da Redação DiárioZonaNorte  ===

Um jantar onde a estrela é a escuridão e os garçons e a cantora são deficientes visuais. Um mergulho nos quatro outros sentidos: tato, olfato, paladar e audição, mesclados para incrementar o prazer gustativo. Estamos falando do “Jantar Cego”, uma experiência gastro-sensorial idealizada pela Produtora Caleidoscópio, no Espaço Blackout do restaurante O Compadre, localizado no Shopping Lar Center (Vila Guilherme / Zona Norte).

A equipe do DiárioZonaNorte participou da experiência, na semana passada, juntamente com  Claúdia Leonardi do Mãe Literatura; Zito Feitosa do VinhoZito; Elaine Alberico do A Mãe Leoa e  a equipe do jornal  A Gazeta da Zona Norte, entre outros convidados.

As regras === No dia marcado para o “Jantar Cego”, todos os convidados receberam um e-mail contendo instruções para a noite que viria, aumentando ainda mais a curiosidade. Entre as  orientações, coisas como manipular talheres, taças, celular desligado… E uma observação: o jantar começa pontualmente às 21 horas e não seria  permitida a entrada após o início.

Por volta das 20h30, o saguão do espaço Espaço Blackout do restaurante O Compadre já estava cheio. Cerca de trinta pessoas esperavam ansiosamente o que viria pela frente. Ninguém sabia o que encontrar, expectativas nas alturas com um misto de apreensão.  E foi exatamente assim com a gente também.

O começo do escuro === O “mergulho no escuro”  inicia-se com os convidados sendo conduzidos para um espaço reservado, onde o “Jantar Cego” aconteceria, pelos produtores da Caleidoscópio. Foi formada uma fila indiana, onde cada convidado colocaria a mão no ombro da pessoa à sua frente na fila,  adentrando ao local até chegar à mesa.

Onde estou? === Foi divertidíssimo. O escuro tem o poder de deixar as pessoas mais descontraídas e receptivas com o outro.  A integração foi muito rápida e natural.  Ah… E o impacto visual do salão?  Sei lá…   Estávamos no escuro.

Aromas e sabores  === O cardápio é incrível e completo (couvert, entrada, prato principal e sobremesa), que pode ser harmonizado com vinho  ou suco.  E para  os vegetarianos, há um cardápio especialmente preparado.  Não vamos contar o que foi servido, para não estragar a surpresa.  Podemos adiantar que foi saboroso e que os pratos apresentaram elementos de crocância, acidez,  cremosidade,  agridoce, texturas incríveis…   A aparência dos pratos foi um  mistério desvendado após o final do jantar.  Quer saber como?  Você vai ter que ir lá para descobrir.

Humor  === Ao chegarmos à mesa, o couvert já estava servido, juntamente com a bebida. Os cantores e atores Bruno Branco, Ari Protazio, Gabriela Righi,  Ana Paula Almeida e Edmur Cotrim, são os encarregados do serviço e atuaram como garçons. Durante o vai-e-vem no escuro, sem saber quem era e onde estávamos, eles proporcionaram momentos muito divertidos com um humor impagável. Além das brincadeiras dos convidados à mesa: “olha para mim quando estou falando!”, “por favor, passa para mim esse molho que está ao seu lado”… e outros comentários.

Detalhes  === Mesmo no escuro, foi um jantar de detalhes…  Foi tudo tão natural, que certamente foi exaustivamente planejado e ensaiado pela equipe à perfeição. Não houve um incidente sequer — “nenhum talher foi ao chão, nenhum copo foi quebrado e ninguém reclamou de nada”.  A equipe de garçons transmitia carinho e tranquilidade. Pelo tom de voz certamente estavam sorrindo. Antes mesmo do  prato  principal ser servido, já estavam sendo tratados como amigos de longa data por todos os clientes. Em vários momentos, brindaram o público com pitadas de humor.

A música  === A música ficou aos cuidados da talentosa Sara Bentes. Dona de uma  voz cristalina, com um repertório com sucessos da bossa nova e internacionais — chegando até a Fred Mercury. O escuro realçava ainda mais o trabalho da cantora e do conjunto — com um som de primeira qualidadePreste muita atenção, leitor do DiárioZonaNorte, você ainda vai ouvir falar muito de Sara Bentes…  

“O Jantar Cego é uma experiência gastronômica ímpar, que muda a forma com que as pessoas lidam com seus próprios sentidos e entendem o mundo do deficiente visual. Cada instante traz uma surpresa”, afirma Luiz Augusto Righi, diretor artístico da Produtora Caleidoscópio.

O “Jantar Cego”  acontece todas às 6ªs.feiras, até 30 de novembro de 2018, às 21 horas, no Espaço Blackout do restaurante O Compadre (www.ocompadre.com.brAv. Otto Baumgart, 500 • Estacionamento ao lado – 11-2252-3131)no Shopping Lar Center.

Os ingressos  custam a partir de  R$ 160,00 e podem ser comprados no restaurante O Compadre de 2ª feira a sábado, das 10 às 22 horas; e aos domingos, das 10 às 16 horas, ou por meio do site http://jantarcego.lets.events/.

Shopping Lar Center ==   Inaugurado em 1987, o Shopping Lar Center é referência no universo de arquitetura, design e decoração em São Paulo. O empreendimento reúne desde materiais básicos para reforma e construção até as mais sofisticadas linhas de mobiliário, iluminação e decoração, com peças assinadas por renomados designers de interiores de diferentes países. Em uma ampla área de 51 mil m² estão distribuídas mais de 100 lojas, que trazem as principais tendências do segmento, com um completo e variado mix de produtos. Além das lojas especializadas, o Shopping conta com uma megaloja de artigos esportivos, restaurantes, cafeterias e três salas de cinema com conceito vip, sendo que duas prime e uma com tecnologia XD.

Institucional Trevo

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu nome agora