Início Cultura Farol Santander SP reabre com melhorias no prédio e nova programação cultural

Farol Santander SP reabre com melhorias no prédio e nova programação cultural

Farol Santander, centro de cultura, empreendedorismo, lazer, moda e gastronomia de São Paulo, retoma suas atividades com novidades na estrutura do prédio e na sua programação cultural, em linha com o anúncio do governo estadual da entrada da capital na Fase Verde do plano de flexibilização econômica.

A partir desta 6a. feira (16out2020), das 13h às 19h, visitantes locais e turistas encontrarão um Farol com a fachada restaurada, tal como era em 1947, galerias de exposições reformadas, além da limpeza do icônico lustre de 13 metros de altura e 1,5 tonelada do hall de entrada.

Restauro simbólico

“Após a adequação das nossas instalações e de restauro do simbólico prédio, estamos prontos para voltar a proporcionar, com toda a segurança, as experiências imersivas que consolidaram o Farol como destino obrigatório para paulistanos e turistas que amam a arte e que querem conhecer melhor a história de uma das maiores metrópoles do mundo”, afirma Patricia Audi, vice-presidente Executiva de Comunicação, Marketing, Relações Institucionais e Sustentabilidade do Santander Brasil.

Nos cerca de 21,32 mil metros quadrados totais de fachada (tombada pelo Condephaat – Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico), foram restauradas 46.975.650 pastilhas e 850 esquadrias. E as 9.987 peças de cristal do lustre do hall de entrada foram limpas, uma a uma.

Programação cultural

Com relação à sua programação cultural, o Farol Santander São Paulo ganhou dois espaços (nos acessos entre os 23º e 24º andares e os 25º e 26º andares) com pinturas realizadas pela artista plástica paulista Raquel Gorzalka, para que os visitantes possam interagir e tirar fotos.

As paredes trazem imagens do próprio prédio do Farol e reproduções de obras e monumentos famosos da cidade, como o monumento “Mão”, erguido por Oscar Niemeyer no Memorial da América Latina; as lanternas japonesas do bairro da Liberdade; a ponte estaiada Octávio Frias de Oliveira; o Museu de Arte de São Paulo (MASP); o edifício COPAN, entre outros, além de guarda-chuvas que remetem à famosa expressão “terra da garoa”, pela qual a cidade é conhecida.

Já no piso, o visitante encontra adesivos com as mais diversas frases como “Venha para DiverCIDADE SP” e “Mais Amor em São Paulo Por Favor”.

Revoada

Além das novas atrações nos andares, a artista paulistana Flávia Junqueira, jovem e expoente no panorama da arte contemporânea brasileira, apresenta a exposição “Revoada”, uma obra inédita no 24º andar e que também ocupará o hall de entrada.

A instalação no espaço de entrada do Farol consiste em uma cenografia lúdica e imersiva, com balões de vidro coloridos suspensos a partir do teto.

No 24° andar, todo o espaço foi coberto por paredes e teto que refletem os balões de festa que ficam espalhados por todo o local. Há também cavalos de carrossel que criam ambientes interativos e de vivências lúdicas.

Devaneios

E a mostra “Devaneios – Os Mundos de JeeYoung Lee”, com trabalhos da artista sul-coreana JeeYoung Lee e direção artística de Facundo Guerra, que começou em 14 de fevereiro, continuará aberta a visitações até 15 de novembro.

Apresentada pelo Ministério da Cidadania e pelo Santander, via Lei de Incentivo à Cultura, a exposição inédita no Brasil apresenta as instalações The Panic Room (O Quarto do Pânico) e My Chemical Romance (Meu Romance Químico) ocupando o 22º andar do edifício.

Protocolos de segurança e saúde

Para zelar pela segurança e saúde de seu público e funcionários, haverá medição de temperatura e tapetes sanitizantes e secantes para ingresso no prédio; será obrigatório o uso de máscaras; dispensers de álcool em gel estarão disponíveis em todos os andares do edifício e o ambiente também contará com sinalizações para que todos respeitem o distanciamento de 1,5 metro.

O Farol ainda reforçou o serviço de limpeza e higienização de todo o prédio.

“O acesso à cultura é uma necessidade básica, mas só poderíamos reabrir o Farol Santander quando tivéssemos certeza que a saúde de nossos visitantes e funcionários seria preservada”, ressalta Patricia.

Seguindo as orientações das autoridades públicas para a reabertura, o Farol funcionará em horário reduzido – das 13h às 19h, de terça a domingo -, com ocupação máxima de 60% da capacidade total do prédio.

Sobre o Farol Santander São Paulo

Desde sua inauguração, em janeiro de 2018, o Farol Santander já recebeu mais de 750 mil pessoas, com 15 exposições nos eixos temáticos e imersivo.

As atrações do Farol Santander ocupam 18 andares dos 35 do edifício de 161 metros de altura que, por um longo período, foi a maior estrutura de concreto armado da América do Sul.

Do 2º ao 5º andar os visitantes podem conhecer a história do prédio e da própria cidade, no espaço Memória que tem com mobiliários originais feitos pelo Liceu de Arte e Ofícios em salas de reuniões e presidência.

No 4º andar, uma instalação permanente e exclusiva do Farol SantanderVista 360º, desenvolvida pelo renomado artista brasileiro Vik Muniz.

As visitas começam pelo hall do térreo e seguem até o mirante do 26º andar que, após a revitalização, ganhou uma unidade do Suplicy Cafés.

No subsolo do edifício, está instalado o Bar do Cofre SubAstor, que tem previsão de reabertura em novembro, onde funcionava o cofre do Banco do Estado de São Paulo, desde 1947 (tombado pelo Patrimônio Histórico).

O bar é ambientado com as características da época e pitadas contemporâneas em design e mobiliários, com cartas de drinks especiais, além de comidinhas.

Serviço:

  • Farol Santander São Paulo
  • Onde: Rua João Brícola, 24 – Centro (estação São Bento – linha 1, azul do metrô)
  • Site Farol Santanderfarolsantander.com.br
  • Funcionamento: terça a domingo
  • Horários: 13h às 19h (terça a domingo)
  • Ingressos: R$ 25,00 (visitação completa ao Farol Santander) site e bilheteria física no local.
  • Crianças de até 2 anos e 11 meses não pagam ingresso. A partir dos 3 anos,       pagam meia entrada e, a partir dos 12 anos, é necessária a apresentação de RG e carteirinha de estudante para o pagamento da meia.

Classificação: Livre

  • Tempo máximo de visitação ao prédio: 1h45
  • Monitoria no andar
  • Instalações acessíveis para cadeirantes
  • Brigada de incêndio e Seguranças: Efetivo total de 60 pessoas
  • Banheiros: 2 por andar – 1 masculino e 1 feminino (4º, 8º, 21º, 22º, 23º, 24º e no      26º andar)
  • Acessibilidade: Banheiros e elevadores adaptados, rampas de acesso
  • Saídas de emergência

d

<Com apoio de informações/fonte: Marra Comunicação>