Início Bem Estar SP realizará no próximo sábado o Dia D para segunda dose da vacina...

SP realizará no próximo sábado o Dia D para segunda dose da vacina contra o Covid

Tempo de Leitura: 3 minutos

 

  • O objetivo é vacinar mais de 500 mil pessoas
  • Mais de 4 mil pontos de vacinação das 7 às 18 horas

No próximo sábado (05jun2021), o estado de São Paulo terá um Dia D para a aplicação da segunda dose da vacina contra a covid-19 em pessoas que estão atrasadas com a vacinação. O objetivo do governo paulista é vacinar mais de 500 mil pessoas que ainda não completaram o esquema vacinal.

Nesse dia, mais de 5 mil pontos de vacinação vão ficar abertos das 7 às 18 horas para aplicação exclusiva da segunda dose da vacina. Serão vacinadas as pessoas que estão com mais de 28 dias de atraso com as doses da vacina CoronaVac, fabricada pela Sinovac e o Instituto Butantan, ou 12 semanas de atraso do imunizante Oxford/AstraZeneca/Fiocruz. Ambos os imunizantes são aplicados em duas doses. A vacinação só estará completa quando tomar as duas doses, ficando então protegida.

“É fundamental que as pessoas busquem os postos de vacinação para tomar a segunda dose. Será uma grande mobilização, com todos os municípios, para buscar as pessoas que ultrapassaram o prazo de tomar a segunda dose da vacina. A pessoa só estará totalmente protegida após as duas doses dos imunizantes”, disse Regiane de Paula, coordenadora do Programa Estadual de Imunização (PEI).

Um levantamento feito pela Secretaria Estadual da Saúdeaté 5ª feira (27maio2021) mostrou que 501.693 pessoas que tomaram a primeira dose dos imunizantes, ainda não tomaram a segunda dose. Desse total, 212.403 pessoas não haviam tomado a segunda dose da vacina Oxford/AstraZeneca/Fiocruze 289.290 e não haviam completado o esquema vacinal da CoronaVac.

A maior parte (80%) dos que não tomaram a segunda dose da Oxford/AstraZeneca/Fiocruz é idoso de 80 a 89 anos de idade. O restante é profissional da saúde.

Em busca dos atrasados na 2ª dose                  

Na 6ª feira (28maio2021), o DiárioZonaNorte consultou a Secretaria Municipal da Saúde sobre as providências em busca das pessoas para a 2ª dose da vacina contra o Covid-19. Segundo informou que está realizando uma busca ativa que ajudará a compreender os motivos da ausência na segunda dose.

Essa ausência pode ser desde uma mudança de endereço, como a espera por um acompanhante para ir ao local de vacinação, e até mesmo um esquecimento. O trabalho acontece da seguinte forma: a Secretaria Municipal da Saúde extrai do sistema Vacivida a relação de pessoas que ainda não receberam a segunda dose do imunizante.

Em seguida, é realizado o georreferenciamento entre o endereço do munícipe e a Unidade Básica da Saúde (UBS) mais próxima dele e, então, os profissionais da unidade entram em contato com as pessoas para orientá-las sobre a importância da vacinação correta e verificar os motivos da abstenção.

As UBS que possuem equipes do Programa Estratégia Saúde da Família também fazem parte deste trabalho. Os Agentes Comunitários de Saúde (ACS), em suas visitas casa a casa, alertam a população da importância da imunização correta com as duas doses e, também, monitoram os pacientes que não tomaram nenhuma das doses ou apenas a primeira dose.
Os médicos e enfermeiros também realizam o alerta durante atendimento médico. O sistema Vacivida avisa ao munícipe, via celular, da chegada do prazo de sua segunda dose da imunização.

O órgão conta com o compromisso e entendimento dos imunizados com a primeira dose para buscarem o serviço de Saúde para a segunda dose, conforme preconizado, contribuindo no combate à Covid-19.

<< Com apoio de informações/fonte: Empresa Brasil de Comunicação – EBC /  por Elaine Patrícia Cruz – Repórter da Agência Berasil – São Paulo  == e Assessoria de Imprensa da Secretaria Municipal da Saúde >>


d