da Redação DiárioZonaNorte

A premiação do Guia Comer & Beber da Revista Veja São Paulo confirmou pela segunda vez em novembro de 2020 o que o mercado cervejeiro já sabe há pouco mais de dois anos:  o melhor chope de São Paulo é da Cervejaria Tarantino.

Negócio ousado

Um enorme galpão na Rua Miguel Nelson Bechara, no Bairro do Limão – na Zona Norte, abriga a Cervejaria Tarantino, hoje a única e maior fábrica de cerveja instalada na zona urbana da cidade de São Paulo.

Fundada em setembro de 2018, pelos sócios Gilberto Tarantino, Luciano Consentino e Isaac Deutsch, a Tarantino tem um objetivo nobre: ajudar a transformar o Brasil de um bom consumidor de cerveja para um país que consome cerveja boa.

Instalar uma cervejaria na quarta maior cidade do mundo é uma tarefa ousada e requer paciência. As regras de zoneamento são restritas, as licenças municipais, estaduais e ambientais são difíceis e demoram muito para  serem aprovadas e emitidas, muitas vezes inviabilizando qualquer negócio.

Em 130 anos, São Paulo teve apenas duas cervejarias com todas as licenças para fabricar, envasar e distribuir cervejas: a Antarctica, localizada no bairro da Mooca no final do século XIX; e a Brahma, no bairro do Paraíso – na década de 1950 – hoje desativadas.   “A parte mais difícil, sem dúvida, foi conseguir as licenças necessárias para operar uma cervejaria dentro da cidade de São Paulo”, destaca Gilberto Tarantino.

Ambiente Multicultural

A fábrica da Tarantino é aquele lugar que todo mundo precisa conhecer. É um centro de cultura cervejeira, onde o ambiente fabril convive com um ambiente multicultural, sem deixar de focar em  questões como educação cervejeira, preço e escala.

Em menos de dois anos – antes da pandemia – mais de 60 mil pessoas  passaram pela fábrica em mais de 60 eventos – entre shows de música, blocos de carnaval como Ilú Obá de Min – composto por mulheres negras e  Urubó,  encontros cervejeiros como o Festival de Cervejarias Paulistas, IPA Day São Paulo, além de campeonatos de basquete 2×2, corridas de rua e de bike.

Grafites nos rótulos

Alguns dos grafites que estão nos muros da fábrica estampam as latinhas da Tarantino e tem a assinatura de artistas paulistanos como Risada, Karine Guerra, Nick Alive, Rafael Nave, Simone Siss e  André Monteiro (Pato Patológico).

Ficaram tão incríveis que a agência  FIB – Fábrica de Ideias Brasileiras, parceira da Tarantino no desenvolvimento do conceito de marca, venceu a categoria Branding do Prêmio Brasil Design Awards. Mais um detalhe: os rótulos são autocolantes e destacáveis para decoração ou colecionadores.

Arquitetura, cerveja fresca e churrasco

Com capacidade de produção de  aproximadamente 36 mil litros de cerveja ao mês, entre estilos fixos e sazonais, a parte industrial é toda envidraçada. Ali que se concentram vinte tanques de aço inox – utilizados no cozimento e fermentação das cervejas – e uma centrífuga.

É do bar da Tarantino, contíguo a fábrica, que os visitantes observam entre curiosos e fascinados, todo o processo de produção das cervejas.  Na área da frente do prédio estão várias mesas comunitárias e máquinas de fliperama. No lado de fora, um imenso espaço aberto, abriga uma quadra de basquete e um espaço para  food trucks.

Aos finais de semana  para acompanhar o chope mais fresco da cidade, a operação do bar fica por conta do Carburadores, mestres churrasqueiros em carne defumada, que tocavam uma casa com o mesmo nome na Zona Leste.

Cortes suculentos,  servidos na tábua ou em sandubas apetitosos,  como brisket, cupim, pancetta e costelinha suína tem destaque. Os vegetarianos também são bem vindos e tem como opção legumes e queijos também defumados e finalizados na brasa.

Cerveja Viva, Pros Dois Lados da Ponte

A Tarantino está presente na cena cervejeira desde 2008, como importadora. Gilberto Tarantino era o importador responsável por trazer ao Brasil marcas como Founders, Anderson Valley, Mikkeller , Rogue e Brewdog e pioneiro  na  importação  de cervejas com toda a cadeia logística refrigerada.

Este zelo no processo de importação fez com que ele desenvolve-se  um relacionamento de confiança com as cervejarias  e com a  Brewers Association –  entidade americana que reune cerca de 6 mil associados entre cervejarias, cervejarias em planejamento, fornecedores, distribuidores e  varejistas de cerveja artesanal.  Foi desta proximidade com a cena artesanal norte-americana e da expertise de Gilberto  que nasceu o conceito de negócio da Tarantino.

A Tarantino aposta em quatro ou cinco rótulos com grande drinkability para fazer volume e consequentemente, fazer  o preço se tornar competitivo.  O lema “Cerveja Viva, Pros Dois Lados da Ponte” lembra que a Tarantino saiu fora do circuito cervejeiro de Pinheiros e Vila Madalena, do lado de cá da Marginal Tietê e “Viva” por não ser pasteurizada é  mais fresca, assim como o pão fresco.

