A Natura passará a servir nos restaurantes dos seus espaços um cardápio especial às segundas-feiras que substituirá a proteína animal pela proteína vegetal. Vinculada ao movimento Segunda Sem Carne, presente em mais de 40 países e promovido no Brasil pela Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB), a iniciativa é a primeira do país em uma empresa de grande porte. Mais de 4,5 mil colaboradores serão beneficiados e convidados a refletir sobre os impactos das suas escolhas de consumo.

O diretor de Remuneração e Benefícios, Marcos Milazzo, explica que a mudança ocorrerá de forma gradual, retirando nesse primeiro momento as carnes bovina e suína do cardápio de segunda-feira para permitir a adaptação dos colaboradores. “Envolvemos diversos times para embarcar nesse movimento. Além do tom convidativo para experimentar novos hábitos e sabores, queremos mobilizar nossa rede de colaboradores para a importância das escolhas individuais no cuidado com o meio ambiente”, avalia.

A decisão da empresa de aderir ao movimento levou em conta que um dos maiores danos causados ao meio ambiente vem do consumo excessivo de carne bovina. No Brasil, a pecuária impacta principalmente no desmatamento da região amazônica, com a criação de pastos e o cultivo de plantações que servem de ração para os animais, o que também aumenta a emissão de gases de efeito estufa.

Com a implementação da Segunda Sem Carne, a Natura estará ajudando a preservar, por ano, o equivalente a aproximadamente 500 hectares de vegetação — o tamanho de dois Parques Ibirapuera, em SP — e a economizar 5 milhões de litros de água — ou 40 mil de banhos de 15 minutos. Além disso, será evitado o consumo de 1,5 milhão de kg de grãos de soja, que normalmente vão para produção de ração animal, e reduzidas as emissões de gases do efeito estufa em 1,5 milhão de kg — o mesmo que retirar de circulação 330 mil carros ao longo de um ano. ”Entendemos que todos precisamos fazer a nossa parte, dia a dia, para gerar impacto positivo a partir de escolhas mais conscientes”, comenta Marcos.

A equipe de nutricionistas, chefs e cozinheiros que trabalham nos restaurantes da Natura foram capacitados a produzir receitas que substituem a proteína animal pela vegetal, preservando balanceamento de nutrientes, textura e sabor. “Aplaudimos a Natura por ter a visão e a iniciativa para promover uma pequena mudança que faz toda a diferença e inspira a melhoria de hábitos, um dia de cada vez”, diz Mônica Buava, gerente de campanhas da SVB.

O lançamento da ação faz parte da Semana de Sustentabilidade, promovida pela empresa entre seus colaboradores de 5 a 9 de novembro.

Sobre a Natura ==  Fundada em 1969, a Natura é uma multinacional brasileira de higiene e cosmética. Líder no setor de venda direta no Brasil, com mais de 1,7 milhão de consultoras, faz parte da Natura &Co, resultado da combinação entre as marcas Natura, The Body Shop e Aesop – que registrou R$ 9,9 bilhões de receita líquida em 2017. Para mais informações sobre a empresa, visite www.natura.com.br e confira os seus perfis nas redes sociais: LinkedIn, Facebook, Instagram, Twitter e YouTube.

Sobre a Sociedade Vegetariana Brasileira == Fundada em 2003, a Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB) é uma organização sem fins lucrativos que promove a alimentação vegetariana como uma escolha ética, saudável, sustentável e socialmente justa. Por meio de campanhas, programas, convênios, eventos, pesquisa e ativismo, a SVB realiza conscientização sobre os benefícios do vegetarianismo e trabalha para aumentar o acesso da população a produtos e serviços vegetarianos. Para mais informações, acesse www.svb.org.br ou nos  perfis da SVB no Instagram, Facebook e Youtube.

< com apoio de informações/fonte: Valle da Midia >

 

 

CN Institucional

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu nome agora