A Shell Brasil está com inscrições abertas até o dia 10 de setembro (2ª feira)  para a primeira turma de uma série de aulas à distância sobre empreendedorismo idealizadas pela empresa. O projeto é um braço do programa Shell Iniciativa Jovem (ver abaixo), que funciona como uma pré-aceleradora de startups e promove a capacitação de jovens empreendedores. Interessados devem acessar/link: www.iniciativajovem.org.br/ead.

A empresa vai disponibilizar vagas para os 250 primeiros inscritos, que podem ser de qualquer parte do Brasil. O primeiro módulo, que terá como tema “Empreendedorismo e competências do futuro”, será disponibilizado no dia 12 de setembro e estará acessível até o dia 11 de outubro. Após finalizar as etapas, o empreendedor receberá um certificado de conclusão de 16 horas.

Sobre o Iniciativa Jovem === O objetivo do programa é incentivar a geração de trabalho e renda e ajudar empreendedores a se desenvolverem, formarem redes colaborativas e prosperarem suas ideias, criando soluções criativas para as demandas do mercado de maneira socialmente responsável.

O programa é executado pelo Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável – CIEDS – veja site.  Os empreendedores que participam desta inicativa são engajados em atividades conjuntas, como palestras e workshops, que visam aproximá-los e propiciar o trabalho em rede.

Ideias e projetos ===  Ideias inovadoras e muito trabalho são fatores fundamentais de um projeto de sucesso. Por isso, a Shell Brasil desenvolve o Iniciativa Jovem, um programa de empreendedorismo que oferece suporte e estrutura para que jovens de 20 a 34 anos transformem ideias em negócios próprios.

Lançado no Rio de Janeiro em 2001, o Iniciativa Jovem é uma adaptação do Shell LiveWire, criado em 1982 e hoje presente em 14 países. Atualmente, é executado pelo CIEDS Brasil e tem apoio institucional do Instituto Euvaldo Lodi do Rio de Janeiro (IEL/RJ) e parceria com o SEBRAE/RJ, dentre outras instituições.

O objetivo do programa é contribuir para uma economia mais dinâmica, gerando oportunidades e reforçando o compromisso da empresa com o desenvolvimento sustentável. Ao longo de sua história, o programa teve cerca de 11 mil jovens inscritos.

Mais de 1.000 jovens foram capacitados e 370 planos de negócio elaborados. O programa oferece, àqueles que chegam ao fim do processo, a oportunidade de receber o Selo Shell Iniciativa Jovem Empreendedimento Sustentável e ingressar na rede de jovens empreendedores.  Até hoje, cerca de 176 jovens já receberam este selo.

A rede cresce === Em 2006, foi criada a Rede de Empreendimentos Sustentáveis — formada com as empresas certificadas pelo programa e na qual o programa exerce a função de orientador, estimulando as relações institucionais e comerciais entre os empreendimentos e também com o mercado.

Atualmente, a rede conta 52 empreendimentos, que geram 233 postos de trabalho e tem faturamento anual médio de R$ 12 milhões.

O Shell Iniciativa Jovem recebeu, em 2002, a chancela da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). Para a entidade, o projeto contribui para aumentar a participação ativa de jovens na sociedade, ao promover maior inserção social e o protagonismo juvenil.

Segundo a Unesco, o programa incentiva a geração de oportunidades criando novas perspectivas de geração de renda e trabalho, prioritariamente aos jovens de baixa renda. <<Com apoio de informações/fonte: Assessoria de Imprensa Shell do Brasil / Edelman Comunicação >>

 

LimpaSP – estréia

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu nome agora