Estilos Fixos

A Tarantino tem quatro rótulos em produção constante: Tarantino ZN Lager, uma lager premiun produzida com 100% malte Pilsen e lúpulos Magnun e Cascade, de cor amarelo palha, aroma de cereais e casca de pão, de corpo leve e amargor suave e é a homenagem da Tarantino para a Zona Norte de São Paulo, que acolheu a cervejaria.

Já a Tarantino Miracle IPA é a India Pale Ale da marca, produzida com os maltes Pilsen e Viena e os lúpulos Vic Secret, Ekuanot, Cascade, Cashmere e Mosaic. De cor amarelo dourado, é refrescante e com os lúpulos aparecendo intensamente no aroma e sabor remetendo à frutas cítricas e amarelas. O dulçor é baixo e o amargor intenso e agradável.

A  Tarantino Witbier, é uma cerveja leve e refrescante, de cor clara e esbranquiçada. Produzida com trigo cru em grãos e malte pilsen e lúpulos Nugget e Sabro, que conferem um amargor suave e agradável. A Witbier, é uma cerveja da escola belga, destacando-se em seu aroma as características notas de fermentação deste estilo, além das notas cítricas das sementes de coentro e do limão siciliano.

A Tarantino Dry Stout  produzida com os Malte Maris Otter e Cevada Torrada e Lúpulos Northern Brewer, é uma cerveja escura, leve, de sabor marcante, onde a cevada torrada se destaca, remetendo ao café expresso e chocolate amargo, com sutis notas de nozes.  O final seco e o baixo teor alcoólico (3,8%) fazem dessa cerveja uma ótima escolha para várias rodadas.

Estilos Sazonais

Na fábrica da Tarantino, os rótulos fixos ocupam quatro das dez torneiras do bar da cervejaria. As outras seis torneiras recebem as sazonais, que são produzidas em pequenos lotes de 100 litros , direto da fonte e carinhosamente chamadas de chope do dia e são divulgados na fanpage e no Insta  da cervejaria .

Preciosidades como o English Summer Ale, com teor alcóolico de 5,0% e produzida com os maltes  Pilsner, Biscuit e Trigo em Grãos e lúpulos Mandarina Bavária, Dry Hopped com Kazbek – um lúpulo tcheco pouco explorado que entrega um perfil surpreendentemente frutado e cítrico, em uma base leve e refrescante, super fácil de beber.

Já  o  Juicy Pale Ale produzida com os maltes  Pilsner, Aveia, CaraPils e Trigo e os lúpulos  Ariana, Idaho 7, Mandarina Bavária e Dry Hopping com Ekuanot e Azacca que entregam um perfil de uvas verdes, goiaba branca e kiwi.   De aroma intenso, tem corpo médio, amargor médio e carbonatação média baixa e é mais leve e muito fácil de beber de que uma Juicy IPA.  Juicy em referência ao suco de lúpulo. 

A quase licorosa American Barley Wine (teor alcóolico 9,4%) é produzida com maltes Munich, Crystal, Café Light e lúpulos Zeus, Cascade e Hallertau Blanc e  maturada por  meses. Tem aroma e sabor potentes de maltes caramelizados, com notas de toffee, castanhas, frutas vermelhas e nuances cítricas/resinosas. Na boca é uma cerveja licorosa e robusta, com equilíbrio entre potência alcoólica e os sabores maltados e da fermentação.

Parceria com a Casa Flora e Delivery com até 40% de desconto

Em agosto a Tarantino iniciou uma parceria com a Casa Flora Importadora, permitindo que os produtos da marca possam ser encontrados mais facilmente em bares, restaurantes, empórios e supermercados.

“Hoje vendemos a cerveja mais fresca de São Paulo e a qualidade é uma de nossas preocupações fundamentais. Nosso desafio é a expansão sustentável dos negócios”, ressalta Gilberto Tarantino.

No delivery da Tarantino  os apreciadores de cerveja encontram ofertas imperdíveis de 12-pack e 6-pack de latas com até 40% de desconto.  Lá também o consumidor encontra  opções de chope Tarantino em growler (recipiente de vidro ou PET com capacidade para 1 litro) que vai  direto da fábrica para sua casa (somente para São Paulo/Capital).

Desconto especial para os leitores do DiárioZonaNorte

Na compra da caixa de 12 latas de 473 ml de qualquer cerveja, além de 40% off oferecido pela Tarantino, utilizando o cupom DIARIOZN10, o comprador terá mais 10% de desconto.

 


Serviço

            

  • Endereço: Rua Miguel Nélson Bechara, 316
  • Bairro: Limão – Zona Norte – CEP 02712-130 – SP
  • Pedidos/Reservas do espaço: 11-3297.7181
  • Funcionamento:  6ª feira (18/22 hs), sábado (13/21h30) e domingo (13/19h30)
  • Retirada de cerveja: também durante a semana

Nota da Redação: As fotos de festas, shows e encontros na fábrica da Tarantino são de arquivo e foram produzidas antes do Coronavirus/Covid-19. Em todo período da pandemia, o local esteve fechado para os eventos. O local, no momento, já pode ser aberto ao público às 6ªs., sábados e domingos, seguindo todas as recomendações de segurança e saúde emitidos pelas autoridades.