da  Redação DiárioZonaNorte ==

A 56ª  Edição da  Equipotel  – a maior feira de hospitalidade da América Latina, sediou o II Fórum Brasileiro dos Hotéis Independentes. O evento  aconteceu no dia 19 de setembro, no  São Paulo Expo e foi promovido pela  Ameris by Nobile,  soft brand da Nobile Hotéis.  Cerca de 450   profissionais da área acompanharam os painéis.

Fórum Brasileiro de Hotéis Independentes   nasceu com o  propósito de contribuir com o desenvolvimento do setor hoteleiro, criando um espaço de debates e soluções  dos principais aspectos da indústria da hospitalidade  e os desafios que envolvem o segmento de hotéis independentes. Esses atuam sem o apoio de uma rede ou  marca hoteleira.

Idealizado por Roberto Bertino, fundador e presidente do Grupo Nobile e ex-hoteleiro independente, o Fórum Brasileiro de Hotéis Independentes 2018  está em sua segunda edição. A primeira  foi realizada no mês de abril no  complexo Wyndham Garden Convention Nortel,  na Zona Norte de São Paulo.

Números do setor  ===  A hotelaria independente  detém 64,4% da oferta hoteleira nacional, o que equivale a 9.206 hotéis e 348.784   quartos disponíveis no mercado, de acordo com o relatório Hotelaria em Números – Brasil  2018,  da consultoria Jones Lang LaSalle  (JLL) e com apoio do  FOHB (Fórum de Operadores Hoteleiros  do Brasil).

Ainda de acordo com o  estudo, a Nobile detém  a 3ª posição no ranking das 50 maiores cadeias e administradoras hoteleiras do Brasil (54 hotéis e mais de 11.700 quartos) e a 1ª posição entre as redes de capital genuinamente nacional, com um  faturamento  em 2017 da ordem de 264 milhões de reais e a projeção para 2018 de  320 milhões de reais

Caminhando e Semeando ===  O executivo  Roberto Bertino  elencou os propósitos do evento e o que ele representa para a hotelaria brasileira. Falou sobre sua trajetória, inciada na hotelaria independente e se mostrou conhecedor dos desafios enfrentados diariamente pelos hoteleiros.   Lembrou que “o  que vale na  vida não é o ponto de partida e sim a caminhada. Caminhando e semeando, no fim terás o que colher”…   O poema de autoria de  Cora Coralina  de certa forma sintetiza o caminho oferecido pela Ameris by Nobile:  uma ruptura com padrões pré-estabelecidos (ponto de partida),  agregar ao negócio know how de um grupo hoteleiro forte (caminhar e semear) e expansão e lucratividade do negócio (colheita)

Na plateia, destacamos a presença de Emíria Bertino (Diretora de Qualidade e Processos da Rede Nobile), Michele Tavares (Diretora Regional de Vendas da Rede Nobile) e Rodrigo Vallejo (Gerente Geral do  Wyndham Garden Convention Nortel) e Adriana Paiva (Líder do Projeto Ameris By Nobile).

Painéis  ==  Durante a segunda edição do Fórum,   que foi conduzido pelo experiente  mestre de cerimônias Anderson Silva,   foram discutidos o  poder de compra e  poder de venda do hoteleiro, padrões operacionais,  tecnologia e fidelização de clientes.   Entre os palestrantes, profissionais do primeiro time da hotelaria nacional.

O primeiro painel abordou o tema  as “Mudanças na hotelaria que nos desafiam”  e para discutir o assunto foram convidados: Roland Bonadona (CEO Bonadona Hotel Consulting);  Diego Garcia (Diretor de Vendas Estratégicas Nacional do Grupo Nobile);  Rafael Guaspari (Diretor Sênior de Desenvolvimento Grupo Nobile);   Phillipe Godefroit (Gerente Geral do Hotel Gran Marquise) e Moema Wertheimer (arquiteta e CEO da Moema Wertheimer Arquitetura).  Entre os assuntos debatidos estão o impacto da tecnologia e a economia global no segmento.

Competitividade  ===  O segundo painel foi conduzido por  Roberto Bertino  e teve como tema “Como criar vantagens competitivas para seu hotel”. Roberto contou sua origem  no ramo hoteleiro e lembrou que, a  hotelaria é “um negócio de centavos e cada um deles conta”.  Aspectos como a falta de capilaridade e a ausência de investimentos em tecnologia tornam os hotéis dependentes das OTAS (Online Travel Agencies ou Agências de Viagens Online).

Para dar competitividade ao hoteleiro independente, o Grupo Nobile concebeu a Ameris By Nobile –  uma  plataforma de atuação conjunta da Nobile com hotéis independentes afiliados.  A lógica é simples: ao agrupar os  hotéis sob uma soft brand criam-se facilidades e economia, inviáveis no modelo de negócio franquia.    Lançada em abril de 2018, a Ameris By Nobile já agrega  82 hotéis. Roberto Bertino demonstrou através de gráficos e comparativos que, com a Ameris By Nobilie  o hoteleiro terá um incremento de 30% nas vendas.  “Só ganharemos em cima daquilo que vendermos. Isto representa só 1,65% do seu lucro total. Os números convencem”, encerrou  ele.

