Elas são criaturas estranhas e, ao mesmo tempo, maravilhosas e surpreendentes formas de vida. Você pode até não amar os insetos depois de ler Planeta dos Insetos (Matrix Editora), mas com certeza vai ter muito mais respeito por eles. No mínimo vai ter cuidado para não pisar numa fila de formigas cruzando seu caminho na rua.

Enquanto você lê este texto, cerca de 200 milhões de insetos, para cada um de nós humanos trabalham incansavelmente, 24 horas por dia, 7 dias por semana, para defender nossos ecossistemas e ajudar-nos a sobreviver. Eles garantem nossos alimentos, curam nossas feridas e até mesmo digerem plástico. Eles também podem nos fornecer novas soluções para a crise dos antibióticos, ajudar em zonas de desastre e inspirar engenheiros da força aérea com suas técnicas de voo. Suas vidas, entretanto, nunca correram tanto perigo em razão da atuação humana.

O livro traz ainda curiosidades. Insetos que inspiraram monstros de Harry Potter. Insetos que deixaram de cabelo em pé teólogos e naturalistas. Sexo. Muito sexo. As fêmeas dominando o mundo, para desespero dos machistas. Técnicas de sobrevivência. Domínio do cérebro de outro inseto. Insetos que entendem de números primos. Insetos que ajudam maratonistas. Faxineiros. Auxiliares perfeitos para desvendar um crime. Amuletos. Escritos históricos que existem graças aos insetos. Cupins que ensinam sobre sistema de refrigeração de ar. Moscas responsáveis por prêmios Nobel. Ensinamentos sobre rejuvenescimento e sobre a conquista do espaço.

Tudo que afeta os insetos afeta a nós diretamente. Não podemos jogar fora 479 milhões de anos de evolução. Protegê-los é proteger nossa própria existência. Com este livro você poderá compreender melhor a vida deles e se apaixonar por esse universo praticamente desconhecido e fascinante.


Entrevista com a autora:

Por que eu amo insetos? Bem, por que não deveria? Dependemos tanto deles. Você os encontrará em todos os lugares – em florestas e lagos, no frio congelante da Antártida e sob a calçada de nossas cidades. Eles podem viver dentro de uma árvore morta, nas narinas de uma morsa ou dentro do seu computador. E eles estão aqui há muito tempo. Os insetos viram os dinossauros irem e virem. E são indispensáveis ​​para nossas vidas e nosso futuro.

A maioria de nós sabe que não teríamos mel sem abelhas, mas não imagina que a barra do chocolate que consome em casa – entre outros alimentos – não existiria sem o trabalho de polinização das flores do cacau. Na verdade, as visitas de insetos às flores contribuem para a produção de sementes em mais de 80% das plantas selvagens do mundo. A polinização por insetos também melhora a qualidade ou quantidade de frutos ou sementes em grande parte de nossas culturas alimentares globais.

Os insetos são cuidadores que limpam nosso mundo. Eles transformam plantas e animais mortos. Milhões de insetos, junto com fungos e microrganismos, realizam a tarefa crucial de decompor a matéria orgânica morta. Sem isso, seria impossível que uma nova vida crescesse.

Os insetos são comida para outras pessoas, incluindo nossa comida. Eles são alimentos básicos para pássaros, peixes e muitos mamíferos. Como os insetos são muito abundantes, eles compõem uma grande parte da dieta de muitas outras espécies na Terra, incluindo as que gostamos de comer. Sem insetos, as populações de pássaros, morcegos e peixes de água doce, para mencionar alguns, entrariam em colapso. Quando se trata de pássaros, temos novas estimativas de quanta carne de inseto os pássaros do mundo realmente devoram em um ano. E está longe de ser insignificante: os pássaros devoram cerca de 500 milhões de toneladas de seus parentes distantes de quatro asas. É semelhante à quantidade de carne e peixe consumida pela população mundial humana por ano!

Sabemos que os insetos geralmente também comem uns aos outros, e isso é absolutamente crucial para manter as populações do que consideramos pragas. Sabemos que uma paisagem agrícola onde os campos são intercalados com flora variada fornece um habitat para muitos dos inimigos naturais das pragas. Da mesma forma, as florestas constituídas por florestas naturais contêm mais insetos e parasitas predadores.

Eu ainda amo estar ao ar livre. Maravilhar-me com os intrincados detalhes que conectam a natureza e os seres humanos em uma rede comum da vida. Os insetos são uma parte importante disso – eles compõem mais da metade de todas as espécies conhecidas na Terra. A vida como a conhecemos depende dessas pequenas criaturas. Você precisa de mais motivos para amar insetos do que isso?


A autora === Anne Sverdrup-Thygeson é professora de Biologia da Conservação no Departamento de Gestão Natural da NMBU (Universidade Norueguesa de Ciências da Vida) e também consultora científica do NINA. É também conselheira científica do Instituto Norueguês de Pesquisa da Natureza (NINA).


Sobre a Matrix Editora ===  Matrix Editora possui 650 títulos publicados e faz sete novos lançamentos a cada mês. Em seu catálogo constam best-sellers como Biografia da Televisão Brasileira, Assassinato de reputações, Silvio Santos – a trajetória do mito e Bem-vindo ao inferno, e autores de destaque como Millôr Fernandes e o ator norte-americano Steve Martin.


Ficha técnica

Planeta dos Insetos – Estranhos, úteis, fascinantes, saiba tudo sobre os minúsculos seres dos quais depende a nossa vida.

  • Páginas: 192
  • Editora: Matrix
  • Custo: R$ 42,00.

=== <<<Com apoio de informações/fonte: Assessoria de Imprensa Matrix Editora – Larissa Lopes >> == DiárioZonaNorte é o único veículo jornalístico que reconhece e dá crédito aos profissionais de Assessoria de Imprensa / Relações Públicas / Agências —que muito trabalham nos bastidores da notícia >>>


ObraFácil

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu nome agora