da Redação DiárioZonaNorte

É chover no molhado dizer que São Paulo cresce assustadoramente. Tudo é muito mais; e tudo é grande demais, em todos os setores. Apesar do momento com restrições por causa da pandemia, a metrópole não para de crescer visivelmente com reflexos no setor imobiliário.  E desproporcionalmente crescem por todos os lados problemas pelos distritos, subdistritos, bairros, ruas, praças e avenidas.

Mas uma das maiores companhias do setor imobiliário no Brasil, com 43 anos de experiências e mais de 100 mil imóveis desenvolvidos, percebendo e sentindo no seu dia a dia o pulsar da cidade, resolveu absorver um pouco dos sentimentos dos moradores.

De início, em homenagem aos 467 anos da cidade comemorados no último dia 25 de janeiro, a Tegra Incorporadora fez renascer a lembrança do símbolo de São Paulo, que milhares de pessoas pisam diariamente nas calçadas sem conhecer a verdadeira história que está por trás daquele piso personalizado.

A homenagem à arquiteta e o sucesso do piso

E a homenagem trouxe à tona o reconhecimento à arquiteta Mirthes Bernardes —  faleceu aos 87 anos no ano passado — e que em 1966 foi a vencedora de um concurso promovido pela Prefeitura de São Paulo para padronizar as calçadas, no governo de  José Vicente Faria Lima (de 1965 a 1969). A arquiteta trabalhava na Secretaria Municipal de Obras e entrou por acaso para sair vencedora.

Com desenhos simples, típico de um grafismo repetitivo, a arquiteta criou módulos quadrados em peças geométricas formando seguidamente o mapa do estado de São Paulo, no contraste do preto e do branco. Inicialmente as aplicações foram realizadas no centro da cidade, na região da Rua Amaral Gurgel e chegaram depois até na Avenida Faria Lima. Tornou-se um dos ícones mais conhecidos da cidade, até sendo identificado como “piso paulista”.

O piso espalhou-se e marcou a imagem da cidade que não para de crescer.  Virou uma febre com calçadas ostentando o simbolo da cidade. E o piso passou a ser fabricado por várias empresas, que caiu no gosto de muitos moradores e invadiu calçadas pelos quatro cantos da cidade — até o momento.

Em Sorocaba, Cid Freitas — que é o sobrinho de Mirthes — conta um pouco de sua história no video abaixo, no episódio nº 1 – “Mirthes Bernardes – a mulher que criou a calçada da maior cidade do Brasil” (tempo-3min02seg).



A Campanha Tegra Veste SP

Por outro lado, o projeto da Tegra expandiu-se para uma melhor qualidade de vida aos moradores,  buscando apresentar mais valorização à arte e cultura, mas trouxe  também um outro lado importante: a adoção de áreas verdes para a cidade.

Pronto, estava criado e inaugurado a campanha “Tegra Veste SP”, que além dos benefícios aos moradores de várias regiões, é instititucional da incorporada que prevê o lançamento de mini documentários, que irá compor a série “Verdadeiros Construtores de São Paulo”. Serão os depoimentos importantes de pessoas que ajudaram a construir a história da cidade.  E a série de depoimentos abre com a homenagem  póstuma da arquiteta Mirthes. 

A gerente de Marketing da Tegra, Flávia  Telles Schmidt, informa que “o trabalho da incorporadora vai além da construção de empreendimentos, assumimos a responsabilidade de revitalizar áreas como calçadas, canteiros, muros e praças, para ajudar a transformar São Paulo em um local ainda melhor para viver. Com isso, nos conectamos com a cidade e com todas as pessoas que vivem nela”.

Ela lembra que a campanha “Tegra Veste SP”  foi desenvolvida com o objetivo de consolidar e valorizar a presença da marca e das gentilezas urbanas feita pela incorporadora pela cidade. “Além disso, queremos mostrar que a empresa realmente veste a camisa da cidade, buscando transformar os espaços”, conclui.

O investimento na Zona Norte

Com esses fortes fatores e pensando na importância do entorno dos empreendimentos, a Tegra desenvolve desde 2017 a revitalização de espaços públicos. Com este posicionamento, contribui na transformação da cidade, fazendo com que ela seja um lugar melhor para todos. E como um de seus slogans espelhados em seus informes está a frase: “Seguiremos construindo empreendimentos com alma e personalidade, bem como revitalizando espaços”.

Na Zona Norte, a Tegra lançou em 2019 o TEG Vila Guilherme, que já está sendo construído em uma das importantes vias do bairro, a Rua Joaquina Ramalho, 428, ao lado do Maxxi Atacadista — antigo Walmart. Serão duas torres residenciais, com 304 apartamentos com 40 e 60 metros quadrados — com 2 a 3 quartos com suíte. E com um detalhe de um mall de conveniência, que abrigará lojas comerciais e de serviços, independentemente do condomínio residencial, sendo nos fundos voltado para a Rua Roberto Caetano Mana Lenci.

Em seu  primeiro empreendimento na Zona Norte, a incorporada deixa sua marca com a responsabilidade na zeladoria  do canteiro central da Avenida Joaquina Ramalho, com limpeza e jardinagem. E que se soma aos cerca de 40 espaços públicos, como praças, canteiros, parklets e passarelas, em todas as zona da cidade, e também em Campinas.

Ao longo do ano, a Tegra lançará outros mini documentários sobre personalidades importantes para a construção da alma de São Paulo,  além da adoção de novas áreas verdes.  “Acreditamos ser importante contribuir com a construção de uma cidade cada vez mais bonita e gentil e estamos comprometidos a fazer isso além das fronteiras dos nossos empreendimentos”, reforça João Mendes, diretor de Incorporação da Tegra.

Sobre a Tegra Incorporadora

Há 43 anos no mercado, a Tegra Incorporadora, empresa do grupo Brookfield, é uma das maiores companhias do setor imobiliário no Brasil, com mais de 82 mil clientes e 100 mil imóveis desenvolvidos, que superam a marca de 25 milhões de metros quadrados construídos e em construção. Presente em São Paulo, em Campinas e no Rio de Janeiro, a empresa emprega cerca de 800 colaboradores. Sua controladora é a canadense Brookfield Asset Management, gestora global de ativos com aproximadamente US$ 575 bilhões sob gestão, com investimentos nos segmentos de Energia Renovável, Infraestrutura, Private Equity, além do Imobiliário.



 << Com apoio de informações:  FleishmanHillard Ass.Imprensa – Renata de Caris / Henrique Carvalho / Eduardo Correia >>

d