Início Cotidiano Totens espalhados pela cidade prestam homenagem às vitimas da pandemia

Totens espalhados pela cidade prestam homenagem às vitimas da pandemia

A cidade de São Paulo recebe nesta 2ª feira (31ago2020), a edição inaugural da exposição “Totens Urbanos – Memorial Pró-Saúde”, com a instalação de suas primeiras unidades na Av. Paulista, em frente ao Trianon-MASP. Outros 17 pontos da cidade passarão a receber a exposição dos objetos multiuso e multilinguagens ao longo do mês de setembro – permanecendo expostos até o final de novembro.

Intervenções dirigidas

Através da implantação em série destes totens, o projeto realiza sua intervenção artística na cidade, suportando mensagens voltadas à conscientização sobre a saúde física e mental da população ante a pandemia de Covid-19. Entre os conteúdos estão registros históricos, fotografias e testemunhos sobre a pandemia, seus heróis e suas vítimas.

Os totens multifuncionais vão servir simultaneamente como local de higienização e conscientização, disponibilizando um dispensador de sabão biodegradável e água, ativado por sensor de aproximação.

Os cuidados com a saúde

Também serão suportadas informações sobre a importância da permanente higiene e cuidado no manejo de objetos, aspectos preventivos e relacionados à saúde física e mental. Os equipamentos são ambientalmente sustentáveis e inclusivos, sendo que seu design e sistema de higienização foram concebidos para permitir o perfeito encaixe de cadeiras de rodas.

A memória dos mortos da Covid

De acordo com os idealizadores, a ideia é que cada equipamento funcione como uma espécie de altar, ou templo hi-tech, onde se realiza a celebração da memória dos mortos da Covid conhecidos ou anônimos.

“Os totens foram concebidos para exercer uma função simbólica. Eles fazem alusão sentimental às perdas de parentes e amigos da população que nem sequer puderam ser velados devidamente”, afirma o arquiteto Leonardo Fernandes Dias, diretor de criação da exposição e autor do projeto arquitetônico original.

O reconhecimento internacional

Com o design dos totens, Fernandes Dias conquistou o prêmio internacional “Coronavírus Design Competition 2020”, na categoria People´s choice, ficando também entre os cinco melhores pela escolha do júri. A competição é uma iniciativa global realizada através da plataforma GoDesignClass.

Cada projeto de exposição pode receber diferentes formas de patrocínio e parceria, pública ou privada, e dispor de totens nas suas várias modalidades e configurações. Desde equipamentos com imagens e textos estáticos até aqueles que permitem o uso de Backlights, Smart TVs ou mesmo telas de LED e Sound System embutidos nos dispositivos multilinguagens.

Em sua configuração máxima, prevista para as próximas edições, os equipamentos têm potencial para integrar todos estes recursos multimídia com suporte à aplicação de grafites e diversas linguagens urbanas. Suportam também a inclusão de QRCodes e outros recursos para a prestação de serviços à comunidade, como a medição de temperatura, entre outras possíveis interações físicas e digitais.

Homenagem a Aldir Blanc

“Esta edição expositiva do projeto é dedicada ao gigante Aldir Blanc e, na figura desse mestre –  que além de médico psiquiatra se tornou um dos maiores compositores da nossa história musical, a todas as vítimas fatais durante a pandemia no país. Através dele homenageamos os trabalhadores da saúde e da cultura, entre outras áreas que (re)descobrimos durante esta pandemia serem tão essenciais”, sintetiza Danilo Cesar, que além de um dos curadores é produtor executivo da exposição.

Ele observa que os Totens, que são ao mesmo tempo-espaço uma política de cultura e saúde públicas, representam também um Salve! a todos os lutos e ‘lutas inglórias que, através da nossa história, não podem ser esquecidas.

 

O apoio de instituições

Na edição atual, a exposição conta também com a consultoria de instituições da área de saúde pública e psicossocial, como a Sociedade Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM), a Associação Brasileira de Psicologia Social (ABRAPSO) e a Associação Brasileira de Estudos Cemiteriais (ABEC).

