da Redação DiárioZonaNorte  ==

O programa Metrópole em Foco, veiculado pela Rádio Trianon 470 AM (*),  recebeu Jaime Basso – presidente do Sicredi Vale do Piquiri ABCD PR/SP, para falar sobre cooperativismo financeiro.  A entrevista, que foi ao ar na 6ª feira (26/10/2018),  foi conduzida pelo apresentado pelo jornalista Pedro Nastri, com produção de Duda Júnior e contou com a participação da equipe do DiárioZonaNorte.

O Sicredi é uma instituição financeira cooperativa que oferece mais de 300 produtos e serviços financeiros para pessoas físicas, jurídicas e para o agronegócio.  Com presença nacional, o Sicredi está em 22 estados e no Distrito Federal, com 1.500 agências.

A origem  ==   O cooperativismo de crédito é antigo e tem origem na Alemanha, quando em 1862, Friedrich Wilhelm Raiffeisen constituiu as chamadas “ loan societies”  (sociedades de empréstimo).  No Brasil, coube ao Padre Jesuíta Theodor Amstadt – inspirado na experiência alemã –  implantar  o sistema no ano de  1902 em Linha Imperial no distrito de Nova Petrópolis (RS), a 1ª Cooperativa de Crédito da América Latina denominada “Caixa de Economia e Empréstimos Amstadt”, que deu origem a  SICREDI Pioneira RS.

O associado é o dono do negócio ===  De acordo com Jaime Basso,  ao contrário de uma instituição financeira convencional  – cujo o lucro de seus acionistas é a finalidade principal, o Sicredi é comprometido com o crescimento dos seus associados e com o desenvolvimento das regiões onde atua, revertendo os resultados da instituição para a região. Isto reflete diretamente no crescimento da cidade e na qualidade de  vida de sua população.

Jaime Basso contou aos ouvintes que o modelo de gestão adotado pelo Sicredi valoriza a participação dos 3,7 milhões de associados, os quais exercem um papel de dono do negócio.  Em 2017, a instituição  alcançou um resultado líquido de R$ 2,35 bilhões e registrou 20% de crescimento. Os ativos totais chegaram a R$ 77,3 bilhões e apresentaram um crescimento de  17,3%, se comparados ao ano de 2016.

Sicredi em números == Os  depósitos totais na instituição  cresceram 17,5%, com volume de R$ 50,4 bilhões. A poupança foi a categoria que apresentou o melhor desempenho, com aumento de 39,4%, alcançando R$ 9,59 bilhões de carteira. Na sequência, estão os “depósitos à vista”, com incremento de 23,9%, totalizando R$ 7,16 bilhões.

Houve um aumento de 21,1% na carteira de crédito na comparação com o mesmo período no ano anterior, totalizando  R$ 43,9 bilhões no final de dezembro de 2017. Desse total, R$ 25,2 bilhões foram destinados para o crédito geral, enquanto o crédito rural recebeu R$ 18,7 bilhões. A taxa de inadimplência fechou 2017 com 1,74%, apresentando decréscimo de 0,64 pontos percentuais na comparação com dezembro de 2016

Fundo Garantidor do Cooperativismo de Crédito  ===  Jaime Basso lembrou que os associados do Sicredi são respaldados pelo Fundo Garantidor do Cooperativismo de Crédito (FGCoop), que garante os depósitos das pessoas físicas e jurídicas integrantes do quadro social em até R$250 mil, por associado.  Além do FGCoop, as cooperativas filiadas ao Sicredi  têm acesso ao sistema de garantia solidária do Sistema, que está alicerçado em cinco pilares: estrutura estatutária, políticas operacionais e procedimentos padronizados, governança corporativa, gestão  centralizada dos recursos e fundos garantidores.

Ambiente digital  ===   Antigo não é sinônimo de ultrapassado. Hoje, o Cooperativismo Financeiro é mais moderno do que nunca e se utiliza de ferramentas tecnológicas para continuar se desenvolvendo, como a conta digital Woop Sicredi, que oferece  uma solução financeira cooperativa no ambiente digital para um público conectado e jovem de espírito, que procura resolver suas necessidades financeiras virtualmente.   O nome Woop vem de uma interjeição formada por meio da combinação de “wow” e “coop”.  O Woop Sicredi  é baseado no conceito de autosserviço e conta com diversos canais de atendimento digital como chat; videochamada; e-mail; redes sociais; FAQ, entre outros.

Para baixar o Woop Sicredi, é só acessar as lojas de aplicativos dos sistemas Android e iOS ou o endereço www.woopsicredi.com

Programas Sociais  ===   O Programa “A União Faz a Vida” (PUFV) é a principal iniciativa de responsabilidade social do Sicredi e tem como objetivo  promover a cooperação e a cidadania por meio de práticas de educação cooperativa, contribuindo com a educação integral de crianças e adolescentes. Agrega valor para a comunidade, pois abordam temas relevantes como meio ambiente, saúde, cultura e esporte —  o que vem ao encontro da melhoria da qualidade de vida das pessoas, onde o Programa é desenvolvido.  No ano de 2017, o programa esteve presente em 292 municípios, envolvendo  1.485 escolas,  ao lado de  21.940 educadores e  229.780 crianças e adolescentes.  Os recursos são provenientes do Fundo de Assistência Técnica Educacional e Social (Fates), de parceiros, apoiadores empresariais e individuais, bem como de doações das empresas do Sistema.

Já o programa “Crescer”, proporcionou a formação de associados em cooperativismo, permitindo uma renovação na base de lideranças, com novos Delegados de Núcleo e suplentes.  No ano de 2017, 659 associados foram capacitados.  Também foram desenvolvidas iniciativas para atrair jovens e mulheres para o cooperativismo, como o “Comitê Jovem” e o “Comitê Mulher”.

