Neste dia 19 de junho comemora-se 10 anos da criação da Lei que reduziu a tolerância para a quantidade de álcool no organismo – A Lei Seca. Somados a uma maior fiscalização nos últimos anos a mudanças nas punições para os motoristas que cometerem infrações ao volante sob o efeito de álcool, os resultados na diminuição no número de acidentes já vem aparecendo.

“Em 2012 tivemos uma alteração importante com o advento da Nova Lei Seca, que considerou infração a ingestão de qualquer quantidade de álcool e aumentos significativos nas multas e penalidades. Em 2018, uma alteração legislativa trouxe a expectativa de se aumentar o caráter preventivo, com a punição mais rígida por parte do Estado para aqueles que causarem acidentes ao volante, quando embriagados, inclusive com um apenamento que passa de cinco a oito anos, até mesmo em regime fechado para os casos mais graves, o que é uma novidade importante”, destaca o especialista em Direito e Processo Penal, sócio do escritório Pantaleão Advogados Associados, Leonardo Pantaleão.

Pantaleão esclarece ainda que, mesmo com o maior rigor, sempre cabe a interpretação após a análise do caso concreto para se identificar o caráter de dolo eventual (com intenção) e culposo (sem intenção). Em caso de dolo, segundo o jurista, o rito é diferenciado e a pena pode alcançar até 20 anos de prisão.

Sobre o CPJUR  ===  Com foco no desenvolvimento de estudantes e profissionais de todo o Brasil que buscam capacitação e aprimoramento de conhecimentos na carreira jurídica publica ou privada, o Centro Preparatório Jurídico (CPJUR) promove cursos para o Exame da OAB, Concursos Públicos e Pós-graduação nas modalidades presencial, telepresencial e online. Com investimentos na qualidade de seu corpo docente, formado pelos principais juristas do Brasil; profissionais de atendimento com vasta e comprovada experiência no segmento; salas de aula com padrão de excelência e moderna tecnologia de transmissão, visa oferecer soluções inovadoras e adaptadas às necessidades de mercado, com a personalização e atualização constante exigida pelo ramo do Direito.  <<com apoio de informações ML&A Comunicação>>

LimpaSP – estréia

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu nome agora