou (presidente do Setcesp-Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas de SP e região); Flávio Benatti (presidente do FETCESP-Federação das Empresas de Transportes de Cargas do Estado de São Paulo); Manoel Souza Lima Jr. ( ex-presidente do Setcesp e sócio fundador do Sicredi-Fetcoop); José Maria Gomes ( presidente da Associação  Brasileira de Transporte e Logística de Produtos – ABTLP e delegado do Sicredi-Fetcoop), Adriano Lima Depentor (ex-vice presidente e sócio fundador do Sicredi-Fetcoop e associado nº 04); Marcos Aurélio Ribeiro (sócio fundador e delegado Sicredi Fetcoop); Américo Utumi (Assessor Especial da Organização das Cooperativas do Estado de São Paulo-OCESP); João Augusto Rocha (diretor de Negócios do Sicredi); e Diego Schanoski (gerente regional de Desenvolvimento de São Paulo do Sicredi).

A equipe do novo espaço Sicredi === Todos à frente, a gerente do Espaço Sicredi-Fetcoop, Waléria  Ianguas, foi convidada para abrir o evento. Nitidamente emocionada pelo momento, mas com a transparência de sua simpatia, ela demonstrou a expectativa para a reinauguração. “A nova agencia ficou linda. Tanta correira, mas valeu a pena. Era importante essa reforma e hoje temos uma agência moderna para dar continuidade ao atendimento para o segmento de transporte, entidades, condomínio e aos funcionários”, declarou. Logo em seguida, Waléria apresentou sua equipe: Elton dos Reis Campos (gerente Pessoa Jurídica);  Janaína de Sousa Lima (auxiliar a administrativo);  Danielle Luz Ribeiro (gerente Pessoa Física); Dine Antunes Nogueira  (gerente Pessoa Física); Aline Silva de Brito (gerente administrativo-financeiro); e Erick Fernandes Matos (gerente Pessoa Jurídica). Depois nos bastidores, a gerente acrescentou que “era necessário essa mudança pelo pouco espaço que tínhamos para recepcionar os nossos associados e apresentar novas oportunidades de negócios”.

O presente do novo espaço === “Estamos de casa nova e de roupa nova. E com energias renovadas para acelerarmos ainda mais o atendimento às demandas dos empresários do setor. Um momento muito importante que o nosso país vive, da possível retomada do crescimento econômico. Com isto, o importante setor dos transportes terá o seu justo crescimento e estaremos preparados para atendê-los com os nossos mais de 300 serviços”, enfatizou em sua fala o diretor-executivo do Sicredi, Moacir Niehues. E o microfone foi passado ao sócio fundador e associado nº 01 da cooperativa, Francisco Pelúcio – diretor financeiro NTC e ex-presidente da Fetcoop –, que lembrou que “há 20 anos era a ideia e a vontade de ter uma cooperativa de crédito no prédio  e conseguiram atingir”. E acrescentou a ortunidade de estar em um novo espaço moderno e

agradeu “esse presente aqui”.

Votos de confiança na economia === Em seguida, fêz uso da palavra o presidente do Setcesp-Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas de SP e região, Tayguara Helou. Ele fez os agradecimentos e comparou as entidades de transportes no mesmo caminho do associativismo,  de cooperação um com o outro, buscando o melhor para o setor. “É o que acontece com a cooperativa de crédito para construir um sistema melhor para todos para que possamos construir uma economia brasileira mais eficiente, o pais crescer e a nossa sociedade se destacar a nível mundial”, fechou sua fala.Já o presidente do FETCESP-Federação das Empresas de Transportes de Cargas do Estado de São Paulo, Flávio Benatti, trouxe elogios ao trabalho do Sicredi. “Era um grande sonho ter uma cooperativa e fizemos um grande acerto na viabilização do projeto tendo o Sicredi como parceiro”. Ele lembrou que o Sicredi oferece um atendimento diferenciado e com muitas gentilezas. “O cooperativismo não tem mais volta e uma nova forma de se fazer negócios”, dizendo da felicidade de estar em novo espaço com a infraestrutura do Sicredi. “E assim todos cresceremos e o Sicredi crescerá junto”, ainda usou a frase final na confiança de um novo ano e uma nova economia no país.

