A nova campanha global da Burger King promove a promessa da empresa em eliminar todos os conservantes artificiais de  seus produtos.

A campanha  “Moldy Whopper” foi criada por três agências de publicidade: a sueca Ingo (pertencente a uma parceria entre Ogilvy e Grey),  David (da Ogilvy) e Publicis.

Tudo Passará

Nas peças, a Burger King mostra um Whopper ao longo de 34 dias, sendo consumido pelo tempo, apodrecendo e mofado, ao som da canção “What a Difference a Day Makes” (em português algo como “que diferença faz um dia”), nas vozes das cantoras Aretha Franklin e Dinah Washington.

A versão brasileira estreiou em 17 de setembro de 2020, com adaptação da  David São Paulo e utiliza a trilha recriada do cantor Nelson Ned: “Tudo Passará”.

O filme e as peças publicitárias tem o  slogan “a beleza de nenhum conservante artificial”.

Rivalidade 

Para a diversão do público, a campanha alfineta o McDonald’s  – o principal concorrente da marca.

Os mais atentos percebem que o comercial faz referências ao premiado documentário Super Size Me, de 2004. Nele, o diretor Morgan Spurlock faz uma experiência e  coloca dois hambúrgueres com fritas lado a lado – um é de  uma lanchonete local e outro do McDonald’s,  para observar o processo de decomposição de cada um.

Após dez semanas, os produtos do McDonald’s ainda tinham uma aparência normal.

A mesma experiência foi repetida, desta vez com o Mc Lanche Feliz, por uma nutricionista nos Estados Unidos.  Avó de oito netos, ela  fotografou, com o intervalo de 12 meses, o lanche e praticamente não houve alterações.   O experimento de    Joann Bruso  foi publicado no jornal inglês   Maill      – veja aqui.

Sem conservantes e só em alguns restaurantes

O processo de adaptação do sanduíche para a forma sem conservantes  durou dois anos de pesquisas e adequações até a definição dos fornecedores  para pão e  para condimentos.

O Whopper sem aditivos já pode ser encontrado em alguns restaurantes de São Paulo, e deve chegar aos outros estados do país em 2021.

O Burger King  também afirma que mais de 70% de todos os ingredientes dos alimentos que comercializa são livres de corantes e aromatizantes artificiais e que, além disso, eliminou o xarope de milho de todos os itens do cardápio. A meta é chegar em breve, aos 100%.

d