A  torcida corinthiana, afamada por sua paixão sem limites que invade corações e territórios, tem por tradição fazer de qualquer lugar do planeta a sua morada. Do Oiapoque ao Chuí, no Brasil ou no Japão, “A Fiel” joga junto! E, a partir de 6 de junho (5ª feira), às 19 horas, o documentário  “A História de Um Sonho – Todas as Casas do Timão” estará nas telas em 20 salas do Cinemark de 19 cidades e preços especiais de R$12 (inteira) e R$6,00 (meia). É um novo capítulo para o cinema nacional, que estará exibindo o documentário em sessões de 2ª a 6ª feira, no mesmo horário. Tempo de exibição: 90 minutos.

Com a participação de jogadores, ídolos, comissão técnica, e torcedores “A História de um Sonho – Todas as Casas do Timão” traça a saga do Sport Club Corinthians Paulista desde a sua origem no terrão da várzea, passando pelos estádios em que fez história, como Maracanã, Morumbi, o então Palestra Itália, Vila Belmiro, Yokohama, entre outros, até a inauguração de uma das arenas mais modernas do mundo. Enfim, o “Bando de Loucos” reencontra um solo para chamar de seu.

Assista o trailer do documentário clique na imagem abaixo:

O documentário em produção da LEP Filmes, coprodução da Canal Azul e pelo Projeta às 7, parceria da distribuidora Elo Company mostra que onde o clube joga consegue transformar, com apoio de sua torcida, em sua própria casa. Ídolos como Vampeta, Marcelinho Carioca, Basílio e Cássio estão presentes no documentário relembrando jogos históricos nos mais diversos estádios em que o Corinthians se consagrou.

Com direção de Ricardo Aidar e Marcela Coelho, o filme é conduzido com histórias da construção da Arena Corinthians e também são relembrados os jogos e conquistas na Vila Belmiro, nas invasões da torcida ao Maracanã em 1976 e 2000, o título do mundial no Japão em 2012, as primeiras conquistas os inúmeros títulos levantados no estádio do Morumbi até as mais atuais vitórias em Itaquera, sem esquecer da importância que a Fazendinha, antigo estádio do time, tem para o clube e para os torcedores.

A diretora Marcela Coelho explica sobre a emoção de poder contar estas histórias. “Falar sobre o Corinthians é enfatizar a força, a luta, a fé, a esperança, a persistência e a garra, presentes nos corações alvinegros. Esse filme é uma declaração de amor ao torcedor corinthiano, uma espécie de agradecimento pela fiel parceria.”

Quem é a diretora Marcela Coelho ===  É jornalista e produtora de conteúdo para TV, cinema e internet, entre outras plataformas. Atuou como diretora de produção dos títulos “Palmeiras – O Campeão do Século”, “1976 – O Ano da Invasão Corinthiana”, “Libertados”, “Preto no Branco”, “Garrincha do Timão”, “Onde a Moeda Cai em Pé – A História do São Paulo Futebol Clube” e “Santos de Todos os Gols”. Ainda no campo esportivo, participou da produção da série “100 anos de Seleção Brasileira” exibida na Fox e Nat Geo e finalista do prêmio APCA.  Compôs a equipe de produção do longa metragem “Travessia” adaptação da peça “Grande Sertão: Veredas”, ambos dirigidos por Bia Lessa. Foi assistente de produção do “Mov3l MTV”, programa com temas cotidianos para o universo jovem, produzido pela Conspiração Filmes para a MTV. Despertou interesse em roteiro e direção após trabalhar com figuras de destaque na história do cinema brasileiro, como Kátia Lund e Lina Chamie. Chega para aumentar a representatividade feminina no cenário audiovisual nacional.

Quem é o diretor Ricardo Aidar === Formado em Administração de Empresas pela FGV é sócio- fundador da produtora Canal Azul, e fundador da Associação Brasileira das Produtoras Independentes de Televisão.  São mais de 50 obras como produtor executivo, com destaque para “Rebelião de Tubarões” exibido no Discovery Channel e vencedor do melhor documentário no Festival da Amazônia; “Spinner Dolphins” ganhador da Palma de Bronze no festival de Antibes na França; “Todas as manhãs do Mundo” série em parceria com a produtora Bonne Pioche; “Crianças Invisíveis” longa em coprodução com a Gullane Filmes, além das séries “O Continente Gelado” de Amyr Klink, “Pelos Caminhos de Che”, e “Across the Amazon”, todos em coprodução com o Canal National Geographic.  Em 2010, dirigiu o longa “Todo Poderoso: o filme – 100 anos de Timão” com distribuição pela Fox Films do Brasil. Em 2013 fez a direção geral de “100 anos de Seleção Brasileira” – série de 5 episódios exibidos na Fox e Nat Geo e finalista do prêmio APCA. Em 2014 dirigiu “Libertados”, documentário de 90 minutos em parceria com a Rede Globo de Televisão. Em 2016, dirigiu “1976 – O Ano da Invasão Corinthiana”. Em maio de 2019, mais um filme do diretor será lançado, “A História de um Sonho – Todas as Casas do Timão”.

