A advertência está por todos os lados, principalmente pela Prefeitura e Governo de São Paulo: não saia de casa sem a máscara, lave as mãos, use álcool em gel e evite aglomerações. Isto é válido para todos! Mas muitos não estão obedecendo.

A Redação do DiárioZonaNorte recebeu mensagens de leitores, em sua maioria associados do Clube Esperia — que está localizado na entrada de Santana, junto à Ponte das Bandeiras e da Praça Campo de Bagatelle, ao lado do Parque Anhembi – que não está cumprindo as normas de saúde e segurança na pandemia do Coronavirus/Covid-19.

Esses leitores preferem o anonimato por serem também associados do clube e, segundo eles, “o Esperia está realizando diversas festas (rave, samba, sertanejo e outros), em plena pandemia, com mais de 300 convidados, associados ou  aberto ao público externo”.

Citam ainda que no final da semana passada (12 e 13set2020) aconteceram as festas no Boteco Floresta (dentro do clube), “que no convite ainda colocaram o desenho do vírus para ilustrar, mostrando uma completa falta de respeito”.

No próximo domingo (20set2020) está prevista outra festa rave que promete carregar entre 300 e 500 pessoas — que já está sendo anunciada nas midias sociais – veja aqui

Os leitores-associados informam que o assunto foi levado à Diretoria e também à Ouvidoria do Clube Esperia, e que nada foi respondido a respeito.

O DiárioZonaNorte procurou a Promenade Assessoria de Imprensa, que responde pelo Clube Esperia junto à Imprensa, que encaminhou o seguinte comunicado, que publicamos na íntegra:

“Nota à imprensa

Em virtude dos fatos envolvendo nosso concessionário “Boteco Floresta”, especialmente o evento chamado “Rave do Floresta”, esclarecemos:

1- A direção do Clube Esperia não foi informada sobre a realização deste evento, obrigação legal do concessionário responsável, que de forma inadvertida divulgou em suas redes sociais o citado evento.

2- Em nenhuma hipótese o Clube Esperia permitirá a realização do evento citado, enquanto perdurarem as medidas de restrição impostas pela pandemia COVID-19.

3- Em contato com o concessionário, foi solicitado a retirada imediata de suas redes sociais, pois o evento não estava autorizado pelo Clube Esperia.

4- O Clube Esperia vem adotando com extrema rigidez todas as normas sanitárias e observando todos os protocolos legais para manter a higidez de seus associados, colaboradores e funcionários.

Colocamo-nos à inteira disposição para quaisquer esclarecimentos.”

SP, 16 de setembro de 2020

Diretoria – Clube Esperia


dzn