da Redação DiárioZonaNorte

Uma grande surpresa no Diário Oficial da Cidade desta 4ª feira (13/02/2019),  com a indicação do ex-deputado federal (8 legislaturas) Arnaldo Faria de Sá como novo Subprefeito do Jabaquara. Dentro das composições politicas, o prefeito Bruno Covas escolheu o nome do Partido Progressista-PP.  Nas eleições de 2018, Faria de Sá não conseguiu a reeleição com 78.593 votos (0,42%). Na Subprefeitura do Jabaquara, ele substitui a subprefeita Maria de Fátima Marques Fernandes.

Ouvido nesta manhã pelo DiárioZonaNorte, o ex-deputado disse que recebeu um pedido especial do prefeito Bruno Covas para “cuidar da zeladoria”. O novo subprefeito do Jabaquara disse que aguarda hoje uma comunicação do Secretário Municipal das Subprefeituras, Alexandre Modonezi de Andrade, para “tomar posse”, junto com o novo Chefe de Gabinete,  Edilberto Ferreira Beto Mendes, que foi indicado por ele. Sobre perspectivas de atuação como subprefeito,  Faria de Sá disse que “vamos fazer primeiro um levantamento das reivindicações para tomar as medidas”.

Como deputado federal por 32 anos (8 legislaturas consecutivas), Arnaldo Faria de Sá buscou ajudar os aposentados e os recebia em seu QG parlamentar na Av. Engº George Coibisier, também no Jabaquara.

Abaixo, o perfil do ex-deputado no Wikipédia:

(*) Arnaldo Faria de Sá (São Paulo, 30/12/1945) é  advogado, contabilista, radialista, professor, politico brasileiro. Foi deputado federal por São Paulo em 8 mandatos.

Conhecido por suas opiniões e posturas polêmicas e conservadoras, tornou-se famoso aos olhos do grande público como comentarista político do jornalístico Record em Notícias  (1973-1996), popularmente chamado de Jornal da Tosse, a partir de 1978. Ingressou na atividade parlamentar ao ser eleito deputado federal constituinte pelo PTV  em 1986. Pelo recém-fundado Pardido da Juventude (PJ) candidatou-se, nas eleições de 1988, à vice-prefeitura de São Paulo dentro da chapa de Paulo Maluf (PDS) . Ambos seriam derrotados por Luiza Erundina (PT), política que, por sua vez, se converteria em um dos principais alvos de suas críticas no Record em Notícias.

O PJ acabou se tornando o embrião do Partido da Reconstrução Nacional (PRN) , fundado em 1989 para subsidiar a candidatura de Fernando Collor de Melo à presidência da República. Arnaldo Faria de Sá seria um dos principais coordenadores de sua campanha no estado de São Paulo e, quando da vitória e posterior posse de Collor em 15 de março de 1990, se tornaria o vice-líder de seu governo na Câmara dos Deputados (o líder, em um primeiro momento, era Renan Calheiros). Rompeu com Collor em 1991, saindo então do PRN e filiando-se ao PFL e pouco tempo depois ao PPB.

Ocupou o cargo de Secretário Municipal de Esportes, Lazer e Recreação de São Paulo entre 1993 e 1994 durante a administração de Paulo Maluf. Preencheu ainda o cargo de Secretário de Governo da Prefeitura Municipal de São Paulo em 2000, no momento de maior crise dentro da gestão de Celso Pitta.  Membro da Frente Parlamentar de Entidades Civis e Militares em Defesa da Previdência Pública, destaca-se pela experiência no que toca ao regimento da Câmara Federal, e na defesa de aposentados.

Foi eleito deputado federal  em 2014, para a 55ª legislatura (2015-2019),  pelo PTB. Votou a favor do Processo de Impeachment de Dilma Rousseff.  Já durante o Governo Michel Temer,  votou contra a PEC do Teto dos Gastos Públicos.  Em abril de 2017 foi contrário à Reforma Trabalhista. Em agosto de 2017 votou a favor do processo em que se pedia abertura de investigação do então presidente Michel Temer.

Em março de 2018, deixou o PTB,  por divergência ao comando do partido. Ingressou posteriormente no Partido Progressista (PP).  Após 8 mandatos consecutivos, não conseguiu a reeleição em 2018.

ProntVet

1 COMENTÁRIO

  1. Parabenizo o ex deputado Arnaldo Faria de Sá pelo novo cargo assumido.Tenho certeza que será cumprido com o toda a retidão que caracteriza sua personalidade.
    Devo-lhe muitos agradecimentos pela atenção que me dispensou quando ainda atuava como parlamentar.
    Deus lhe ilumine nesta nova tarefa !
    Obrigado.
    Cordialmente.
    JOSE GERALDO DE SOUZA- RIO POMBA -MG- (32) 9 88178850

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu nome agora