Depois de ‘Nada a Perder’ bater todos os recordes, levar mais de 12 milhões de espectadores aos cinemas e tornar-se o filme nacional mais visto da história, ‘Nada a Perder 2’ chega às salas de todo o país no dia 15 de agosto.

Dirigido por Alexandre Avancini, o longa-metragem revela a história de Edir Macedo, fundador da Igreja Universal, que enfrentou o poder público, as implacáveis críticas da imprensa, rompeu com os paradigmas religiosos do Brasil e se tornou um de seus maiores líderes.

Baseado na trilogia de livros homônima e roteiro escrito pelo americano Stephen P. Lindsey (de Sempre ao Seu Lado | Hachi: A Dog’s Tale, com Richard Gere) – e pelo brasileiro Emilio Boechat, ‘Nada a Perder 2’ pretende mostrar que não se pode escondera verdade para sempre.  Para isso, o filme aborda temas polêmicos, como o caso em que um pastor da Igreja Universal agrediu a imagem de uma santa católica, o desabamento do teto de um templo em Osasco, os inúmeros processos judiciais que Macedo enfrentou e as manchetes sensacionalistas envolvendo seu nome.

Superprodução === Com cenas rodadas entre maio e setembro de 2017, ‘Nada a Perder 2’ é uma superprodução.  Petrônio Gontijo interpreta Edir Macedo em diversas fases da idade adulta e o elenco tem ainda Day Mesquita, Dalton Vigh, André Gonçalves, Eduardo Galvão, Marcelo Airoldi, Nina de Pádua e Beth Goulart, além de mais de 60 atores e 12 mil figurantes.  A distribuição é da Paris Filmes e da Downtown Filmes

Para o diretor Alexandre Avancini “este filme tem um aspecto muito interessante, é uma história tão poderosa que é maior do que a vida. É tão épica que precisava ser enquadrada de uma forma diferente, por isso, buscamos as lentes anamórficas, que trabalham um aspecto panorâmico, que já coloca o espectador em outro mundo.Além de ser uma história incrível, o filme é narrado visualmente de uma forma muito poderosa, de uma maneira que os filmes nacionais não costumam fazer”.

Locações e caracterização dos personagens == “Nada a Perder é provavelmente a maior produção já realizada no cinema brasileiro. Filmamos em cerca de 120 locações entre São Paulo, Rio de Janeiro, Santos, Campinas, Sorocaba e, na etapa internacional, foram 10 diferentes locações, em Israel e na África do Sul.  Em Israel filmamos em Jerusalém, além de três pontos do deserto de Eilat. Já na África, rodamos em Johanesburgo. A produção envolveu uma equipe de mais de 150 pessoas e, em alguns momentos, contou com três unidades simultâneas de filmagem, em três diferentes cidades”, conta a produtora executiva do longa-metragem, Renata Rezende, da Paris Entretenimento.

Outro destaque do filme é a caracterização dos personagens que muda através das décadas, como o envelhecimento de Petrônio Gontijo, que exigia um minucioso trabalho de até 5 horas diárias da equipe de maquiagem.

“O filme dá a chance do espectador tirar sua própria conclusão. Não é apenas a história de um homem, mas é sobre como um homem, firme em suas convicções, consegue se manter em pé, enfrentar as adversidades e crescer, mesmo sofrendo um massacre, não só dos poderes políticos, mas de grande parte da opinião pública. Todos os dias foram grandes empreitadas, são cenas muitos fortes, contundentes. O filme exigiu uma enorme concentração da minha parte e dos meus colegas”, afirma Petrônio Contijo.

Da Zona Norte para o Mundo === O DiárioZonaNorte é fã de carteirinha da atriz Day Mesquita. Ela nasceu no Paraná,  residiu na Zona Norte de São Paulo e é filha da jornalista e digital influencer  Regina Mesquita e vem construindo uma sólida carreira na dramaturgia. Sua última novela foi “Jesus”, na Rede Record, onde interpretou brilhantemente Maria Madalena. Sobre sua personagem no filme, Day Mesquita comenta “Ester é a grande parceira da vida desse homem. Ela é uma mulher muito forte e sensível. Acho que eles dois são muito diferentes e essa diferença complementa esse casal. Eles são perfeitos um para o outro dentro dessa imperfeição”.

A distribuição é da Paris Filmes e da Downtown Filmes e  será exibido em mais de 800 salas no circuito nacional. Na Zona Norte de São Paulo, o filme será exibido pelo UCI Cinemas do Shopping Santana Park em duas salas  e em 8 horários diferentes.

Elenco

  • Petrônio Gontijo (Edir Macedo)
  • Day Mesquita (Ester Bezerra)
  • Beth Goulart (Dona Geninha)
  • Dalton Vigh (Juiz Ramos)
  • Eduardo Galvão (Monsenhor José Maria)
  • César Mello (Paulo)
  • Raphael Vianna (Evandro)
  • Otávio Martins (Ministro Bittencourt)
  • Paulo Lessa (Jornalista)

Ficha Técnica 

  • Direção: Alexandre Avancini 
  • Roteiro: Emílio Boechat
  • Direção de Fotografia: Pedro Cardillo
  • Direção de Arte: Frederico Pinto
  • Figurino: Cristina Camargo
  • Maquiagem/Efeitos: Emi Sato e Tayce Vale
  • Som Direto: Jorge Rezende
  • Trilha Sonora: Otávio de Moraes
  • Montagem: Francisco Antunes e PH Farias 
  • Supervisão de Pós Produção: Karina Vanes
  • Supervisão de Efeitos Visuais: Marco Prado
  • Produção de Elenco: Renata Kalman 
  • Produção Executiva: Renata Rezende 
  • Direção de Conteúdo: Cristiane Cardoso
  • Produção: Marília Toledo, Marcio Fraccaroli, André Fraccaroli e Sandi Adamiu

 

< Com apoio de informações: Palavra ! Assessoria de Comunicação >

Crédito das fotos: Stella Carvalho

LimpaSP – estréia

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu nome agora