A cidade de Guarulhos oferece excelente opção cultural para aqueles que vão aproveitar os dias de feriado no município. Nesta 6a.feira, dia 15 de novembro de 2019, a partir das 13h, tem início a terceira edição do Festival de Teatro Comunitário Panamérica Utópica, no Teatro Nelson Rodrigues, na Vila Galvão.

O Festival, que segue até o dia 19 com programação gratuita para todas as idades, oferece espetáculos teatrais em diversos pontos da cidade com grupos de teatro locais, nacionais e internacionais, apresentações para entreter tanto o público infantil como os jovens e adultos.

Para a criançada, a abertura do Festival no Teatro Nelson Rodrigues conta com o espetáculo “Artimanhas do arco-da-velha”, com Cia Farnel de Artes, às 14h; e “Yaga: uma história para crianças corajosas”, com Severina Cia de Teatro, às 16h. Logo mais às 17h, o Coletivo Narciso, de São Roque, interior do Estado, apresenta “Um barco na Lama”. Às 19h, a Cia. Âmago, de Campinas, apresenta “O Processo”; e às 20h40, a companhia mineira Sacada Arte em Movimento apresenta o espetáculo “Fratello”.

O destaque do dia 16, sábado, fica por conta das animadíssimas apresentações que levam o circo para a região de Bonsucesso. Na área de lazer da Vila Carmela, às 13h, o Circo Lumiere (Argentina/Venezuela) apresenta “Les Volátiles”. Às 14h, o Circo Rodado, de Curitiba, apresenta “Circo Zika”. A argentina Silvia Fariña apresenta “A su mimos”, às 16h. Às 19h, no Teatro do CEU Ponte Alta, os mexicanos do grupo Confines Teatro também divertem o público com o espetáculo “Pim, Pam, Clown”.

No domingo, dia 17, as apresentações se concentram no Jardim Tranquilidade e ganham o palco do Teatro Padre Bento a partir das 14h, seguindo até às 21h. O grupo equatoriano Teatro Popular del Ecuador apresenta “Memórias”, às 15h; e Agrupación MPT, da Argentina, apresenta “Baubo o la diosa ancestral”, às 16h.

No dia 18, segunda-feira, o festival chega até os CEUs de Guarulhos, com apresentações infantis no CEU Parque São Miguel, às 14h, “Segura mamãe”, com Rafael Trevo (Brasília-DF); no CEU Paraíso-Alvorada, também às 14h, “Les Volátiles”, com o grupo Circo Lumiere (Argentina/Venezuela); e às 15h30, no CEU Ponte Alta,Procurando Risos”, com o grupo guarulhense Meias Palhaçarias.

No último dia de espetáculos, na terça-feira, 19, a partir das 14h, acontecem no Bosque Maia as apresentações dos curitibanos Abelardo Biloba, às 14h, com “Abel e a Fera”; e Tropo Opo, às 16h, com “O Gari”. No Salão de Artes do Adamastor Centro, às 18hh30, o Coletivo Costura apresenta “Yara”; e às 20h, a reprise de “Memórias”, com o Teatro Popular del Ecuador.

O encerramento da 3ª edição do Festival de Teatro Comunitário Panamérica Utópica acontece na Casa de Cultura Zazu, a partir das 22h, com apresentações musicais do grupo Os Passageiros e de Rosane Brambilla.

O Festival Internacional de Teatro Comunitário Panamérica Utópica é um projeto de formação de plateias e promoção de acesso democrático para o teatro por meio de mostras de espetáculos com apresentações de companhias nacionais e internacionais e um conjunto de palestras, rodas de conversa e oficinas sobre teatro comunitário.

A iniciativa conta com o apoio da Prefeitura de Guarulhos, que por meio da Secretaria de Cultura objetiva a circulação de uma série de eventos de teatro gratuitos com grupos nacionais e de outros países da América Latina.