 

Tudo pelo cooperativismo === José Maria Gomes, o presidente da Associação  Brasileira de Transporte e Logística de Produtos – ABTLP e delegado do Sicredi-Fetcoop, disse que “não participou do sonho e já entrou na realidade do cooperativismo”. Ele elogiou a seriedade e o trabalho do Sicredi, destacando que “o aprendizado com o cooperativismo é muito importante e deve ser exemplo para o setor do transporte”. Fez referências à cidade de Palotina, onde tudo começou, onde todos trabalham para o bem do cooperativismo e “com o espírito de agregar”.

Os obstáculos ultrapassados === O experiente e profundo conhecedor do cooperativismo, Américo Utumi, representando a Organização das Cooperativas do Estado de São Paulo-OCESP), foi mais uma vez uma aula sobre cooperativismo. Ele lembrou a época que o governo proibia as cooperativas de crédito. Havia a cooperativa de crédito rural – que o governo não tinha condições – e o financeiro que era de grupo fechado em empresas, muito restrito. Utumi disse que em 1966 eram 170 cooperativas e que sobraram 12 que entraram com mandado de segurança para operarem. Somente em 1995 o Banco Central autorizou as cooperativas mas com parceria do Banco do Brasil. Ele mostrou a importância do cooperativismo de crédito nos Estados Unidos, que em 2008 os bancos estavam quebrando o povo entrando nas cooperativas por segurança, “elas não podem quebrar, tem maior segurança, não podem correr risco”. No Brasil, é ainda nova e a instituição que mais cresce e será mais importante para o país. A cooperativa de crédito, segundo ele, é diferente. “Na contramão da história, os bancos estão fechando agências e as cooperativas estão abrindo, em expansão”, segundo Utumi são os comentários no mercado. Ele lembrou que chegou a ver nos Estados Unidos uma grande faixa em frente uma agência de cooperativa: “Neste banco nós confiamos porque nele somos os donos!”. E naquele país são 80 milhões de associados, ou seja, um terço da população americana, lembrou. A razão, segundo Utumi, é que os juros e os serviços são mais baratos com atendimento diferenciado. Ele acrescentou que hoje no Brasil são 5 milhões de associados, mas logo estaremos atingindo 7 milhões e depois 10 milhões. “E vai ajuda muito o nosso país”. E finalizou: “O cooperativismo é como o amor, nasce no coração das pessoas”… e foi muito aplaudido.

“Fazemos a diferença” === E para fechar o evento de reinauguração do novo Espaço Sicredi-Fetcoop, ao microfone o presidente do Sicredi Vale do Piquiri Abcd PR-SP, Jaime Basso, que fez os agradecimentos, “somos nós que temos que agradecer aos associados pela oportunidade de estarmos aqui”. Falou do fortalecimento das cooperativas e contribuir para o desenvolvimento para todos, com referências ao setor dos transportes – que mais sofreu com os últimos tempos da economia do país. Basso referiu-se ao nosso espaço com novo ambiente, mais aberto e com menos burocracia. Lembrou também que o Sicredi estará fechando o ano com 70 agências, sendo 20 delas abertas em São Paulo junto com o ABC. E citou a parceria com a Associação Comercial de São Paulo (ACSP) que terá os espaços Sicredi em suas 15 Distritais na cidade. Acabou de ser inaugurada a 14ª agencia no Tatuapé e na semana que vem a 15ª na Lapa. Com isto, demonstra que o cooperativismo está dando certo a passos largos e fazem a diferença. No país são 1.600 agencias o que significa um maior relacionamento com mais crédito. O setor de associados nas cooperativas cresceu mais de 40 por cento, o que demonstra que o setor bancário está perdendo suas vantagens. Falou também do novo espaço inaugurado, necessário para atender bem a todos. “Assim é que a gente faz a diferença”, acrescentou. No agradecimento final, “todos aqui presentes tem uma contribuição com o cooperativismo”.

