Toda 2ª feira, 4ª feira, 6ª feira e domingo, sempre às 21h30, o Sesc São Paulo promove a transmissão de um monólogo interpretativo diferente, direto da casa dos artistas. Até agora, a série já soma mais de 74 mil visualizações nas 19 apresentações realizadas. Nomes importantes do teatro brasileiro como Celso Frateschi, Georgette Fadel, Sérgio Mamberti, Cacá Carvalho, Gero Camilo e Matheus Nachtergaele já passaram por aqui.

CONTOS NEGREIROS DO BRASIL === Abrindo o fim de semana, na 6ª feira (19jun2020),  é a vez de conferir a adaptação do espetáculo-documentário Contos Negreiros do Brasil, do ator, diretor e articulador cultural Rodrigo França. Sob direção de Fernando Philbert, o espetáculo narra as dores, angústias, medos da população negra no Brasil, a partir de diferentes personagens – o negro gay, a idosa, a prostituta, o estudante – vítimas da desigualdade, da violência e da estereotipagem. O texto é de Marcelino Freire.  O ator Rodrigo França iniciou sua carreira no teatro e no cinema em 1992 e no ano passado ganhou o Prêmio Shell, na categoria Inovação pelo Coletivo Segunda Black. Cientista social e filósofo, é ativista pelos direitos civis, sociais e políticos da população negra no Brasil.

SIM – CÉREBRO/CORAÇÃO === E no domingo (21jun2020), a atriz e produtora Mariana Lima encena, de sua autoria, a peça SIM – Cérebro|Coração em conferência para a terra. O monólogo adapta a estrutura dramatúrgica da peça Cérebro Coração, que estreou em 2018 e foi encenada mais de cem vezes em diversas cidades do país. Assuntos como neurociência, memória, linguagem, cérebro e coração estão dispostos nos fragmentos e passagens escolhidos pela atriz e autora em parceria com os diretores Enrique Diaz e Renato Linhares, tendo como cenário o único lugar recomendável para este momento, a sua casa. O texto é o resultado de um longo processo criativo vivido por Mariana nos últimos sete anos. Motivada pela leitura de Em Busca do Tempo Perdido, de Marcel Proust, e por uma série de acontecimentos pessoais, ela começou a pesquisar, improvisar e escrever sobre memória, linguagem e neurologia. A classificação indicativa é de 14 anos.


ONDE ASSISTIR:      youtube.com/sescsp      ou      instagram.com/sescaovivo


O QUE JÁ FOI AO AR === Até aqui, o Teatro #EmCasaComSesc apresentou 19 espetáculos a uma audiência de mais de 74 mil visualizações. Já passaram pela série os artistas Celso Frateschi, interpretando, de sua autoria, Diana, Georgette Fadel em Terror e Miséria no Terceiro Milênio, de Bertolt Brecht, Sérgio Mamberti em Plínio Marcos, Um Homem do Caminho, Ester Laccava com Ossada, Jé Oliveira em Farinha com Açúcar ou Sobre a Sustança de Meninos e Homens, de sua autoria, Gustavo Gasparani em Ricardo III, de Shakespeare, Lavínia Pannunzio com Elizabeth Costello, Grace Passô, interpretando Frequência 20.20, Denise Weinberg em O Testamento de Maria, Ailton Graça com Solidão, Cacá Carvalho em O Carrinho de Mão in A Poltrona Escura, Bete Coelho interpretando Mãe Coragem, Gero Camilo em A Casa Amarela, Eduardo Mossri com Cartas Libanesas e Cláudia Missura em Paixões da Alma, Matheus Nachtergaele com seu Desconscerto, o ator pernambucano Dinho Lima Flor com o espetáculo Ledores no Breu, Jhonny Salaberg em Buraquinhos ou o vento é inimigo do Picumã e Cassio Scapin com Eu Não Dava Praquilo .

+ Sesc Digital ===  A presença digital do Sesc São Paulo vem sendo construída desde 1996, sempre pautada pela distribuição diária de informações sobre seus programas, projetos e atividades e marcada pela experimentação. O propósito de expandir o alcance de suas ações socioculturais vem do interesse institucional pela crescente universalização de seu atendimento, incluindo públicos que não têm contato com as ações presenciais oferecidas nas 40 unidades operacionais espalhadas pelo estado. Por essa razão, o Sesc apresenta o Sesc Digital, sua plataforma de conteúdo! – Saiba+: sescsp.org.br


<<Com apoio de informações/fonte: Conteúdo Comunicação /Luciano Pereira | Isadora Bertolini | Roberta Montanari >>

LimpaSP – estréia

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu nome agora