Para mais informações, acesse: http://portaleducacao.guarulhos.sp.gov.br

Serviço:

III Festival Internacional de Teatro Comunitário Panamérica Utópica

Data: de 15 a 19 de novembro

Programação

Dia 15, sexta-feira

  • Local: Teatro Nelson Rodrigues (R. dos Coqueiros, 74 – Vila Galvão)
  • 13h – Olhos de roda – Cia. As Rosas – Teatro Escola 360 (Brasil)
  • 14h – Artimanhas do arco-da-velha – Cia Farnel de Artes (Brasil)
  • 15h – Oh mãe, a internet caiu!  – Cia. As Rosas- Teatro Escola 360 (Brasil)
  • 16h – Yaga: uma história para crianças corajosas – Severina Cia de Teatro (Brasil)
  • 17h – Um barco na lama- Coletivo Narciso (Brasil) *Trazer duas sacolas plásticas
  • 19h – O Processo – Cia. Âmago (Brasil)
  • 20h – Baubo o la diosa ancestral – Agrupación MPT (Argentina)
  • 20h40 – Fratello – Sacada Arte em movimento (Brasil)

Dia 16, sábado

Local: Área de lazer da Vila Carmela (R. Serra do Ouro- Vila Carmela II)

  • 13h- Les Volátiles – Circo Lumiere (Argentina/Venezuela)
  • 14h- Circo Zika – Circo Rodado (Brasil)
  • 15h- O incrível número final – Bando GoliardXs (Brasil)
  • 16h- A su mimos- Silvia Fariña (Argentina)
  • 17h- Roda de samba

Local: Teatro Ponte Alta (Rua Pernambuco, 836 , Jd. Ponte Alta)

  • 18h – Clownexão – Teatro Escola 360 (Brasil)
  • 19h – Pim, pam, clown – Confines Teatro (México)
  • 20h – Pavão Misterioso (Teatro de contar) – Teatro Escola 360 (Brasil)

Dia 17, domingo

Local: Teatro Padre Bento (Rua Francisco Foot, 3. Jd. Tranquilidade)

  • 14h – Os classificados do circo – Cia. Reverberantes (Brasil)
  • 15h – Memórias – Teatro Popular del Ecuador  (Equador)
  • 16h – Baubo o la diosa ancestral – Agrupación MPT (Argentina)
  • 16h30 – Reprises pareadas – Circo Rodado (Brasil)
  • 17h30 – Oficina de Malabares com Limão Trash (Brasil)
  • 19h – A insustentável leveza do palhaço – Centro de Formação dos Doutores do Riso Curativo (Brasil)
  • 20h15 – O capital: Arlequins apresenta Marx – Arlequins (Brasil)

Dia 18, segunda-feira

Local: CEU Parque São Miguel (R. Joaquim Moreira, S/N – Pq. São Miguel)

  • 14h – Segura mamãe – Rafael Trevo (Brasil)
  • 15h30 – O grande show – Circo Rodado (Brasil)
  • Local: CEU Paraíso-Alvorada (R. Dom Silvério, S/N – Vila Paraiso)
  • 14h – Les Volátiles – Circo Lumiere (Argentina/Venezuela)
  • Local: CEU Ponte Alta (Rua Pernambuco, 836 – Jardim Ponte. Alta I)
  • 15h30 – Procurando risos – Meias Palhaçarias (Brasil)
  • 16h30 – A su mimos- Silvia Fariña (Argentina)
  • Local: Teatro Padre Bento (Rua: Francisco Foot, 3- Jd. Tranquilidade)
  • 18h – Jogos da intolerância – Teatro Escola 360 (Brasil)
  • 19h – Pim, pam, clown – Confines Teatro (México)
  • 20h – Síndromes – Cia. As Rosas- Teatro Escola 360 (Brasil)

Dia 19, terça-feira

Local: Bosque Maia (Av. Paulo Faccini, s/nº Centro)

  • 14h – Abel e a fera- Abelardo Biloba (Brasil)
  • 15h – Les Volátiles – Circo Lumiere (Argentina/Venezuela)
  • 16h – O Gari – Tropo Opo (Brasil)
  • Local: Salão de Artes do Adamastor Centro (Av. Monteiro Lobato, 734- Macedo)
  • 18h30- Yara – Coletivo Costura (Brasil)
  • 20h – Memórias – Teatro Popular del Ecuador (Equador)
  • Local: Casa de Cultura Zazu (Av. Paulo Faccini, 406 – Macedo)
  • 22h: Os Passageiros (Brasil)
  • 23h – Rosane Brambilla Trio (show de encerramento)

<Com apoio de informações/fonte: Assessoria de Comunicação da Secretaria Municipal de Guarulhos >

Crédito das fotos: Rodrigo Marcelo

 

LimpaSP – estréia

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu nome agora