Se não impossível, é quase inconcebível a ideia de conhecer alguém que não ame viajar. Porém, muitas pessoas não se animam com a expectativa de viajar sem companhia e acabam deixando de realizar grandes sonhos, além de perder experiências incríveis, por isso desbravar o desconhecido sozinho têm sido uma opção de viagem para alguns.

A pilota de teste, Eliana Malizia, viaja há mais de 18 anos por diversos países para testar novos carros, motos, produtos e equipamentos. Entre suas viagens a trabalho, ela aproveita para conhecer novos lugares e divulgar dicas no seu blog. “O fato de ter uma companhia significa também ter uma segurança a mais nos passeios, mas é preciso pensar fora da caixinha e se arriscar. A adrenalina, liberdade e conexão com outras culturas se tornam momentos únicos. E, claro, enfatizo que viajar sozinha e de moto é ainda melhor”, destaca a pilota que é apaixonada pelo veículo.

As vantagens desse tipo de viagem, em geral, giram em torno de fazer novos amigos, uma vez que somos mais propensos a conversar com estranhos quando estamos sozinhos. Sendo assim, o contato com pessoas locais e de diferentes ideias se expande. Além disso, como é necessário tomar decisões mais rápidas, a independência também aumenta, agregando características benéficas no dia-a-dia e fornecendo mais a liberdade e autonomia para tomada das decisões. Esses momentos trazem amadurecimento e reflexões de autoconhecimento já que viajantes solos costumam comentar se surpreender o tempo todo com o que são capazes de fazer e enfrentar.

“Os momentos mais intensos que já vivi foram em cima de uma moto, na estrada e sozinha. Um turbilhão de sentimentos se misturam com o vento e com o cheiro de mato. Já chorei, já gritei de alegria, mas também já tive grandes momentos de inspiração”, ressalta a pilota.

Para quem pretende viver grandes aventuras sob duas rodas como ela, Eliana recomenda atenção e lembra que cada modelo de moto possui tipos diferentes de pneu e suas próprias características. Além disso, recomenda anotar números de ajuda, guinchos, levar água, barras de cereais, protetor solar e produtos que reparem o furo dos pneus de moto, facilmente encontrados em lojas especializadas.

O primeiro passo para quem quer encarar o desafio é sair da zona de conforto e tomar coragem para conhecer o mundo. Com isso, várias histórias repletas de pessoas incríveis irão surgir. Então, arrume a sua mala e fuja da rotina! Melhor que desfrutar de uma viagem sozinha, desfrute do “prazer de viajar sozinha de moto”.

<com apoio de informações/fonte:  Valle da Mídia >

Center Norte Youtube

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu nome agora