Exclusivo Rádio Bandeirantes: Hospitais particulares pedem leitos de UTI no SUS

Hospitais particulares de São Paulo estão pedindo leitos de UTI na rede pública. Foi o que revelou em primeira mão a José Luiz Datena, na Rádio Bandeirantes, o secretário municipal da Saúde, Edson Aparecido.

“Só nos últimos quatro dias, recebemos solicitação de 30 vagas de hospitais privados. Hospital privado pedindo leito no Sistema Único de Saúde. Nunca aconteceu isso no país. Trinta leitos de UTI solicitados por hospitais privados na nossa rede. Nem quem tem convênio está conseguindo tratamento”.

A Rádio Bandeirantes obteve a lista completa dos hospitais privados que solicitaram vaga de UTI na rede pública na cidade de São Paulo:

  • Albert Sabin1 vaga
  • Nove de Julho – 1 vaga
  • Edmundo Vasconcelos – 1 vaga
  • Lefort – 1 vaga
  • Vida’s – 1 vaga
  • Nossa Senhora de Lourdes – 1 vaga
  • Aviccena – 1 vaga
  • Igesp – 2 vagas
  • São Camilo – 2 vagas
  • Maternidade São Miguel – 2 vagas
  • Nipo Brasileiro – 3 vagas
  • IAVC – 3 vagas
  • Santa Paula – 3 vagas
  • Santa Virgínia – 3 vagas
  • São Cristóvão – 5 vagas
Saúde na Zona Norte

Ainda, durante a entrevista, José Luiz Datena questiona o secretário Edson Aparecido sobre a determinação da Promotoria de Justiça e Patrimônio Público,  do Ministério Público do Estado de São Paulo (MP-SP),  para que  a Prefeitura de São Paulo rescindisse os contratos com a Organização Social (OS) Instituto de Atenção Básica e Avançada à Saúde (Iabas) e o andamento do processo de escolha de uma OS sucessora.

A Iabas, que administra uma parte da rede municipal de Saúde na Zona Norte de São Paulo,  é alvo no MP-SP do processo n. 66.0695.0000385/2020-8, que investiga supostas fraudes da OS em São Paulo e é oriunda das CPI das Quarteirizações da Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo. A rescissão dos contratos não encerra a investigação.   A recomendação da Promotoria de Justiça e Patrimônio Público da capital era que o rompimento ocorresse no dia 15 de janeiro de 2021. 

A íntegra da entrevista está disponível no canal da Rádio Bandeirantes no YouTube.

www.radiobandeirantes.com.br

www.twitter.com/RBandeirantes

www.facebook.com/radiobandeirantes

www.youtube.com/radiobandeirantesoficial

d

<com apoio de informações: Imprensa Grupo Bandeirantes>