Semanalmente o  DiárioZonaNorte  reproduz as previsões astrológicas do site Augúrio, da incrível astróloga Nathalia Fernandes.  A proposta do  Augúrio  “é fazer com que o leitor sem familiaridade com a astrologia possa obter informações de forma descomplicada e descolada, não só por meio de uma linguagem com o mínimo possível de terminologia técnica – sem esculhambar a astrologia, claro -, mas também pela junção da astrologia com outros temas que aparentemente não têm a ver com esse saber”, de acordo com Nathalia Fernandes.

Além das previsões semanais, o Augúrio tem o  Blog do Augúrio,  onde Nathalia descomplica a astrologia. E quanto a Astrologia explica a Copa do Mundo? Compartilhamos com nossos leitores, mais um  artigo incrível.

Quem tem chances na Copa

Como boa fã de futebol, eu acompanho a Copa religiosamente, assistindo a maior quantidade de jogos que consigo. Não é só questão de torcer pelo Brasil, mas principalmente de curtir a competição.   Daí, naturalmente, vem a curiosidade: e aí, quem será que ganha essa Copa? E lá vou eu correr atrás da astrologia pra ver que luz ela me traz.

Peguei os posicionamentos planetários dos mapas das federações de futebol de alguns favoritos (Rússia, Uruguai, Portugal, Espanha, França, Argentina, Brasil, Alemanha, Bélgica e Inglaterra) e Ąz uma sinastriazinha rápida com o mapa do início da Copa, pra entender as chances de cada um.

Escolhi as datas de fundação das federações porque são a garantia de data de uma organização efetiva do futebol do lugar, sem precisar Ącar fuçando registros da primeira partida e coisa assim (até porque a gente não ia conseguir mesmo comprovar se são o começo de tudo).

Considerei, como início da Copa, a data de 14.6.2018, às 15h30, horário da cerimônia de abertura. O Sol estava em Gêmeos, o ascendente em Libra, Lua em Câncer.  E vejam as conclusões a que cheguei…

Rússia (federação redirecionada para a Rússia, após o Ąm da URSS e da CEI, por estatuto de 8.2.1992)

Não é só pelo fato de estar em casa e de ter conseguido boas vitórias até agora. A Rússia está astrologicamente sustentada pra ir muito longe e talvez até ganhar a Copa. Também, com a Parte da Fortuna em Leão colada no Nodo Norte da Copa, na casa 10 (a casa do vencedor), não é pra menos.

Mas, como nem tudo é moleza, pra chegar nesse resultado ela precisará dar conta de violência (no jogo ou em alguma outra instância, talvez até com relação à própria organização do evento) ou problemas internos que geram um stress muito além do que o grupo dá conta. AĄnal, o Marte em Aquário da Copa está colado no Saturno da Federação Russa de Futebol.

Me chamou muito a atenção a Lua em Áries conjunta ao Quíron da Copa: tem uma certa falta de autoestima querendo compensação. Apesar de todas as possibilidades, eles não se acham nada comparados a outros times. Precisam tomar cuidado pra que isso não atrapalhe sua trajetória.

Outra preocupação interna parece ser a comunicação interna, brigas ou informações escondidas que podem gerar uma rebordosa (talvez em relação também à organização do evento). Não sei se são manobras pra esconder problemas do país ou algo assim, que podem dar as caras numa hora não muito apropriada.

Uruguai (federação fundada a 30.6.1936)

Visto como super favorito pelo mundo, com o Sol em Câncer colado na Lua e Mercúrio da Copa. Com Vênus nesse rolo aí, pode até sair uma grana bacana inesperada em função disso.   E até acho que tem um favoritismo forte aí, até porque a Lua tá colada no Júpiter e na Fortuna da Copa, ambos no ascendente. O tenso é que há adversários aparentemente mais fracos mas que podem surpreender o caminho da Celeste – coisas do Saturno em Capricórnio da Copa batendo de frente com o Sol em Câncer da federação.

Um outro problema no caminho dos uruguaios é o Saturno em Peixes da federação colado no Netuno da Copa, indicando que eles terão muita dificuldade pra ser um time “mágico” ou inspirado. O Mercúrio em Gêmeos da federação, escondido na casa 8 da Copa, também sinaliza uma falta de mobilidade ou Ćexibilidade do time que está escondida e deverá aparecer mais, caso queira ir longe.

Portugal (federação fundada a 31.3.1914)

O que mais me chama a atenção neste caso é o Sol da federação colada ao Quíron da Copa. Isso signiĄca que o time tem talento, mas isso “dói” de alguma forma. Será a dependência em relação ao CR7?

