Início Cultura Após 12 anos, o dicionário dos acadêmicos volta com mais de mil...

Após 12 anos, o dicionário dos acadêmicos volta com mais de mil novas palavras atuais

Tempo de Leitura: 3 minutos

 

  • Dicionário da ABL  recebe mais de mil novas palavras e no total 382 mil termos
  • Há 12 anos, a ABL não atualizava o Volp, que agora está na 6ª edição

Palavras como home office, lockdown, negacionismo, covid-19, passaram a fazer parte do dia a dia dos brasileiros, principalmente, do ano passado para cá. As mudanças sociais e grandes impactos na rotina, como, por exemplo, a pandemia do novo coronavírus que afetou a forma como as pessoas levam as suas vidas, têm o poder de mexer com as estruturas da sociedade, e no conjunto dessas transformações estão as palavras, que seguem o mesmo compasso.

Além daquelas mencionadas no início, mais de mil novas palavras foram incluídas na 6ª edição do Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa (Volp), da Academia Brasileira de Letras (ABL), que não era atualizado desde 2009.

A nova edição, que agora conta com 382 mil termos, inclui estrangeirismo, correções, além de informações complementares em relação a verbetes. O vocabulário está disponível para consulta online da ABL. O conteúdo pode ser acessado também pelo aplicativo oficial do Volp:Google Play ou App Store.

De acordo com a ABL, muitos acréscimos estão relacionados aos novos termos originados do desenvolvimento científico e tecnológico, às palavras surgidas no contexto da pandemia, ao registro mais abrangente de nomes de povos indígenas, língua e família linguística, assim como termos técnicos das diversas áreas do conhecimento e novos vocábulos de uso comum, sempre de acordo com os critérios de formação de palavras da língua-padrão.

“É a colaboração social que faz com que estas novas palavras sejam inseridas no dicionário, faz parte da evolução da língua e do cotidiano. A necessidade destas inserções se dá ao nosso uso constante no dia a dia. A língua portuguesa é muito rica e registra os momentos históricos da nossa sociedade”, explica Virginie Isber, professora de língua portuguesa, redação e gramática do Colégio Acesso.

Novas palavras e seus significados

Além das palavras que se tornaram cada vez mais comuns nas falas do cotidiano, estrangeirismos – palavras ou expressões em outros idiomas usados na língua portuguesa – também fazem parte da lista de novas palavras do Volp.

Geralmente, a integração dessas palavras acontece de forma natural, espontânea. Algumas sofrem aportuguesamento, como é o caso de abajur: do francês abat-jour, ou preservam a sua forma original, como em skate e bullying. Contudo, o empréstimo de palavras de outras línguas não causa prejuízos ao idioma oficial de um país, pelo contrário, seguem as tendências e momento histórico vivido.

Agora, confira algumas palavras que foram incluídas no vocabulário e seus respectivos significados, segundo a ABL:

Home office: no Brasil, significa trabalhar de casa, mas, no inglês, a expressão equivalente seria “work from home”. Literalmente, em inglês, “home office” significa “escritório de casa”.

Infodemia: volume excessivo de informações, muitas delas imprecisas ou falsas (desinformação), sobre determinado assunto (como a pandemia, por exemplo), que se multiplicam e se propagam de forma rápida e incontrolável, o que dificulta o acesso a orientações e fontes confiáveis, causando confusão, desorientação e inúmeros prejuízos à vida das pessoas.

Educomunicação: conjunto de conhecimentos e ações que visam desenvolver ecossistemas comunicativos abertos, democráticos e criativos em espaços culturais, midiáticos e educativos formais (escolares), não formais (desenvolvidos por ONGs) e informais (meios de comunicação voltados para a educação), mediados pelas linguagens e recursos da comunicação, das artes e tecnologias da informação, garantindo-se as condições para a aprendizagem e o exercício prático da liberdade de expressão.

Sororidade: sentimento de irmandade, empatia, solidariedade e união entre as mulheres, por compartilharem uma identidade de gênero; conduta ou atitude que reflete este sentimento, especialmente em oposição a todas as formas de exclusão, opressão e violência contra as mulheres.

Feminicídio: delito de homicídio praticado contra mulher decorrente de violência doméstica ou familiar e/ou por motivo de menosprezo ou discriminação de gênero.

Consulte o Dicionário no site da ABL: clique aqui


Academia Brasileira de Letras

  • Av. Presidente Wilson, 203 – Castelo
  • CEP 20030-021
  • Rio de Janeiro, RJ
  • Telefone: (21) 3974-2500
  • Facebook: clique aqui
  • Twitter: clique aqui

<<Com apoio de informações/fonte: Assessoria de Imprensa / Colégio Acesso-PR >>

d