E o passo final da cerimônia com a entrega simbólica da chave da agência à gerente Waléria Ianguas, das mãos do presidente Jaime Basso e que teve, em seguida, a participação de todos. Registros em fotos e mais as taças com champanhe para comemorações  — junto ao excelente buffet oferecido a todos.


Assista a íntegra do evento no vídeo postado “Em Tempo Real” na fanpage do DiárioZonaNorte clique aqui.


Sobre o Fetcesp ==== Fundado em 1936, o SETCESP é o resultado da união de empresários do Transporte Rodoviário de Cargas atuantes na rota entre São Paulo e Santos, que necessitavam de uma entidade que fosse intérprete central da luta pelos direitos do segmento.  Hoje, o segundo sindicato de transportes rodoviários de cargas mais antigo do País é dono de uma prolífera história com grandes conquistas, alcançando, com o passar dos anos, abrangência ímpar e credibilidade reconhecida por transportadores, órgãos correlacionados e representantes da esfera política.  Sempre atualizado nas constantes demandas do TRC, o SETCESP vem sendo crucial e atuante para o desenvolvimento da categoria, não apenas da região que representa, mas sim para todo o Brasil.  Para isso, o Sindicato dá total apoio às empresas com informações, consultas, palestras, consultoria jurídica, entre outros serviços.


Sobre o Sicredi ==== É uma instituição financeira cooperativa comprometida com o crescimento dos seus associados e com o desenvolvimento das regiões onde atua. O modelo de gestão valoriza a participação dos 3,9 milhões de associados, os quais exercem um papel de dono do negócio. Com presença nacional, o Sicredi está em 22 estados* e no Distrito Federal, com mais de 1.600 agências, e oferece mais de 300 produtos e serviços financeiros. Mais informações estão disponíveis em www.sicredi.com.br


Fundo Garantidor do Cooperativismo de Crédito  ===  O Fundo Garantidor do Cooperativismo de Crédito (FGCoop) dá respaldo aos associados do Sicredi ao garantir os depósitos das pessoas físicas e jurídicas integrantes do quadro social  das suas cooperativas em até R$ 250.000, por associado.  Além do FGCoop, as cooperativas filiadas ao Sicredi têm acesso ao sistema de garantia solidária do Sistema, que está alicerçado em cinco pilares: estrutura estatutária, políticas operacionais e procedimentos padronizados, governança corporativa, gestão  centralizada dos recursos e fundos garantidores.


Sicredi FETCOOP – Vila Maria: 

Rua  Orlando Monteiro, 21 – Térreo – Vila Maria –  Fone: (11) 2632-1004 

Sicredi / SP – Zona Norte/SP – Mooca – Tatuapé – Av.Paulista:

  • Agência Vila Maria– Avenida Guilherme Cotching, 985 – Fone: 2930.8250
  • Agência Vila Maria/Setcesp – Rua Orlando Monteiro, 01 – Fone: 2632.1004
  • Agência Santana – Rua Voluntários da Pátria, 1.540 – Fone: 2984.2900
  • Agência Mooca –  Paes de Barros, 1845 – Fone: 2021.2147
  • Agência Tatuapé– Pça Sílvio Romero, 66  – Tatuapé – Fone: (11) 2890-4600
  • Agência Av. Paulista– Paulista, 923 (frente à Fundação C. Líbero) –  Fone: 3053-4200

Mais informações: www.sicredi.com.br

Ver mais fotos da solenidade e dos bastidores no link a seguir: clique aqui.

 

 

Institucional Trevo

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu nome agora