21.3 C
Sao Paulo
segunda-feira, 11 novembro, 2019
Juntos Pela Zona Norte
Home Cidade Depois de “Ruas Abertas” e “Ruas de Lazer”, chega o novo “Rua...

Depois de “Ruas Abertas” e “Ruas de Lazer”, chega o novo “Rua da Gente”.

A promessa é sempre a mesma para oferecer à população atividades esportivas, culturais e brincadeiras aos fins de semana nas ruas da cidade de São Paulo.  O que muda é o nome do programa. Tem o “Ruas Abertas” e o “Ruas de Lazer“, que entra e sai governo sem nada acontecer. Teve até o programa “Ruas 24 horas“, que morreu antes mesmo de ser ativada. Foi o que aconteceu no governo municipal anterior (Fernando Haddad, do PT — ver link aqui ), o começo do governo João Doria (PSDB) e a continuidade com o atual. Sem grande sucesso e atenção com as atividades no “Rua de Lazer” (além de ser burocrático junto à Secretaria de Esportes) e o “Ruas Abertas” (que deveria ter apoio das Secretarias de Cultura, Esportes e outras)— e nada aconteceu, com despesas desnecessárias nos finais de semana e sem atrativos.  Em Santana, chegou a ser implantado na Av. Luis Dumont Villares e deu a maior confusão, não mais voltando a funcionar até hoje. 
Um exemplo é a nota publicada pelo DiárioZonaNorte (Facebook) mostrando que o programa “Ruas Abertas” não atraia ninguém na Vila Maria – link:  https://is.gd/uV5X5F
Daquela época, até os dias de hoje, nada mudou praticamente nas 32 subprefeituras. Na Zona Norte, a mesma imagem com ruas fechadas, CET colocando barreiras e avisos e nenhuma atividade, sem atrativos. A foto de capa e as demais mostram a Praça Oscar da Silva/Casarão com a “Rua Aberta”, ao lado, e sem movimento algum. Neste ano, lá se vão 34 domingos com despesas (CET, por exemplo) e mais 48 domingos do ano passado: até agora 82 domingos sem atrativos e sem público.
Agora vem o “Programa Rua da Gente“. Com o  mesmo objetivo de estimular a ocupação do espaço público com atividades esportivas e brincadeiras gratuitas, sempre aos sábados e domingos, em diversas ruas da capital. Com isto, a Prefeitura de São Paulo, por meio das Secretarias Municipais de Esportes e Lazer, Cultura e Relações Sociais, lançou nesta 2ª-feira (09/09/2019) o “Programa Rua da Gente“.

“Estamos fazendo uma evolução no programa Ruas Abertas, onde a Prefeitura garantia o fechamento dos espaços da cidade e a população que tem que levar a atividade. Aqui não”, argumenta o prefeito da cidade.

Segundo o que promete o programa, serão 320 edições sendo 100 em 2019 e 220 no ano que vem. Serão ao menos quatro edições por fim de semana em todos os cantos da cidade, em especial as regiões mais periféricas. <<Obs.: Mas não define os horários de sábado e domingo, nem mesmo os locais – e se serão nas mesmas ruas do programa anterior>>

A iniciativa contará com investimentos de R$ 2,5 milhões em 2019 e faz parte do Plano de Metas 2019-2020 da cidade, proporcionando a integração das famílias, o direito de brincar, com práticas esportivas que trabalhem o corpo e a mente, além de atrações culturais.

As atividades serão divididas em quatro polos, que foram idealizados para atenderem uma grande quantidade de público, com possibilidades para pessoas de todas as idades, são eles:

  • Práticas esportivas: atletismo, basquete, futebol, futsal e lutas;
  • Corporais: alongamentos, exercícios funcionais, crossfit e street dance;
  • Lazer: brincadeiras tradicionais e contemporâneas, gincanas e oficinas de artesanato;
  • Integrativas e complementares: práticas terapêuticas, danças e meditação.

“Diferente de outros programas, o Rua da Gente poderá realizar suas atividades nos mais variados espaços abertos da cidade como ruas, praças e clubes municipais que tenham uma infraestrutura básica para atenderem as especificidades das modalidades apresentadas”, afirmou o secretário de Esportes e Lazer, Carlos Bezerra Júnior.

Atividades lúdicas como jogos com bola, de mesa, tabuleiro, musicais, pega-pega, queimada, amarelinha, cabo de guerra, quebra cabeça, gincanas, oficinas de artesanato, danças variadas, confecção de brinquedos com material reciclável serão desenvolvidas. O programa terá ainda atividades físicas com modalidades fitness e wellness como zumba, street dance, crossfit, treinamento intervalado de alta intensidade, circuitos de exercícios, alongamentos e condicionamento físico.

Práticas terapêuticas também estarão presentes no programa com modalidades como Liang Gong, Mindfullness, Yoga, Aromaterapia, Bioenergética, Cromoterapita, Danças Circulares, Meditação e Quiropraxia.

“Vamos promover ações relacionas a contação de histórias, musicais, seja com apresentações ou com oficinas, teatro e atividades circenses. Uma cidade mais ocupada acaba sendo uma cidade mais segura”, finaliza o secretário municipal de Cultura, Alê Youssef. << Com o apoio de informações/fonte: Secretaria Especial de Comunicação-SECOM/PMSP>>


 

Center Norte Youtube

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu nome agora