Turma da Mônica  ==   O presidente Jaime Basso falou aos ouvintes do Metrópole em Foco  sobre a falta de educação financeira entre os brasileiros.  Nas escolas, o assunto é pouco debatido e a situação não é diferente no ambiente familiar ou empresarial. Por outro lado,  quanto mais cedo se fala de dinheiro, mais chances os cidadãos têm de desenvolver consciência em relação aos seus hábitos de consumo.  O Sicredi lançou, em parceria com a Mauricio de Sousa Produções (MSP), uma série especial de revistas em quadrinhos da Turma da Mônica com a temática “educação financeira para crianças”.

No total, serão seis edições, baseadas no conteúdo do Caderno de Educação Financeira e Gestão de Finanças Pessoais do Banco Central do Brasil: Nossa Relação com o Dinheiro; Orçamento Pessoal ou Familiar; Uso do Crédito e Administração das Dívidas; Consumo Planejado e Consciente; Poupança e Investimento; e Prevenção e Proteção. As primeiras três edições das histórias em quadrinhos circulam em 2018 e as outras três sairão em 2019.

Índice de Basileia ==   Em dezembro de 2017, o Índice de Basileia Aglutinado apresentado pelo Sicredi foi de 24,03%. O indicador, que é desconhecido por 99.9% dos brasileiros  é de suma importância para medir a saúde financeira de uma instituição.

O Índice de Basiléia (IB) foi criado em 1988 na Suíça, pelo Comitê de Supervisão Bancária da Basileia e  estabelece uma exigência mínima de capital para as instituições financeiras, válida internacionalmente, por meio de uma análise gerencial que compara o patrimônio de referência de todas as entidades do Sistema com os riscos de suas atividades.

De acordo com o IB, uma instituição bancária deve ter um índice mínimo recomendado  de 8%. No Brasil, o Banco Central adota o limite regulatório um pouco maior, de  11% para o capital total. De acordo com o  último Relatório de Estabilidade Financeira divulgado pelo Banco Central, pudemos ver que os bancos brasileiros têm um Índice de Basileia de 17,4%, em média.  O Sicredi  opera com 24,03% o que representa confortável situação patrimonial.

Prêmios ===  Nos últimos anos o Sicredi é presença constante em premiações e publicações financeiras como  Prêmio Melhores & Maiores da Revista Exame (Editora Abril), que o colocou em 46º posição como grupo financeiro entre as 200 instituições do mercado.  E assim foi uma sequência de outros reconhecimentos: Época Negócios 360 (Revista Época), Melhores Empresas para Trabalhar (Revista Você S/A), Valor Grandes Grupos (jornal Valor Econômico) e outras publicações. No âmbito de organismos do governo federal, com o Banco Central e Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico (BNDES).

Governança corporativa ==  Pioneiro e referência nacional e internacional pela organização em sistema, com padrão operacional e utilização de marca única, o Sicredi conta com 116 cooperativas de crédito filiadas, distribuídas em cinco centrais regionais – acionistas da Sicredi Participações S.A. –, uma Confederação, uma Fundação e um Banco Cooperativo, que controla uma Administradora de Bens, uma Corretora de Seguros, a Sicredi Cartões e uma Administradora de Consórcios.

Pelo quinto ano consecutivo, o Sicredi apresentou as Demonstrações Financeiras Combinadas, autorizadas em 2013 pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), verificadas e auditadas externamente. A análise do balanço combinado reitera o porte do Sistema. Trata-se de um modelo completo, no qual uma estrutura apoia a outra, exercendo funções específicas e complementares.

Números Gerais Sicredi  (fevereiro 2018):

3,7 milhões de associados
1.582 agências em 21 estados brasileiros
116 cooperativas de crédito
5 centrais
22,8 mil colaboradores em 1.214 cidades
Mais de 300 soluções financeiras
Modelo sustentável R$ 80,3 bilhões em ativos
R$ 13,1 bilhões em patrimônio líquido
R$ 51,3 bilhões em depósitos totais
R$ 45,3 bilhões em operações de crédito total
Resultado de R$ 367,9 milhões em 2018
Ratings da Fitch e da Moody’s atribuídos ao Banco Cooperativo
Em 201 cidades é a única instituição financeira cooperativa

Sicredi em São Paulo – Zona Norte/SP – Mooca – Av.Paulista:

  • Agência Vila Maria – Avenida Guilherme Cotching, 985 – Fone: 2930.8250
  • Agência Vila Maria/Setcesp: Rua Orlando Monteiro, 01 – Fone: 2632.1004
  • Agência Santana: Rua Voluntários da Pátria, 1.540 – Fone: 2984.2900
  • Agência Mooca: Av. Paes de Barros, 1845 – Fone: 2021.2147
  • Agência AvPaulista – Paulista, 923 (em frente à Fundação Cásper Líbero) –  Fone: 3053-4200

Mais informaçõeswww.sicredi.com.br


(*)  “Metrópole em Foco” — o melhor do jornalismo da cidade de São Paulo – Apresentação jornalista Pedro Nastri e Produção Duda Jr.  . Comentários dos jornalistas Chico Monteiro e Célio Egídio com jornalistas participantes de veículos regionais

Rádio Trianon AM 740 , de 2ª a 6ª feira, das 9:30 às 11:00 hs. Contato e perguntas pelo WhatsApp: 11-9.4939.1293Clique aqui para acompanhar o programa AO VIVO.


 

CN Institucional

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu nome agora