Início Bem Estar Covid-19: São Paulo antecipa vacinação de idosos 80+ e profissionais da...

Covid-19: São Paulo antecipa vacinação de idosos 80+ e profissionais da Saúde

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal da Saúde, antecipará para este sábado (27fev2021) a vacinação de idosos com idade entre 80 e 84 anos, grupo estimado em 140 mil pessoas na cidade de São Paulo. O anúncio foi feito pelo prefeito  durante coletiva de imprensa on-line.

Essa vacinação estava prevista para ser iniciada apenas na 2a.-feira (01mar2021), mas vamos antecipar já para este sábado nos drive-thrus e nas 82 AMAs da cidade.

Dessa forma, a vacinação ocorrerá das 8h às 17h nos cinco grandes drive-thrus da cidade:

– Praça Charles Muller – Estádio do Pacaembu (Zona Oeste)
– Arena Corinthians (Zona Leste)
– Aut.  Interlagos – Rua Jacinto Júlio, altura do nº 589 – Portão 9, entrada KRF (Zona Sul)
– Centro de Exposições do Anhembi – Rua Olavo Fontoura – Portão 38 (Zona Norte)
– Igreja Boas Novas-V.Prudente – R. Marechal Malet, 535 – Pq.Vila Prudente (Zona Leste)

Na 2a. feira (01mar2021), a vacinação deste grupo também acontecerá nas 82 AMAs/UBSs integradas do município, das 7h às 19h. Já as 468 Unidades Básicas de Saúde da cidade só começarão a atender a população acima de 80 anos. Para encontrar o endereço do equipamento de saúde mais próximo da sua casa, acesse o Busca Saúde: http://buscasaude.prefeitura.sp.gov.br/.

Profissionais da Assistência Social e Saúde

A partir de 2a. feira, cerca de 3.500 funcionários que atuam na linha de frente nas ações da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS) com idosos e moradores em situação de rua também poderão receber a primeira dose da vacina contra a Covid-19.

No total, serão 3.514 profissionais que trabalham na linha de frente do atendimento com idosos e moradores em situação de rua – 358 dos Centros Dia para Idosos; 660 trabalhadores dos Serviços Especializados de Abordagem Social (SEAS), 2.196 dos Centros de Acolhida para Adultos e 300 dos Núcleos de Convivência para Adultos em Situação de Rua.

O mesmo acontece com os funcionários autônomos da Saúde com mais de 55 anos. Entre eles estão médicos, enfermeiros e técnicos auxiliares, nutricionistas, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, biólogos, biomédicos, farmacêuticos e técnicos de farmácia, odontólogos, auxiliares e técnicos de saúde bucal, fonoaudiólogos, psicólogos, assistentes sociais, profissionais de educação física e médicos veterinários.

d