FICHA TÉCNICA

Produção: LEP Filmes == Coprodução: Canal Azul == Direção: Ricardo Aidar e Marcela Coelho == Produção: Liz Reis e Ricardo Aidar == Direção de Fotografia: Flávio Murilo Freitas e Humberto Bassanelli == Produção Executiva: Jefferson Pedace e Liz Reis == Som Direto: Pixuto e Ricardo Fabiano Nascimento == Direção de Produção: Marcela Coelho == Montagem: Fernando Teshainer e Caio Rodriguez == Direção de Arte: Tiago Fernandes == Trilha Original e Mixagem: Duda Mark == Finalização: Dharma Cinematografia == Distribuição: Elo Company == Realização: Ancine; Governo do Estado de São Paulo == Patrocinadores: Aços Groth; Besni; Grupo BFA; Nacional Tubos; Quartzolit

Cinemark abre pré-venda do documentário == A Cinemark anunciou a pré-venda de “A História de Um Sonho – Todas as casas do Timão”, que chegará aos cinemas da Rede em 6 de junho. Para garantir lugar na sala, o público já pode comprar ingressos pelo App Cinemark, site (www.cinemark.com.br) e nas bilheterias dos cinemas participantes. As sessões do Projeta às 7 acontecem de 2ª a 6ª feira, às 19 h, por ingressos a R$ 12 (inteira) e R$6,00 (meia). Clientes Cinemark Mania e sócio torcedor do Corinthians pagam meia-entrada.

Complexos participantes em cada cidade:Aracaju (SE) == Belo Horizonte (MG) ==  Brasília (DF) ==  Campinas (SP) ==  Campo Grande (MS) ==  Cuiabá (MT) ==  Curitiba (PR) ==  Goiânia (GO) ==  Londrina (PR) ==  Manaus (AM) ==  Natal (RN) ==  Porto Alegre (RS) ==  Recife (PE) ==  Ribeirão Preto (SP) ==  Rio de Janeiro (RJ)  ==  Salvador (BA) ==  Santo André (SP) ==  Santos (SP) ==  São Caetano do Sul (SP) ==  São José dos Campos (SP) ==  Vitória (ES)

São Paulo (SP)

  • Aricanduva – Av. Aricanduva, 5555
  • Eldorado – Av. Rebouças, 3970
  • Market Place – Av. Dr. Chucri Zaidan, 920
  • Metrô Santa Cruz – Rua Domingos de Morais, 2564
  • Metro Tatuapé – Rua Domingos de Agostin, 91
  • Shopping D – Av. Cruzeiro do Sul, 1100
  • Shopping SP Market – Av. das Nações Unidas, 22540
  • Tietê Plaza Shopping – Av. Raimundo Pereira de Magalhães, 1465
  • Guarulhos (SP) == Internacional Shop. Guarulhos – Rod. Dutra, 397/650

Rede Cinemark no Brasil ===  Líder mundial em venda de ingressos, a Rede Cinemark representa cerca de 30% do mercado brasileiro de cinema e é maior que seus três principais concorrentes juntos, com 634 salas de cinema em 86 complexos distribuídos por 48 cidades em 17 estados e o Distrito Federal. É da Rede Cinemark a primeira sala de cinema em 3D da América do Sul, instalada no Shopping Eldorado, em São Paulo, que segue o padrão exigido pelos grandes estúdios americanos. Atualmente, a Rede conta com mais de 332 salas com a tecnologia de projeção em 3D no país. Em 2014, a Cinemark trouxe uma nova tecnologia, o D-BOX. As primeiras salas foram inauguradas no Shopping Villa Lobos, em São Paulo, e contam com um recurso que oferece comandos para as poltronas, que se movimentam para simular vibrações, quedas e trepidações. As poltronas D-BOX ainda têm um ajuste individual de velocidade, que permite que o público controle a intensidade dos movimentos. As poltronas D-BOX já estão presentes em 38 salas de 20 complexos. A Cinemark também trouxe ao Brasil a tecnologia Extreme Digital Cinema – XD, com telas maiores que as convencionais e uma sonorização ainda mais potente, reunindo o que há de mais moderno em tecnologia 2D e 3D. A tecnologia XD já está presente em 40 salas. A Rede também apresentou a primeira sala vip do país, com cardápio exclusivo e atendimento diferenciado desde a bilheteria até o serviço de snack bar. As salas vips Bradesco Prime oferecem também mais conforto, com poltronas que seguem o conceito da classe executiva dos voos internacionais.

<< Com apoio de informações/fonte:  Fernanda Thompson Estratégias/Contatos: Juliana Arruda e Maiara Costa >>

 

 

Center Norte Youtube

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu nome agora