São muitos os fatores que devem ser levados em consideração quando se pretende fazer uma viagem. Em tempos que a palavra ‘passear’ foi substituída por ‘economizar’, ficou mais difícil planejar um momento de descanso e diversão, seja com a família ou com os amigos. Por outro lado, a tranquilidade de viajar sem a preocupação da estrada e do trânsito; a preocupação com os gastos do carro ou mecânica, ou até de um acidente;  ir conversando ou apreciando os lugares pelo caminho; e, na volta, até uma “soneca”, com todas as vantagens do descanso. E é bem gostoso não ter preocupações e sobrar tempo para “bate-papos” conhecendo  as pessoas e as novidades do lugar.

Além disso, nem sempre é fácil conseguir dias de folga para percorrer longas distâncias e aí, a tendência é adiar os planos de conhecer novos lugares! A Socicam, empresa concessionária responsável pela administração dos terminais rodoviários da cidade de São Paulo, selecionou alguns destinos que ficam a menos de 100km de distância da capital para você programar um bate e volta e curtir um dia diferente.

Morro do Cruzeiro – São Roque

São Roque  === É uma ótima opção de passeio pertinho de São Paulo. A cidade fica só a 67km da capital e dá para embarcar no Terminal Rodoviário Barra Funda.  A passagem para lá custa R$21,45 e, além das muitas opções de vinícolas, o turista pode conhecer Morro do Cruzeiro, onde é possível ter uma vista privilegiada do município, a Praça da República e sua rica feira de artesanatos ou realizar uma visita ao ilustre Sítio de Santo Antônio. De valor imensurável, o local é patrimônio histórico e possui paisagens de tirar o fôlego. << Clique aqui para mais informações em reportagem do DiárioZonaNorte >>

Parque Municipal Edmundo Zanoni – Atibaia

Atibaia === Quem escolher essa cidade não vai se arrepender! A cidade fica a 66km de São Paulo e o valor da passagem não sai por mais de R$20, com embarque direto do Terminal Rodoviário Tietê. Dá para levar lanches e fazer um piquenique no Parque Municipal Edmundo Zanoni, que possui ampla área verde, lago e viveiro de pássaros. O visitante pode conhecer também o mirante Monumento Natural Estadual da Pedra Grande que fica a 1418 metros acima do nível do mar e proporciona uma linda vista da cidade, além de possuir rampas naturais utilizadas para a prática de voo livre. No Centro Cultural André Carneiro, a entrada é gratuita e além das diversas mostras artísticas e culturais, há um mirante de onde é possível ter vista privilegiada da Serra do Itapetinga.

Centro Histórico de Santos

Santos === Para quem gosta de praia,  é um prato cheio. Uma passagem para a cidade que fica a 72km de São Paulo e está em 5º lugar no ranking de qualidade de vida dos municípios brasileiros, custa só R$28,05. O embarque é feito a partir do Terminal Rodoviário Jabaquara, onde quatro empresas operam o destino. Mas a cidade se consolidou como destino com forte apelo turístico e além dos sete quilômetros de praia, a cidade oferece opções de lazer, como o Parque Municipal Roberto Mário Santini que é aberto ao público e possui pista de skate, corrida e caminhada, ciclovia, playground e um monumento da artista plástica Tomie Ohtake. O Centro Histórico de Santos é considerado um importante acervo com edifícios e monumentos que contam a história da cidade desde a sua fundação, ainda no século XVI.

Vista geral de Piracaia

Piracaia === Com embarques a partir do Terminal Rodoviário Tietê, a cidade está a 90km de São Paulo e a passagem custa R$31,05. A começar pela gastronomia que atrai muitos turistas interessados em conhecer a “Truta de Piracaia”, peixe que vem direto das águas do Rio Atibainha, o munícipio também é reconhecido pela quantidade de atividades ao ar livre e uma dica valiosa é ir conhecer alguma cachoeira da região. Tem a Cachoeira do Pião e da Mãozinha, vale conferir os acessos de cada uma e aproveitar para (re)energizar. Além das diversas possibilidades para a prática do ecoturismo, a cidade tem aspecto bastante interiorano e arquitetura riquíssima, com construções de mais de 100 anos de existência, como a Igreja Matriz de Santo Antonio da Cachoeira e a Igreja do Rosário.

Aliando as diversas opções de destinos, belas paisagens durante o percurso e bons valores das passagens, as viagens rodoviárias encantam os passageiros e comprovam que existem alternativas para quem quer economizar, sem deixar o prazer de conhecer novos lugares. << Com apoio de informações/fonte:  Assessoria de Imprensa-Terminal Rodoviário do Tietê/TRT-Socicam / Aline Cabral e Juliana Menezes >>


sicredi_institucional

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu nome agora