A plant based diet é um novo conceito de alimentação que vem trazendo mudanças significativas no mercado alimentício. Uma das motivações foi o aumento da preocupação da população com relação à saúde, tendo iniciado através de trabalhos e estudos que indicam a correlação entre a ingestão excessiva da proteína animal e o desenvolvimento de doenças crônicas, como diabetes, hipertensão, doenças cardíacas, autoimunes e até câncer.

Traduzindo ao pé da letra, Plant Based Diet, significa “dieta à base de plantas”. Semelhante ao veganismo, essa dieta exclui qualquer tipo de alimento de origem animal, tendo os vegetais como base em sua alimentação.

A diferença é que, no plant based o foco é exclusivo na saúde e alimentação, enquanto que, no veganismo o foco é um novo estilo de vida, tendo como motivadores a ética animal, ambiental e saúde. O plant based é baseado em uma dieta a base de vegetais e alimentos na sua forma mais natural, completa, não refinada e minimamente processada.

Plant Based Diet: Oportunidade de negócio ===  O crescimento na procura por alimentos mais saudáveis  impulsionou um novo mercado. As pessoas estão mais seletivas e dando preferência ao comércio com um posicionamento de consciência ambiental e ética animal.

De acordo com um estudo realizado pela agência de pesquisas Euromonitor Internacional publicado em fevereiro de 2017, no ano de 2016 o mercado brasileiro de alimentos e bebidas saudáveis alcançou R$ 93,6 bilhões em vendas, colocando o Brasil na quinta posição no ranking dos gigantes desse setor. A categoria de orgânicos foi a que teve o maior avanço, atingindo 18,5% de crescimento.

Faturamento do setor == O setor de alimentação saudável movimenta US$ 35 bilhões por ano no Brasil, que é o quinto maior mercado do mundo. Com a mudança nos hábitos de consumo da população, é importante que o comércio acompanhe e ofereça maiores condições para que os clientes alcancem seus objetivos e deem preferência ao seu estabelecimento.

O relatório Brasil Food Trends 2020, enumerou uma lista de características que os consumidores valorizam nos produtos, tendo como foco saúde e bem estar. Os pontos apresentados são ótimos insights de oportunidade de negócios para quem já está ou pretende ingressar no segmento de alimentação saudável e plant based. Veja:

  • Produtos benéficos ao desempenho físico e mental;
  • Produtos benéficos à saúde cardiovascular;
  • Produtos benéficos à saúde gastrointestinal;
  • Para dietas específicas/restritivas/alergias alimentares;
  • Com aditivos e ingredientes naturais;
  • Funcionais (com valor nutritivo agregado);
  • Isentos ou teor reduzido de sal, açúcar e gorduras (better-for-you);
  • Fortificados;
  • Diet/light;
  • Orgânicos;
  • Energéticos;
  • Para esportistas;
  • Minimamente processados;
  • Vegetais (frutas, legumes, verduras, hortaliças, flores e plantas medicinais);
  • Com propriedades cosméticas;
  • Com selos de qualidade de sociedades médicas.

Dentro do relatório Brasil Food Trends 2020, foi apresentada uma pesquisa realizada pela Fiesp/Ibope. A pesquisa apontou algumas tendências de consumo. conheça:

  • 34% das pessoas entrevistadas apontam conveniência e praticidade como fatores mais importantes;
  • 23% apontam confiabilidade e praticidade como fatores mais importantes;
  • 23% apontam sensoridade e prazer;
  • 21% apontam saudabilidade, bem estar, sustentabilidade e ética.

O mercado plant based está em crescimento exponencial. Ao mesmo tempo, devido ao estilo de vida acelerado, a população necessita de produtos prontos para consumo ou que sejam de fácil preparação. É um ótimo momento para as empresas se dedicarem neste nicho de atuação, que se consolida também como forte tendência para os próximos anos.

Produtos Vida Veg – Alimentos 100% vegetais ==  Após ampla dedicação em pesquisa e desenvolvimento de iogurtes vegetais alinhado com o que o consumidor brasileiro deseja, a Vida Veg lançou em dezembro de 2015 sua primeira linha de produtos com iogurtes 100% vegetais (inovação no mercado brasileiro).  Com o sucesso dos iogurtes e o crescimento da demanda nesse mercado, em 2016 a Vida Veg acrescentou a linha de queijos veganos feitos a base de castanha de caju em seu portfólio.

Por serem veganos, a linha de iogurtes e queijos traz os diferenciais de serem feitos a base de coco, amêndoa, soja e castanha de caju, trazendo os benefícios para a saúde que esses ingredientes proporcionam. Já no ano de 2017 lançamos o Requeijão Veg feitos a base de mandioca com proteína de ervilha em 3 versões de sabores – tradicional, ervas finas e cheddar, os leites vegetais nas versões coco e amêndoas e os shakes proteicos nas versões cacau, morango e baunilha, produzidos com 10 gramas de proteína de ervilha em 330ml.

No ano de 2018 a Vida Veg inovou mais uma vez, trazendo 4 sabores deliciosos de sorbets veganos, sendo chocolate belga, coco, banana e morango com laranja.

Site: www.vidaveg.com.br

< com apoio de informações/fonte: Valle da Mídia>

Center Norte Youtube

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu nome agora