AMPARA Animal, com a participação de personalidades como Bruno GagliassoGiovanna Ewbank e Luan Santana, lança a exposição Sinta na Pele. Trata-se de uma série de imagens em que diversos nomes do meio artístico posam como animais vítimas de exploração.

Em cartaz no  Palácio Anchieta, sede da Câmara Municipal de São Paulo, a abertura aconteceu  nesta 3ª feira (04/06/2017), a mostra é  parte da programação da Semana Mundial do Meio Ambiente, pretende chamar atenção para a realidade do tráfico, da caça e do abandono.

Após a abertura, a Comissão Extraordinária do Meio Ambiente da Câmara Municipal, presidida pelo vereador Xexéu Tripoli (PV), promoveu  um debate sobre “Entretenimento sem Animal e com Tecnologia”.

Entre os convidados estão Juliana Camargo, presidente da Ampara Animal, e Marcos Didonet, diretor do Movimento Green Nation, que aborda educação ambiental com arte, ciências e tecnologia. A reunião da comissão aconteceu no auditório Prestes Maia, no primeiro andar da Câmara Municipal.

As fotos  ===  Jacques Dequeker é o responsável pelas fotos dos treze artistas que fazem parte da ação, que tem como principal objetivo criticar a realidade em que inúmeros animais se encontram com o tráfico, a caça e o abandono.

Além das fotos, um vídeo com a realização da Parakino, e com direção de Diego Freitase trilha sonora de Ed Cortês, foi produzido para a campanha que coloca as pessoas no lugar dos animais para que, assim, elas enxerguem, vivenciem e, de fato, sintam na pele o descaso e negligência vividos diariamente por diversas espécies, que vão de pets a animais silvestres.  Veja aqui

Segundo a ONG, indústrias como a da moda, do Carnaval e do comércio animal ferem e prejudicam milhões de animais todos os anos. A lição que a exposição deixa é a de evolução e de empatia não apenas com a espécie humana, mas com todas as outras.

As imagens procuram chocar o público ao inverter a realidade e os papéis entre humanos e animais, que sofrem constantemente com uma tortura comum e rotineira, que não choca a sociedade como deveria. As fotos apresentam uma realidade hipotética com o sofrimento do ser humano em evidência.

“Desenvolvemos essa campanha há 3 anos e estávamos aguardando o momento certo de lançá-la. Diferente de todas as nossas produções anteriores, que sempre foram suaves e buscavam conscientizar pelo amor, dessa vez a AMPARA vem com uma abordagem mais direta e polêmica, mostrando explicitamente diversas formas de exploração às quais os animais são submetidos diariamente. Muitas vezes precisamos de um choque de realidade para mudarmos nossas ações. Causar incômodo e reflexão é a nossa intenção. Fazer com que as pessoas se coloquem no lugar dos animais e se tornem mais humanas.” Declara Juliana Camargo, CEO da AMPARA Animal.

Texto de abertura da Exposição Sinta na Pele:

  • Ao longo do tempo, o homem se revelou o mais irracional dos animais.
  • Sua indiferença já maltratou e matou bilhões de seres indefesos.
  • A ganância desenfreada levou à extinção de formas de vida insubstituíveis e devastou brutalmente seus biomas.
  • A cada dia, 150 espécies são exterminadas do planeta devido à interferência humana.
  • O sofrimento, muitas vezes silencioso, é um grito de socorro desses que não têm voz para se defender.
  • Precisamos evoluir nosso jeito de nos relacionarmos com a natureza. Evoluir e romper esse silêncio.
  • A conivência incentiva o crime. O poder de mudança está em nossas mãos.
  • A exploração a que submetemos os animais –não-humanos não pode mais ser tolerada.
  • Tenha empatia. Reflita. Não se cale. Transforme.
  • Sinta na Pele!

Exposição Sinta na Pele

Abertura: 3ª feira (04/06/2019) – 10 horas
Local: Câmara Municipal de São Paulo – Saguão do Palácio Anchieta
Endereço: Viaduto Jacareí, 100, Bela Vista – São Paulo
Data: De 4 a 14 de junho
Horário: Das 9 às 20 horas


O que é AMPARA ANIMAL === Em atividade desde 2010, a ONG nasceu quando as fundadoras Juliana Camargo e Marcele Becker se uniram por amor e respeito aos animais. Juntas sonharam em criar um projeto para mudar a realidade dos animais rejeitados e abandonados do Brasil.  Já em 2011, com a vinda da diretora de marketing Raquel Facuri, esse sonho começou a se materializar. Com os mesmos ideais e amor incondicional àqueles que não têm voz, iniciaram uma luta em prol da desafiadora e negligenciada causa. Em 2013, recebeu a certificação de OSCIP, Organização da Sociedade Civil de Interesse Público, comprovando sua seriedade e transparência administrativa.

Em 2015 se tornou a instituição que mais ajuda animais no país, ao se tornar uma “ONG mãe” que ampara mais de 450 abrigos cadastrados em nível nacional, que são auxiliados em um sistema de rodízio com ração, medicamentos, vacinas, atendimento veterinário, eventos de adoção e projetos de conscientização. Os parceiros da instituição auxiliam diretamente e mensalmente cerca de 10 mil animais. São nove anos de trabalho, realizações e grandes conquistas, e é empreendendo socialmente que a AMPARA atua de forma preventiva com seus três principais pilares: adoção, castração e, principalmente, a conscientização, através de projetos educativos voltados para o público infantil e adulto.

Gerenciando o maior programa de adoção do país, o “Adotar é Tudo de Bom” que se encontra em 11 estados brasileiros e desenvolvendo grandes campanhas como a “Somos todos Vira-Latas”, a organização é responsável por desmistificar preconceitos e esclarecer prejulgamentos, valorizando a imagem da causa animal e mudando a forma como as pessoas a enxergam.

Em 2016, uma nova frente da entidade foi criada, a AMPARA Silvestre, com foco em conservação ao reabilitar animais que possam ser devolvidos à natureza e também oferecer bem-estar aos animais condenados ao cativeiro. Com cinco exposições à mostra atualmente, que circulam por todo o país e já atingiram mais de um milhão de pessoas, a AMPARA acredita que a união de forças entre primeiro, segundo e terceiro setores é o caminho para minimizar e até solucionar o problema em sua raiz.

Até o ano passado:

  • 1 milhão de animais beneficiados
  • 1,5 milhão quilos de ração distribuídas
  • Mais de 150 mil vacinas
  • Mais de 326 mil animais medicados
  • 3 mil animais castrados
  • Mais de 9.600 animais adotados

 

Investir e Ganhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu nome agora