E o que mais pega nesse time é a inĆuência de questões emocionais que não estão muito claras, com a Lua em Touro da federação passeando pela casa 8 da Copa. Por mais que CR7 seja aquele sujeito racional e frio, tanto ele quanto o time sentem, na minha opinião, o que dá certo ou que dá errado, sem perceber – vimos o exemplo da primeira situação no jogo contra a Espanha e, na segunda hipótese, é preciso cuidado porque daí pra perder o controle de situações é dois palitos.

Esse risco de perda do controle é reforçado pelo grude entre o Marte em Aquário da Copa e o Júpiter da federação. Maasssss o Sol conversa super bem com o Nodo Norte da Copa lá na casa 10. Se o time tiver garra e souber lidar com esse lance emocional, pode ir muito longe. Principalmente se pegar o embalo do Júpiter em Aquário da federação trocando boas
ideias com o ascendente da Copa.

Espanha (federação fundada a 29.9.1913)

O Sol da federação tá no mesmo signo do ascendente da Copa (Libra), mas meio longe dele, na casa 12. Pra mim isso é sinal de que o time tá cheio de vontade mas não parece entrar no jogo (a partida contra Portugal que o diga). É como se estivesse “bloqueado” por algo.

Por outro lado, o Mercúrio em Libra da federação tá colado no ascendente da Copa e super conversa com o Sol da Copa. Isso é sinal de qualidade de jogo, boa mobilidade, Ćexibilidade. Menos mal!  O Júpiter em Capricórnio da federação tá colado no Saturno da Copa, e isso é outro sinal de que o time tem um bom prospecto, desde que esteja centrado, focado.

Mas o time será visto pelo mundo como faltoso, estressado (Marte em Câncer da federação colado em Mercúrio e Lua da Copa) – e está mesmo. Alguma coisa lá na Rússia não caiu bem pra eles e tá gerando tensão. Vamos ver se foi só a saída do técnico nas vésperas da estreia ou se tem mais coisa aí, talvez ligada à adaptação da Fúria na Rússia. Quem diz isso é o Marte em Aquário da Copa colado no Urano da federação.

França (federação fundada a 7.4.1919)

Outro time visto pelo mundo como favorito claro, por conta da Lua e Júpiter em Câncer da federação colados na Lua e Mercúrio da Copa. Mas pode Ącar forte uma impressão de um time “enganador”, marqueteiro, com o Netuno em Leão da federação francesa colado no Nodo Norte da Copa. Mesmo assim, os franceses podem surpreender, se esse Netuno se traduzir como magia ou inspiração pra jogar.

E o Saturno em Leão da federação tá na casa 10 da Copa, o que não deixa de ser um bom sinal também. Seria um sinal melhor se Leão não fosse um lugar que Saturno detesta. Então diria que as chances de vitória da França estão condicionadas ao fortalecimento do eixo/estruturas do time – opções táticas, esquema de jogo, coisas assim precisam estar bem azeitadas.

Outro ponto para o qual os franceses devem ter atenção é um eventual confronto com a Rússia, que, se não tô enganada, pode rolar nas quartas de Ąnal. Pode ser um jogo muito faltoso e violento. Como o Sol da federação tá na casa 6 da Copa, pode ser que tantas faltas possam agravar questões de saúde do time, algo a que será preciso ter atenção – como se já não bastasse o Giroud ter começado a Copa zoado.  Aliás, o Giroud machucou a cabeça, parte do corpo regida por Áries, onde está o Sol da federação francesa.

Inglaterra (federação fundada a 26.10.1863)

Tá com tudo, e não era pra menos – com revolução de Júpiter, que, por sua vez, tá colado na Fortuna da Copa em Escorpião, esses caras vão longe. O time tem muita energia, é forte. Marte em Libra da federação colado no ascendente da Copa é quem nos conta. Mas, como Marte em Libra é meio lesado, eles podem começar tímidos e pegar no tranco ao longo da competição (embora a vitória no primeiro jogo já tenha mostrado um pouco da energia que falei)

Pode também sofrer com oponentes surpreendentes, mas, ao contrário de outros favoritos, tem capacidade pra “pescar” instintivamente os pontos fracos do adversário (Lua em Touro da federação colada no Urano da Copa). Ao mesmo tempo, os truques dos adversários e cartas escondidas na manga podem pegá-los de forma muito eĄciente se não estiverem atentos (Plutão em Touro da federação na casa 7 da Copa, batendo de frente com o Júpiter em Escorpião da Copa).

O time também não tem muita clareza das próprias diĄculdades, de forma a corrigi-las, ou então precisa de mais inspiração pra poder brilhar (Netuno em Áries da federação colado no Quíron da Copa).

