Muitas das obstruções nas tubulações de esgoto são ocasionadas pelo mau uso da rede e podem ser evitadas com gestos simples, como o descarte correto do óleo de cozinha. O resíduo, quando lançando de forma inadequada nas redes coletoras, sobrecarrega e obstrui as instalações. Com isso, o resultado final pode ser o retorno do efluente para dentro do imóvel ou o rompimento da rede, causando vazamentos na rua e, consequentemente, mau cheiro.

O correto é armazenar todo óleo de fritura em garrafas plásticas e entregá-las em pontos de coleta para, assim, ser reutilizado na fabricação de sabão ou em outras finalidades. Outra solução é a instalação da Caixa Retentora de Gordura, que sozinha faz o trabalho de separar a gordura, deixando ir para a rede coletora somente o esgoto. Este equipamento é obrigatório em bares e restaurantes e sua limpeza fica por conta do cliente. Seja consciente e descarte o óleo de forma correta.

A Companhia de Saneamento Básico (Sabesp) possui o  Programa de Reciclagem do Óleo de Fritura tem como objetivo minimizar os impactos ambientais do descarte incorreto de óleo de fritura no solo e nas águas.

Atualmente, o Brasil produz 3 bilhões de litros de óleo vegetal comestível por ano, segundo levantamento feito pela Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove). O despejo de óleo de fritura usado, irregularmente no meio ambiente pode poluir rios, lagos e comprometer a vida nestes habitats. Pela Internet e redes sociais circula a informação de que 1 litro de óleo pode prejudicar até 25 mil de litros de água. No próprio solo, o lançamento indevido também é prejudicial, causando a proliferação de microorganismos e danos às plantas.

Jogar óleo de fritura nos ralos também provoca entupimentos nas instalações internas e nas próprias redes de coleta de esgotos. Restos de lixo, muitas vezes jogados indevidamente pela população, aglutinam-se com o óleo e formam uma barreira rígida de sujeira.

A Sabesp, desde 2007, engajou-se, em projetos alternativos para reciclagem e aproveitamento do óleo de cozinha. Na época foi firmada parceria com a Sociedade de Amigos de Bairro Cerqueira César (SAMOORC) e a ONG Trevo para uma campanha pioneira de coleta de óleo de fritura na região.

Para ajudar, a Sabesp possui o Programa de Reciclagem de Óleo de Cozinha (PROL) e disponibiliza vários pontos de coleta nas regiões que atende. As informações podem ser obtidas pelo telefone: (11) 2971-6372.

Na Zona Norte (Nordeste e Noroeste) tem os pontos de coleta:

  •    Agência de Atendimento Vila Nova Cachoeirinha – Av. Deputado Emilio Carlos, 3900
  •    Agência de Atendimento Pirituba – Av. do Anastácio, 2445
  •    Agência de Atendimento Santana – Rua Antônio Pereira de Souza, 110
  •    Complexo Mirante – Rua Conselheiro Saraiva, 519

 

ObraFácil

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu nome agora