da Redação DiárioZonaNorte ==

O Sindicato dos Metroviários realizou na noite desta 3a. feira (03/03), assembleia com com seus associados, onde foi decidido a  suspensão da greve programada nesta  4a. feira (04/03).

A categoria reivindica o pagamento da PR – Participação nos Resultados, que deveria ter acontecido no dia 28/02.  O não pagamento contrariou uma decisão judicial do Tribunal Superior do Trabalho (TST),  que pôs fiz à campanha salarial do ano passado.

Em reunião na tarde desta 3a. feira, no TST, foi determinado que a Companhia  do Metropolitano de São Paulo – Metrô  deverá pagar a primeira parcela daqui a uma semana, pelo valor mínimo.

Em nota, o Sindicato afirma que  “a empresa interrompeu unilateralmente  as negociações, retirou o pagamento de adicional de periculosidade dos trabalhadores nas áreas de pintura, oficinas de pintura e escada rolante. Esse tema também foi discutido no TRT”.

ObraFácil

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu nome agora