A plataforma oferece  cinco pilares:

Poder de venda == Os hotéis integrados à plataforma vão se filiar ao terceiro maior grupo hoteleiro do país, mantendo sua administração independente e   terão à disposição mais de 1,6 milhão de clientes da rede Nobile Hotéis,  com uma equipe comercial de atuação nacional e com mais de 70 profissionais e que realiza mais de 80 mil visitas por ano e tem acordos   preferenciais com Abracorps (Contas corporativas) e TMC’s (Agências de Viagens Especializadas em Contas Corporativas), Vendas Globais (RFPs) e  promoções online e offline.

Poder de compra:  A plataforma conecta com o  HotelShop –   portal de compras com acesso de mais de 3.500 hotéis,  fornecedores homologados que garantem o menor preço e condições de compra,  itens do master list de um hotel com especificações;  processo de cotação eletrônico e  seguro;  faturamento direto do fornecedor ao hotel e taxa de serviço do portal aplicado sobre o valor da compra entre  3 a 5%%,  que  mesmo assim,  é mais barato que o preço de mercado para ter uma solução gestão de operação e listagem de fornecedores.

Tecnologia:   os hotéis independentes que aderirem à plataforma terão a sua disposição com um novo site e aplicativo que facilita o contato entre hóspedes e hotéis. Do  ponto de vista operacional, os hoteleiros contarão com automação de pagamentos, do pré check-in, entre outras coisas, além de controle da venda dos quartos.

Padrões e procedimentos: a  Nobile Hotéis implanta  manuais operacionais para recepção, governança, manutenção e o uso do soft brand Ameris By Nobile. O hotel participante receberá uma placa da Ameris By Nobile na entrada do hotel.   Com os manuais, o hotel tem acesso à experiência de 10 anos da Rede Nobile e pode com isso, padronizar procedimentos e reduzir custos de forma inteligente.  Não há necessidade de fazer um retrofit nas instalações do hotel.

Fidelização: A Ameris by Nobile garante um plano que conta com 200 mil clientes fidelizados ao Nobile Plus,  que oferece aos hóspedes recompensas pelas experiências, personalização da experiência (early check-in, late check-out),  upgrade de categoria,  upselling,  marketing integrado,  ações de marketing direcionadas,  relacionamento direto, maior retenção e engajamento dos clientes e menor custo com comissões.

Ameris By Nobile foi dividida em  categorias:  Upscale,  Upper Midscale, Midscale e Economy  e   não exige custo fixo para o hotel e nem 100% de seu estoque, permitindo que ele mesmo regule o número de quartos que quer distribuir pelo canal.

Terceiro Painel  ==  O terceiro painel apresentou o tema “Vendas e Distribuição”  e teve como debatedores Ricardo Pompeu (Diretor Sênior de Vendas e Marketing do  Grupo Nobile) e Tatiana Velvezor (Diretora da Sabre).

Tatiana comentou a importância do  Global Distribuition System – GDS  (Sistema de Distribuição Global)  da  Sabre. O sistema  registra o processamento de 1,1 trilhões de mensagens  por ano. Em 2017 foi gerada uma receita de   US$ 110 bilhões em vendas de viagens em 2017, detendo  50% do market share global da hotelaria.  O GDS solidifica e agrega uma força de vendas para o hotel e permite sua entrada no mercado corporativo.

Quarto e  último painel ==  Com o tema “Panorama Futuro da Hotelaria Brasileira”, o último painel teve como convidados Bruno Omori (presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Estado de São Paulo – ABIH); Rafael Guaspari (Diretor Sênior de Desenvolvimento Grupo Nobile) e Caio Calfat (Vice-Presidente de Assuntos Turísticos – Imobiliário do SECOVI-SP).  Entre os assuntos debatidos, estava o Airbnb (um serviço online comunitário que oferece acomodações e meios de hospedagem) e o que o setor hoteleiro tem a aprender com ele.

Presença na Feira ==  O Grupo Nobile participou pela primeira vez da Equipotel  com um estande,  juntamente com as empresas  Ameris By Nobile e HotelShop.   O espaço foi desenvolvido pelo escritório de arquitetura de Paulo Lúcio de Brito Arquitetura de Hotéis. 

No projeto, os limites entre uma empresa e outra eram visuais e não físicos.  O elemento em comum era o bar do estande, que tinha como função integrar os ambientes.  Por meio de um simulador virtual em realidade 3D, os clientes puderam visitar  dois apartamentos modelos das bandeiras Nobile Inn e  Nobile Hotel & Suítes.

Center Norte Youtube

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu nome agora