Brasil (federação fundada a 8.6.1914)

Pruma federação, nada como ter o Sol em Gêmeos, o mesmo signo do Sol da Copa, né? Poderia ser melhor se o Sol da CBF não estivesse na casa 8 da Copa. Então pode rolar a mesma diĄculdade da Espanha, no sentido de querer fazer e acontecer, mas não conseguir, e o talento Ącar escondido.

E nem precisa ser astrólogo pra saber que muito disso é em função de um olhar mais focado nos lucros do que no jogo (Lua em Sagitário da CBF na casa 2 da Copa, batendo de frente com o Sol).  Mas essa mesma Lua conversa lindamente com o Quíron em Áries da Copa, indicando que o segredo do sucesso está em ter pé no chão e praticidade pra ver o talento aparecendo. E as chances de vitória são boas – pelo menos, há energia pra seguir
na competição, graças ao Marte em Leão da CBF na casa 10 da Copa.

Como o Júpiter em Aquário da CBF está conversando bem com o Sol e ascendente da Copa, o Brasil é franco favorito aos olhos do mundo e dos próprios russos. Deve ter se adaptado super bem na Rússia, apesar de ser um lugar muito diferente daqui.

Porém, se calhar de o Brasil encarar a Rússia (o que pode acontecer na semiĄnal), pode rolar uma baita tensão. E os russos podem literalmente perder o respeito que tanto nutrem pelo nosso time.

Alemanha (federação fundada a 28.1.1900)

A federação de futebol da toda-poderosa Alemanha também conta com o Sol em Aquário na casa 4 da Copa – se adaptou bem ao lugar e tá de boas em aspectos de acolhimento. Mas, como o Marte e o Nodo Sul da Copa tão colados no Sol, tem muito stress que não chega ao noticiário rolando. Coisa mal resolvida, talvez dos amistosos meia-boca que disputaram antes da Copa.

O stress escondido pode ser só excesso de energia retraída, escondida, que não consegue vir à tona. Os donos da casa que se cuidem, porque, caso se peguem na Ąnal (o que pode acontecer), pode ser um jogo cheio de briga e faltoso.

Muito do stress pode vir também do fato de não terem antecipado o quanto alguns adversários seriam encardidos (Sol da federação brigando com Nodo Norte em Leão da Copa).

Mas o Marte em Aquário da federação conversa bem com o Quíron em Áries da Copa, indicando que o segredo do sucesso é se desenclausurar, mandar a real. Tem que botar pra fora essa energia guardada e parar de jogar sujeira pra debaixo do tapete – sujeira essa que tá tão bem escondida que o mundo continua iludido sobre o real potencial do time (Netuno em Gêmeos da federação colado no Sol da Copa). Só que se os alemães Ącarem espertos no movimento e pararem de Ąngir que não tem nada errado, viram favoritaços ao
título.

Argentina (federação fundada a 21.2.1893)

O grande problema da Argentina, mais do que as questões técnicas que a imprensa vem destacando, é a falta de estabilidade emocional. Partidas ruins podem levar a uma desequilíbrio emocional intenso que pode virar jogo pesado, faltoso (Lua, Marte e Nodo Norte em Touro da federação colados no Urano da Copa).

A força interior do time, que efetivamente existe, está escondida e atrapalhada por essas questões emocionais (Saturno em Libra da federação na casa 12 da Copa). Mas o time tem condição de respirar se se permitir cortar pela raiz a instabilidade emocional e renascer das cinzas (Urano em Escorpião da federação colado na Fortuna e Júpiter da Copa).

Bélgica (federação fundada a 1.º.9.1895)

Quem acompanha futebol sabe que a Bélgica está com um super time. Como Júpiter em Câncer da federação está praticamente na casa 10 da Copa, assim como seu Sol em Virgem, eu diria que os belgas estão com tudo pra ir muito longe.

Mas, assim como acontece com a Rússia, não pode esperar moleza. Sua sorte pode ser proporcional ao seu trabalho duro (Saturno em Escorpião da federação colado na Fortuna da Copa). E, se realmente trabalharem duro, aí a tendência é arrebentar (Urano em Escorpião da federação colado em Júpiter da Copa; Plutão/Netuno em Gêmeos da federação colados no Sol da Copa).

Como muito das configurações da federação belga acaba caindo na casa 11 da Copa, dá pra dizer que o sucesso deles pode vir a partir do jogo coletivo. E isso é até bom, porque a Copa tá tornando a vida dos craques difícil (Quíron em Áries da Copa na 5). Só que o Quíron da federação tá em Libra na 11 da Copa, indicando que isso não é lá tão fácil de fazer como parece ou deveria parecer. Porém, acredito que eles têm condição de fortalecer o jogo coletivo ao longo da competição.  É isso! Vamos ver como as coisas se encaminham.

E boa Copa pra quem gosta de Copa!

 

 

IBCC Institucional

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu nome agora