A Hospedaria de Imigrante do Brás, inaugurada em 1887, foi o local que acolheu e encaminhou a novos postos de trabalho milhares de pessoas, das mais variadas origens. Durante seus 91 anos de funcionamento, passaram pelo edifício cerca de 800 mil italianos, nacionalidade predominante dentre as 70 registradas na documentação histórica.

Em celebração à essa cultura, o Museu da Imigração – instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo – promove a segunda edição do “VIVA! Itália” no dia 20 de outubro (domingo), das 10 às 18 horas, como parte da 8ª Settimana della Cucina Regionale Italiana.

O evento, realizado em parceria com o Consulado Geral da Itália em São Paulo, trará apresentações artísticas, palestras, gastronomia com a participação de chefs italianos, degustações, entre outras atrações. A bilheteria funcionará até as 17 horas e o ingresso  de R$10,00 (dez reais) pode ser adquirido antecipadamente — clique aqui.

As atrações ===  No palco, montado no jardim do complexo histórico, os visitantes poderão prestigiar o grupo La Bella Itália, às 11h30, seguido por um cerimonial de abertura da programação, às 12h, com a presença de autoridades. A partir das 13h, a cantora Debora Sanna, acompanhada pelo guitarrista Kaneo Ramos e o baixista Rafael Aragão, irá misturar o jazz italiano dos anos 1930 com os boleros e swing de 1950, passeando pelos grandes clássicos da música desse país nessas e em outras décadas.

Durante os intervalos das apresentações, chefs italianos compartilharão informações interessantes sobre as particularidades da culinária e os ingredientes de cada região em entrevistas exclusivas. A partir das 14h, o pocket show dos irmãos Darius e Giuliano Emrani, do I fratelli d’ITALICA, contará com quatro canções surpresas para aproximará o público da Itália. Os últimos shows do dia ficarão por conta da Camila Santiago, cantora mezzosoprano e solista, e do pianista Thiago Ueda, interpretando de cantigas folclóricas a árias de Ópera, às 15h, e da Mel Freire, com o violonista Paulino Conrado, que encantarão o público com um repertório ítalo-brasileiro em estilo bossa nova, MPB e sambajazz, às 16h30.

Muita comida === O grande destaque do evento é a presença da gastronomia que representa as 20 regiões da Itália, com a participação de chefs internacionais e restaurantes que integram a 8ª Settimana. As tendas de alimentação estarão localizadas no jardim da antiga Hospedaria e, também, haverá um menu especial no restaurante do Arsenal da Esperança, instituição assistencial vizinha ao Museu da Imigração, que acolhe cerca de 1200 moradores de rua por dia. Entre os sabores únicos oferecidos nos cardápios, será possível apreciar um sanduíche com linguiça calabresa picante, queijo caciocavallo, pimentão e batata da Calabria, cannoli recheado com ricota da Sicilia, lasanha com ragu de carnes mistas e molho bechamel da Emilia-Romagna, bolinho de arroz sardo e açafrão com creme de queijo pecorino (de ovelha) da Sardegna e sanduíche de carne suína, rúcula e molho verde (salsinha, estragão e sálvia) da Toscana, além de pratos característicos da Campania, do Vêneto, entre outras localidades.

Para quem tem o interesse de descobrir ainda mais sobre as heranças dessa culinária, a sala de acolhimento da instituição receberá um laboratório de mozzarella, às 12h, uma degustação de azeite, às 14h, e uma degustação de vinho às 16h. Já no auditório, por meio de uma parceria com o Instituto Italiano di Cultura, haverá exibição de filmes. Ainda nesse ambiente, a imigração dos italianos para o Brasil será abordada pelo historiador e pesquisador do Museu da Imigração, Henrique Trindade, às 15h e, na sequência, será promovido o bate-papo Mangiare all’Italiana com os chefs italianos presentes no evento.

O lado das crianças === O Viva! Itália contará, ainda, com um espaço infantil com piscina de bolinhas, gangorras pequenas e desenhos para pintar, garantindo muita diversão e interação com as famílias. A criançada poderá, também, participar de uma oficina de língua italiana, às 13h30, no Atelier Educativo localizado na exposição de longa duração “Migrar: experiências, memórias e identidades”. O mesmo local, às 15h30, receberá uma introdução ao idioma voltada ao público adulto.


Serviço

VIVA! Itália

  • Data: 20 de outubro (domingo)
  • Hora: 10h às 18h (bilheteria até as 17h)
  • Entrada: R$10,00 (http://www.ticketfacil.com.br/eventos/mi-viva-italia.aspx)
  • Local: Museu da Imigração (Capacidade limitada e sujeito à lotação)
  • Restaurantes participantes:Antonietta Cucina, Attimo Per Quattro, Buttina, Casa Santo Antônio, Due Cuochi Cucina, Leggera, Maremonti Trattoria & Pizza, Mondo Gastronômico, Pettirosso Ristorante, Picchi, Piselli, Ristorantino, Santo Colomba, Sensi Gastronomia, Spadaccino, Supra di Mauro Maia, Terraço Itália, Trattoria Fasano, Tre Bicchieri e Vinarium Antica Trattoria

Museu da Imigração

  • Endereço: Rua Visconde de Parnaíba, 1.316 – Mooca – São Paulo/SP
  • Telefone: (11) 2692-1866
  • Funcionamento: de 3ª a sábado, das 9 às 17 horas; e aos domingos, das 10 às 17hs
  • Ingresso: R$10 e meia-entrada para estudantes e pessoas acima de 60 anos
  • Entrada livre:  Grátis aos sábados
  • Especiais: Acessibilidade no local – Bicicletário na calçada da instituição
  • Mais informações: www.museudaimigracao.org.br

<<Com o apoio de informações/fonte: Assessoria de Comunicação/Museu da Imigração – Joanna Flora  === DiárioZonaNorte é o único veículo jornalístico que reconhece e dá crédito aos profissionais de Assessoria de Imprensa / Relações Públicas / Agências —que muito trabalham nos bastidores da notícia >>> 

IBCC Institucional

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu nome agora