E ainda com a parceria do projeto Santinho e seu inventário de memórias, idealizado e coordenado pelas psicanalistas Érica Azambuja e Marília Velano, bem como fotografias de Rafael Vilela, da Mídia Ninja, revertendo colaboração não apenas à Rede Apoio Covid, mas também ao projeto Panela Coletiva – iniciativa social que desde o início da pandemia tem buscado distribuir máscaras, produtos de higiene, além de refeições em áreas mais vulneráveis da cidade.


LOCAIS DAS INSTALAÇÕES DOS 20 TOTENS NA CIDADE:

  • Ponto 1 – Av. Paulista (altura do MASP, na calçada oposta, em frente ao Pq. Trianon) – partir de 31/8 – *Conjunto Expositivo de 4 Totens, com homenagem especial ao Aldir Blanc e a Paulo Moura
  • Ponto 2 – Praça da Sé (altura da Barão de Paranapiacaba) – a partir de 01/09
  • Ponto 3 – Praça do Patriarca (Centro) – a partir de 01/09
  • Ponto 4 – Viaduto do Chá (próximo à Prefeitura de SP) – a partir de 01/09
  • Ponto 5 – Av. São João x Ipiranga  (Centro) – a partir de 03/09
  • Ponto 6 – Biblioteca Mário de Andrade (área externa) – a partir de 03/09
  • Ponto 7 – Largo da Batata (ZO)
  • Ponto 8 – CCSP – Centro Cultural São Paulo (área externa)
  • Ponto 9 – CCJ – Centro Cultural da Juventude  (área externa) – ZN
  • Ponto 10 – Largo da Matriz, em frente à Casa de Cultura Freguesia do Ó “Salvador Ligabue” – ZN
  • Ponto 11 – Av dos Metalúrgicos altura do número 165 (Cidade Tiradentes – ZL)
  • Ponto 12 – Praça Brasil (Itaquera) –  Av. Nagib Farah Maluf, s/n – Conj. Res. José Bonifácio  – ZL
  • Ponto 13 – Centro Cultural Grajaú (área externa) – ZS
  • Ponto 14 – Av Dona Belmira Marin, número 165 (imediações Term. Grajaú – ZS)
  • Ponto 15 – Largo Treze de Maio (Santo Amaro – ZS)
  • Ponto 16 – Praça do Campo Limpo (ZS)
  • Ponto 17 – Terminal Lapa (ZO)

Ficha técnica:

EXPOSIÇÃO “TOTENS URBANOS – MEMORIAL PRÓ-SAÚDE” 

  • Responsável pelo Projeto Arquitetônico e Diretor de Criação: Leonardo Fernandes Dias
  • Curadoria Histórica e Psicossocial: Danilo Cesar, Elisiana Trilha Castro e Bruna Tabak
  • Direção de Arte: Gabriel Kiss e Amanda Dafoe
  • Direção e Coordenação de Produção: William Zarella Jr. e Anne Andriow
  • Consultoria de Conteúdo Expográfico: Lucas Lara, Marcio Farias, Marília Bonas e Marta Moura
  • Realização: Cidade de São Paulo (SMC e PMSP)
  • Coprodução: Elástica Cenografia, Lado Arquitetura, Instituto Encontro das Águas e Museu da Pessoa
  • Parcerias: ABEC, ABRAPSO, SPDM, Mídia Ninja, Panela Coletiva, Rede Apoio Covid e Santinho

Serviço

  • Datas: de 31 de Agosto a 30 de Novembro
  • Locais: 17 Pontos da Capital Paulista (ver relação acima)
  • Visitação e Interação: franca e gratuita
  • Classificação etária: livre
  • Mais Informações: www.totemprosaude.com 

=== <<<Com apoio de informações/fonte:  Press Consult Assessoria de Imprensa e Comunicação Integrada / Eustáquio Moreira, Danilo Cesar e Fabiana Nogueira>>

dzn