Início Cotidiano Detran-SP libera os novos candidatos a motoristas para os exames

Detran-SP libera os novos candidatos a motoristas para os exames

Os canditados à primeira habilitação que já concluíram as aulas teóricas do curso de formação de condutor, nas cidades do interior e litoral paulista, já podem agendar a avaliação que permitirá ao aluno avançar para a próxima etapa do processo de habilitação.

Os agendamentos para as provas teóricas, que serão realizadas presencialmente nas unidades do Detran.SP e Poupatempo no interior e litoral, foram liberados  nos portais dos dois órgãos, em CNH – Habilitação, Primeira habilitação, agendamento Exame Teórico.

Para os candidatos que passam pelo processo de formação na capital, os agendamentos começam na 3ª feira (08set2020) para exames nas unidades do Poupatempo em Santo Amaro, Sé e Itaquera.

Nesta data, os Centros de Formação de Condutores (CFCs) em todo o Estado também poderão começar a aplicar as provas teóricas. O agendamento dos exames nos CFCs deverá ser feito presencialmente nos Centros, a partir do dia 08.

A autorização para aplicação dos exames em 1,1 mil Centros de Formação de Condutores que atuam no ensino teórico dos alunos é inédita.

 “A iniciativa de ampliar o atendimento aos candidatos à primeira habilitação permitindo a aplicação das provas pelos CFCs traz benefícios tanto aos cidadãos, que terão mais opções para escolher onde querem realizar a prova, como às empresas credenciadas ao Detran.SP que passam a contar com mais esse serviço”, lembra Ernesto Mascellani Neto, presidente do Detran.SP. 

As unidades do Detran.SP, Poupatempo e os CFCs poderão atuar dentro do limite de 30% da capacidade, conforme critérios definidos pelo Plano SP.

Para a realização das provas teóricas presenciais, deverão ser seguidos protocolos sanitários e de segurança do Detran.SP, definidos com entidades que representam a categoria. As unidades farão a disponibilização de álcool em gel, manutenção dos ambientes com ventilação adequada, higienização de cadeiras, carteiras, limpeza dos leitores biométricos e equipamentos, utilização de máscara por candidatos e colaboradores, entre outros.

Retomada do processo de formação de condutores 

Em junho, o governo estadual retomou, de forma gradual, as atividades dos Centros de Formação de Condutores (CFCs) credenciados pelo Detran.SP, com aulas remotas, em função da pandemia do Coronavírus, beneficiando cerca de 50 mil candidatos de primeira habilitação, Pessoa com Deficiência (PCD), mudança de categorias e reabilitação.

A autorização para a realização dos cursos práticos e teóricos foi permitida apenas para os municípios estabelecidos a partir da chamada fase dois (laranja), do Plano São Paulo, do Governo do Estado.

Com sistema inovador desenvolvido pela Prodesp, a identificação dos alunos passou a ser feita por reconhecimento facial, através da biometria já cadastrada durante a matrícula nos cursos.

A automação dos processos começou a ser utilizada como uma ferramenta eficaz para evitar os riscos de contaminação pela Covid-19, durante a pandemia.

As aulas teóricas para primeira habilitação acontecem de forma remota, ministradas pelos instrutores através de videoconferência. Já aqueles que passam por reciclagem, têm acompanhamento online, no modelo Ensino à Distrância (EAD).

Em julho, foi permitida a aplicação dos exames práticos de direção pelos Centros de Formação de Condutores (CFCs), em ambientes abertos, seguindo todos os protocolos sanitários e de segurança.

A etapa seguinte foi a abertura do cadastro para novos alunos no processo de formação de condutor. Mais de 110 mil cadastros para a primeira habilitação foram realizados somente no mês de agosto.


<<Com apoio de informações/fonte: Assessoria de Comunicação-Detran-SP >>

dzn