Início Cultura “Os Filhos de Hitler”, as verdades supreendentes dos herdeiros do passado

“Os Filhos de Hitler”, as verdades supreendentes dos herdeiros do passado

A Segunda Guerra Mundial marcou o mundo pelas milhões de vidas perdidas durante os seis anos de conflito e pelas consequências sociais e econômicas que devastaram muitos países.

O ódio semeado pela Alemanha nazista, por meio da imposição da suposta superioridade da raça ariana, perpetrou o caos e se espalhou pela Europa em pouco tempo.

Os filhos dos algozes

Tal cenário foi criado por seres humanos como quaisquer outros com nome, rosto e família. “Os Filhos de Hitler”, lançamento da Editora Cultrix (selo do Grupo Editorial Pensamento), conta a trajetória desses algozes pelo olhar de quem convivia intimamente com eles: seus próprios filhos.

A obra, escrita pelo jornalista investigativo Gerald Posner, reúne entrevistas de herdeiros como Rolf Mengele, que conta como descobriu o pai, Josef Mengele, vivo no Brasil e como viajou às escondidas até aqui para confrontar o “Anjo da Morte”.

Posner revela também a história da filha única do grande almirante Karl Dönitz; as lembranças do filho mais novo do coronel Claus von Stauffenberg, o jovem oficial que tentou assassinar Hitler; da filha única de Hermann Göring, Edda, entre outros relatos chocantes dessas testemunhas, até então silenciosas e esquecidas pela história.

São depoimentos que proporcionam uma visão da vida privada e das ações públicas daqueles que trabalharam próximos à Adolf Hitler e foram testemunhas do regime político mais perverso de todos os tempos.


“Um livro que hipnotiza e dá arrepios… O contraste entre a experiência inocente da infância e a assustadora compreensãodessa experiência, que vem com o tempo, já basta para nos fazer chorar. ” – Los Angeles Times


As investigações

“Em Os Filhos de Hitler preferi incluir filhos que não apenas deploraram a atuação de seus pais no Terceiro Reich, mas também os defenderam. Em um caso – o de dois irmãos que cresceram com seu pai criminoso de guerra quando este era o governador-geral nazista da Polônia ocupada –, as opiniões se dividiram. Um deles fez o que pôde para proteger a reputação do pai, enquanto o outro não hesitou em denunciá-lo. Raciocinei assim: apenas uma investigação da ampla diversidade de opiniões, na segunda geração dos criminosos, poderá haver uma ideia clara dos motivos que levaram homens comuns a perpetrarem tamanhas atrocidades”, diz o autor.

Segundo ele, imaginar os nazistas como dementes e psicopatas sempre foi mais fácil e simples, e neste livro ele procura, justamente, entender o que faz de uma pessoa, capaz de ser um pai carinhoso, praticar atos tão repugnantes como roubo, tortura e assassinatos.

“Quando iniciei a obra, me perguntava, por exemplo: O que permitiu a Hans Frank supervisionar, de dia, a burocracia da matança incessante na Polônia e, à noite, assumir o papel de pai afetuoso, que ficava horas e horas tirando acordes com o filho mais velho no piano da família? ”, completa Posner, que também é o biógrafo de Josef Mengele.


“Fascinante… O livro de Posner fornece uma visão notável, da perspectiva familiar, sobre a vida de muitos dos criminosos nazistas mais proeminentes e vis.” – Sunday Express


A extrema direita

O livro explica ainda, de certa forma, o ressurgimento da extrema direita, do racismo e da intolerância pelo mundo, mostrando que as novas gerações parecem ter esquecido os horrores provocados pelo do Holocausto e pelo regime nazista.

As histórias contidas em Os Filhos de Hitler são uma tentativa de mostrar as tristes consequências de se permitir que o antissemitismo e o fascismo (re)floresçam impunemente.


Depoimentos dos filhos de nazistas proeminentes:

“Eu tinha vergonha dele, mas era meu pai e isso eu não podia esquecer. ” – Rolf, filho único do doutor Josef Mengele

“Sei que meu pai não é um criminoso. ” – Ursula, filha única do grande almirante Karl Dönitz

“Fico dividido entre a imagem de um bom pai e a de um criminoso. ” – Norman, filho mais velho do governador-geral da Polônia, Hans Frank

“A lembrança e a constatação do que meu pai fez serão sempre muito especiais para mim. ” – Franz, filho mais novo de Claus von Stauffenberg

“O rótulo ‘criminoso de guerra’ atribuído a meu pai não significa nada para mim. ” – Wolf, filho único do vice-Führer Rudolf Hess


Serviço

  • Livro:  Os Filhos de Hitler
  • Autor: Gerald Posner
  • Editora: Cultrix
  • Preço: R$ 56
  • Páginas: 296

Sobre o autor == GERALD POSNER foi um dos mais jovens advogados contratados pelo escritório de advocacia Cravath, Swaine & Moore, de Wall Street e o célebre autor de vários livros, entre eles, três best-sellers do New York Times e um finalista do Prêmio Pulitzer de História. Posner escreveu dezenas de artigos para revistas e jornais nos Estados Unidos, e tem sido colaborador regular da NBC, do History Channel, da CNN, Fox News, CBS e MSNBC. Mora em Miami (EUA) com a esposa, a escritora Patricia Posner. É autor da biografia “Mengele: A História Completa do Anjo da Morte de Auschwitz”, obra clássica e best-seller internacional publicado no Brasil pela Editora Cultrix.

Sobre o Grupo Editorial Pensamento == Desde 1907, o Grupo Editorial Pensamento publica livros para um mundo em constante transformação e aposta em obras reflexivas e pioneiras. Na busca desse objetivo, construímos uma das maiores e mais tradicionais empresas editoriais do Brasil. Hoje, o Grupo é formado por quatro selos: Pensamento, Cultrix, Seoman e Jangada e possui em catálogo aproximadamente 2 mil títulos, publicando cerca de 80 lançamentos ao ano. Ao longo de sua trajetória, o Grupo Editorial Pensamento aposta em mensagens que procuram expandir o corpo, a mente e o espírito. Mensagens que emanam energia positiva e bem-estar. Mensagens que equilibram o ser. Mensagens que transformam o mundo. <<Com apoio de informações/fonte: Aspas e Vírgulas Assessoria de Comunicação / Marcelo >>


d