Início Destaque Nem entrou e já saiu. Novo subprefeito de Santana/Tucuruvi já foi exonerado

Nem entrou e já saiu. Novo subprefeito de Santana/Tucuruvi já foi exonerado

por DiárioZonaNorte
O novo subprefeito MILTON SÉRGIO JÚNIOR, nomeado no dia 16set2020 (4ª feira) para substituir Pedro Nepomuceno de Sousa Filho – que era meio sumido na região — não teve nem tempo de “esquentar” a cadeira no gabinete. Já não se sabia quem era e agora muito menos.
Já foi exonerado um dia após: o Diário Oficial da Cidade publica nesta 6ª feira (18set) a Portaria 983, onde o prefeito Bruno Covas declara INSUBSISTENTE – ou seja, CANCELA — a nomeação do subprefeito na vaga 14055 — sem citar nome e cargo – ou seja, faz a mudança para esconder o erro da nomeação sem checar o passado.(*)
O motivo foi o envolvimento de MILTON SÉRGIO JÚNIOR no processo que tramitou no Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo por uma “ação civil de improbidade administrativa”, movida pelo Ministério Público do Estado de São Paulo. Esse processo envolvia a ex-vereadora Miriam Athiê, sendo Milton Sérgio Júnior seu “Chefe de Gabinete”, na época.
O assunto foi levantado pelo site “O Antagonista”. Mais detalhes e a íntegra do processo – clique: https://is.gd/3uBwa5 .
É de se notar que a Prefeitura de São Paulo tem o Conselho Municipal de Administração Pública – COMAP, que fez “vistas grossas” ou “mostrou incompetência” na liberação do nome, já que se reúne duas vezes por semana para pesquisar e avaliar os nomes de indicados a qualquer cargo dentro do serviço público municipal.
É de se estranhar que um caso como “improbidade administrativa” não tenha chamado atenção. Muito estranho e preocupante!
Agora é esperar uma nova indicação de Subprefeito de Santana/Tucuruvi/Mandaqui por parte de algum interesse politico, vereador ou apoio às eleições. Enquanto isto, o Chefe de Gabinete da Subprefeitura, ROBSON JORGE EUGÊNIO PASSOS, que está no cargo deste 08jun2020, responde interinamento pelo funcionamento da subprefeitura – apesar de seu nome não ter sido declarado oficialmente no Diário Oficial da Cidade para substituição do titular – e que fica à esperar se continua ou será exonerado.
Nota da Redação: Solicitamos um perfil de MILTON SÉRGIO JÚNIOR à Secretaria Especial de Comunicação – SECOM da Prefeitura de São Paulo, que levou mais de 24 horas para responder, ainda por meio da Assessoria de Comunicação da Secretaria Municipal das Sibprefeituras, com a seguinte informação: ” Milton Sérgio Junior tem formações em marketing, técnico e edificações e técnico em transações imobiliárias e é funcionário público concursado desde 1978, ocupando cargos diversos como Chefe Fiscalização do Patrimônio da Prefeitura, Chefe de Gabinete na Câmara Municipal, entre outros“. Nota-se o “vazio” nas informações, a demora e a ineficiência para informar o ato da nomeação — como era antigamente ou em outras gestões, que havia um texto até com fotos do indicado.

d